Liturgia diária, Aquele que fez o exterior não fez também o interior? - Lc 11,37-41

28ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

17 de outubro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, purifica de todo pecado e egoísmo o mais íntimo de meu ser, pois eles me tornam incapazes de viver em comunhão contigo e com o meu semelhante.

PRIMEIRA LEITURA: Rm 1,16-25

Leitura da Carta de São paulo aos Romanos

Irmãos, 16eu não me envergonho do Evangelho, pois ele é uma força salvadora de Deus para todo aquele que crê, primeiro para o judeu, mas também para o grego. 17Nele, com efeito, a justiça de Deus se revela da fé para a fé, como está escrito: O justo viverá pela fé.
18Por outro lado, a ira de Deus se revela, do alto do céu, contra toda a impiedade e iniquidade dos homens que em sua iniquidade oprimem a verdade. 19Pois o que de Deus se pode conhecer é manifesto aos homens: Deus mesmo lhos manifestou.
20Suas perfeições invisíveis, como o seu poder eterno e sua natureza divina, são claramente conhecidas através de suas obras, desde a criação do mundo. Assim, eles não têm desculpa 21por não ter dado glória e ação de graças a Deus como se deve, embora o tenham conhecido. Pelo contrário, enfatuaram-se em suas especulações, e seu coração insensato se obscureceu: 22alardeando sabedoria, tornaram-se ignorantes 23e trocaram a glória do Deus incorruptível por uma figura ou imagem de seres corruptíveis: homens, pássaros, quadrúpedes, répteis. 24Por isso, Deus os entregou com as paixões de seus corações a tal impureza, que eles mesmos desonram seus próprios corpos. 25Trocaram a verdade de Deus pela mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 19

          — Os céus proclamam a glória do Senhor!
— Os céus proclamam a glória do Senhor!

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.

— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

EVANGELHO:  Lc 11,37-41

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 37enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa. 38O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. 39O Senhor disse ao fariseu: “Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. 40Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Um fariseu convidou Jesus para uma refeição. Os judeus costumam fazer uma ablução ritual antes das refeições e dizem uma bênção. Lavam as mãos como um rito litúrgico e não simplesmente por higiene. As casas dispõem de jarros e bacias para este rito, que é feito sem dificuldade como algo costumeiro. Jesus, porém, não fez a ablução. Não fez o rito de lavar as mãos, o que deixou admirado o fariseu que o convidou. Jesus começa então a falar e desenvolve uma série de críticas aos fariseus e aos escribas que se encontravam na casa. Em Marcos a crítica é breve, e é feita diante da multidão que escutava Jesus. Mateus se alonga num capítulo inteiro, num texto bem trabalhado com Jesus falando às multidões. Lucas apresenta as mesmas críticas nesta refeição. Partindo do rito de lavar as mãos, Jesus faz referência ao modo também ritual de lavar copos e travessas sem preocupação com a limpeza interior. Pessoas que roubam e são más preocupam-se em observar pequenos ritos religiosos. Essas pessoas deveriam distribuir aos necessitados o fruto de seus roubos para que tudo fique puro, as mãos, os copos, as travessas e a pessoa inteira. Arrepender-se e dar aos pobres o que foi roubado, arrepender-se e devolver o que foi desviado de quem por justiça tinha o direito de receber.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje celebramos com a Igreja Santo Inácio de Antioquia, que foi apaixonado por Jesus Cristo e o segundo sucessor de Pedro. Peçamos a Santo Inácio que interceda por nós e por todo o povo de Deus que, por falta de Cristo em seu caminho, ainda vive como se fosse sozinho no mundo. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus e para que vivamos os seus ensinamentos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Leia o Evangelho atentamente quantas vezes julgar necessário. Qual é o contexto da narrativa? Quais personagens estão presentes? Quais palavras mais chamaram sua atenção durante a leitura? Quais expressões se repetem? Qual é a mensagem central do texto? O que Jesus ensina?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Como você acolhe as palavras e os ensinamentos de Jesus em sua vida? Leia o Evangelho novamente e faça a sua meditação. Coloque-se diante da Palavra e esteja atento(a) ao que o Senhor diz ao seu coração durante a meditação.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Este é o momento da sua oração, portanto, apresente ao Senhor, Deus da vida, suas necessidades, suas preocupações e as realidades de morte que estão presentes no mundo.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Como você deseja viver este dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.