Oração diária, Anunciação do Senhor - Lc 1,26-38

Anunciação do Senhor – Ano Litúrgico B

09 de abril de 2018

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Jesus, que a contemplação da concepção imaculada de tua mãe desperte em mim o desejo de romper, definitivamente, com o pecado que maculou a humanidade.

PRIMEIRA LEITURA:  Is 7,10-14;8,10

Leitura do Profeta Isaías – Naqueles dias, 10o Senhor falou com Acaz, dizendo: 11“Pede ao Senhor teu Deus que te faça ver um sinal, quer provenha da profundeza da terra, quer venha das alturas do céu”. 12Mas Acaz respondeu: “Não pedirei nem tentarei o Senhor”. 13Disse o profeta: “Ouvi então, vós, casa de Davi; será que achais pouco incomodar os homens e passais a incomodar até o meu Deus? 14Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal. Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel, 8,10porque Deus está conosco.
– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 39

          — Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: “Eis que venho!”

— Sobre mim está escrito no livro: “Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei!”

— Boas-novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis: não fechei os meus lábios!

— Proclamei toda a vossa justiça, sem retê-la no meu coração; vosso auxílio e lealdade narrei. Não calei vossa graça e verdade na presença da grande assembleia.

SEGUNDA LEITURA:  Hb 10,4-10

Leitura da Carta aos Hebreus – Irmãos, 4é impossível eliminar os pecados com o sangue de touros e bodes. 5Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma: “Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo. 6Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado. 7Por isso eu disse: Eis que eu venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade”. 8Depois de dizer: “Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado” — coisas oferecidas segundo a Lei — 9ele acrescenta: “Eu vim para fazer a tua vontade”. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo. 10É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

EVANGELHO:  Lc 1,26-38

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

          Naquele tempo, 26o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria. 28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”
29Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.
34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” 35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”. 38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

O Verbo de Deus começou a ser gerado no seio da Virgem Maria no dia vinte e cinco de março, nove meses antes do seu nascimento. Como não sabemos o dia exato do nascimento do Menino, as datas foram fixadas pela piedade cristã. Nenhuma festa pode ser celebrada durante a Semana Santa e a oitava da Páscoa, por isso celebramos hoje a festa da Anunciação. A festa é muito antiga e importante pela profissão de fé de que Jesus é Deus desde a sua concepção.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Solenidade da Anunciação do Senhor. Maria concebe o Filho de Deus por obra do Espírito Santo. Maria é totalmente impregnada pela presença do Espírito Santo para conceber e gerar o Filho de Deus.
Peçamos que o mesmo Espírito que gerou Jesus no seio de Maria nos configure a cada dia ao Cristo pela escuta e meditação da Palavra: “Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Leia-o em voz alta e pausadamente, repetindo as palavras que mais chamam sua atenção. Qual tema perpassa o diálogo?
“O texto do anúncio do Anjo Gabriel a Maria é parte dos evangelhos da infância (Lc 1–2). Os relatos dos dois primeiros capítulos de Lucas estão entre os últimos relatos a serem escritos. A mensagem do mensageiro de Deus a Maria tem dois aspectos: a) cristológico: a identidade de Jesus é expressa em termos de sua vinculação davídica e de sua função messiânica (cf. 2Sm 7,13-16). Mas Jesus não é somente o Messias davídico, mas o Filho de Deus; b) o segundo aspecto é mariológico: Maria é a que recebeu o ‘favor de Deus’. O ‘favor de Deus’ é a sua eleição para ser a mãe do Filho de Deus” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Qual palavra encontrou sintonia com a realidade que você está vivendo? Como você compreende a missão confiada a Maria de ser a Mãe do Filho de Deus? Como acolhe a ação do Espírito Santo, que realiza a obra de Deus em nós? Como entende o “Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra” na vida de Maria e na sua? O que significa estar disponível aos projetos de Deus?

Oração (Vida)
Acolhamos hoje o anúncio da nossa redenção. Deus escolheu habitar entre nós. Proclamemos as maravilhas da encarnação de Cristo, rezando:
“Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver hoje? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.