Liturgia diária, As minhas palavras não passarão - Lc 21,29-33

As minhas palavras não passarão – Lc 21,29-33

É preciso discernir os sinais dos tempos e perceber que o Reino de Deus está perto e crer que o céu e terra passarão, mas as palavras de Jesus permanecerão

Homila Dominical

Amai os vossos inimigos

7o Domingo do Tempo Comum – C

O cristão não pode recorrer às armas, à violência, à mentira, à vingança para resolver qualquer situação de injustiça que o atingiu.

6º Domingo do tempo comum – C

Que Deus nos conceda um coração reto e puro, tão vazio de si mesmo, que Deus possa habitar em nós!