A palavra de Deus em minha vida

Na liturgia diária fazemos um encontro pessoal com Deus nos colocando a disposição para ouvir seus ensinamentos.

Para bem nos preparar invoquemos a presença do Espírito Santo: 

Oração do Espírito Santo

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.

Oremos

Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

O que é a liturgia?

Nela estão entendidas todas as formas que a Igreja tem para celebrar o mistério cristão, todas as formas rituais que permitem vivenciar e experimentar a íntima comunhão com Deus e com os irmãos. – (doc 43 CNBB)

Para isto é de grande importância à participação ativa dos fiéis. E para promover esta ativa participação, devem-se "incentivar as aclamações do povo, as respostas, as salmodias, as antífonas e os cânticos, bem como as ações e gestos e o porte do corpo. Há seu tempo seja também guardado o silêncio sagrado".(SC 30)

Na liturgia, ação sagrada por excelência, constitui o ápice para o qual tende a ação da igreja e ao mesmo tempo a fonte de que emana a sua força vital. Mediante a liturgia, Cristo continua na sua igreja, com ela e por meio dela, a obra da nossa redenção. (CIC 1071 – 1075)

Na liturgia realiza-se a mais intima cooperação entre o Espírito Santo e a igreja. O Espírito Santo prepara a igreja para encontrar o seu Senhor; lembra e manifesta Cristo á fé da assembléia; torna presente e atualiza o mistério de Cristo; une a igreja á vida e a missão de Cristo e faz frutificar nela o dom da comunhão. (CIC 1091- 1109, 1112)

Quem me escuta, escuta Aquele que me enviou

Liturgia diária Quem me escuta, escuta Aquele que me enviou

26ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

30 de setembro de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, move-me à conversão e à penitência diante do testemunho de Jesus, de modo que eu não incorra em castigo por minha incapacidade de reconhecer o apelo da salvação.

PRIMEIRA LEITURA: Jó 38,1.12-21; 40,3-5

Leitura do Livro de Jó – 1O Senhor respondeu a Jó, do meio da tempestade, e disse: 12 “Alguma vez na vida deste ordens à manhã, ou indicaste à aurora o seu lugar, 13 para que ela apanhe a terra pelos quatro cantos, e sejam dela sacudidos os malfeitores? 14 A terra torna a argila compacta, e tudo se apresenta em trajes de gala, 15mas recusa-se a luz dos malfeitores e quebra-se o braço rebelde. 16Chegaste perto das nascentes do Mar, ou pousaste no fundo do Oceano? 17 Foram-te franqueadas as portas da Morte, ou viste os portais das Sombras? 18 Examinaste a extensão da Terra? Conta-me, se sabes tudo isso! 19 Qual é o caminho para a morada da luz, e onde fica o lugar das trevas? 20 Poderia alcançá-las em seu domínio e reconhecer a acesso à sua morada? 21 Deverias sabê-lo, pois já tinhas nascido e grande é o número dos teus anos!” 40,3 Jó respondeu ao Senhor, dizendo: 4 “Fui precipitado. Que te posso responder? Porei minha mão sobre a boca. 5 Falei uma vez, não replicarei; uma segunda vez, mas não falarei mais”. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 138

          — Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!
— Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!

— Senhor, vós me sondais e conheceis, sabeis quando me sento ou me levanto; de longe penetrais meus pensamentos, percebeis quando me deito e quando eu ando, os meus caminhos vos são todos conhecidos.

— Em que lugar me ocultarei de vosso espírito? E para onde fugirei de vossa face? Se eu subir até os céus, ali estais; se eu descer até o abismo, estais presente.

— Se a aurora me emprestar as suas asas, para eu voar e habitar no fim dos mares; mesmo lá vai me guiar a vossa mão e segurar-me com firmeza a vossa destra.

— Fostes vós que me formastes as entranhas, e no seio de minha mãe vós me tecestes. Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, porque de modo admirável me formastes! Que prodígio e maravilha as vossas obras!

EVANGELHO: Lc 10,13-16

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus: 13“Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque se em Tiro e Sidônia tivessem sido realizados os milagres que foram feitos no vosso meio, há muito tempo teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e sentando-se sobre cinzas. 14Pois bem: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia terão uma sentença menos dura do que vós. 15Ai de ti, Carfanaum! Serás elevada até o céu? Não, tu serás atirada no inferno. 16Quem vos escuta a mim escuta; e quem vos rejeita a mim despreza; mas quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus enviou 72 discípulos em missão com instruções precisas e austeras e com esta palavra de conforto: Quem vos escuta a mim escuta e quem vos despreza, a mim despreza; ora, quem me despreza, despreza aquele que me enviou. Os discípulos missionários vão encontrar dificuldades, nada, porém, que torne impossível a missão. Dos jesuítas dizia Castro Alves que nada turbava aquelas frontes calmas, nada curvava aquelas grandes almas voltadas para a amplidão. No entanto, eles só tinham na jornada por couraça a sotaina esfarrapada, e uma cruz por bordão. Foram como Jesus mandou, sem o poder do mundo, só com o poder da graça. Há uma palavra do Senhor que nos acompanha e torna fecunda a nossa palavra.
Com palavras ou com gestos a presença evangelizadora não é vazia nem inútil, mas o ambiente pode ser de Corazim e Betsaida. Todos sem exceção são chamados a dar a razão de sua fé, a testemunhar que Jesus é o Senhor, a tornar conhecido o seu evangelho. Cada um a sua maneira e em seu ambiente, nunca, porém, sem oposição. Os milagres feitos em Betsaida não a levaram à conversão, diz Jesus. O semeador persevera. A palavra semeada tem um dinamismo próprio de desenvolvimento. Quando menos se espera, surge uma folha, aparece um botão.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Estamos no último dia do Mês da Bíblia e hoje festejamos o dia de São Jerônimo, que traduziu as Sagradas Escrituras a partir dos textos originais. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Leia-o pausadamente quantas vezes julgar necessário, destacando os verbos, os personagens e as situações que mais lhe chamaram atenção. Relembre outros textos que possam ajudá-lo(a) na compreensão deste e identifique as frases que evidenciam as principais ações do Evangelho. Qual é seu tema central?

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você? O Evangelho de hoje mostra a tristeza de Jesus com a cidade que o despreza. O que do texto bíblico mais o(a) tocou? Qual palavra você sente que é direcionada a você? Leia novamente o texto, se sentir necessidade, e escute a voz do Senhor, que fala com você por meio da Palavra.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste momento, silencie o seu coração e aproxime-se do Senhor, para dirigir a Ele a sua oração. Comece agradecendo-lhe a vida ou algo que, durante esta meditação, a Palavra transformou em você.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? O que você deseja abraçar como projeto ou ação nova neste dia? Olhe para dentro de si e guarde o que a Palavra o(a) fez experimentar e viver hoje.

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Homila Dominical

Homilia Senhor, aumentai a nossa fé!

27º Domingo do Tempo Comum – C

A confiança em Cristo liberta o coração do homem para Deus e para os irmãos. Por isso rezemos com insistência: “Senhor, aumentai a nossa fé!”
Homilia o rico e o pobre

26º Domingo do Tempo Comum – C

Deus faz opção pelos pobres e ricos, contudo a maioria dos ricos é que não fazem a opção por Deus.
setembro 2016
D S T Q Q S S
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930