Oração diária Ascensão do Senhor - Mc 16,15-20

Ascensão do Senhor – Ano Litúrgico B

13 de maio de 2018

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Jesus, contemplando tua ascensão para junto do Pai, assumo a tarefa de levar, ao mundo inteiro e a toda criatura, a mensagem do teu Evangelho.

PRIMEIRA LEITURA: At 1,1-11

Leitura dos Atos dos Apóstolos –

1No meu primeiro livro, ó Teófilo, já tratei de tudo o que Jesus fez e ensinou, desde o começo, 2até o dia em que foi levado para o céu, depois de ter dado instruções, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que tinha escolhido. 3Foi a eles que Jesus se mostrou vivo, depois de sua paixão, com numerosas provas. Durante quarenta dias, apareceu-lhes falando do Reino de Deus.
4Durante uma refeição, deu-lhes esta ordem: “Não vos afasteis de Jerusalém, mas esperai a realização da promessa do Pai, da qual vós me ouvistes falar: 5‘João batizou com água; vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo, dentro de poucos dias’”.
6Então os que estavam reunidos perguntaram a Jesus: “Senhor, é agora que vais restaurar o Reino em Israel?”
7Jesus respondeu: “Não vos cabe saber os tempos e os momentos que o Pai determinou com a sua própria autoridade. 8Mas recebereis o poder do Espírito Santo que descerá sobre vós, para serdes minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e na Samaria, e até os confins da terra”.
9Depois de dizer isso, Jesus foi levado ao céu, à vista deles. Uma nuvem o encobriu, de forma que seus olhos não podiam mais vê-lo.
10Os apóstolos continuavam olhando para o céu, enquanto Jesus subia. Apareceram então dois homens vestidos de branco, 11que lhes disseram: “Homens da Galileia, por que ficais aqui, parados, olhando para o céu? Esse Jesus, que vos foi levado para o céu, virá do mesmo modo como o vistes partir para o céu”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 47(46) 

          Por entre aclamações Deus se elevou,/ o Senhor subiu ao toque da trombeta.
— Por entre aclamações Deus se elevou,/ o Senhor subiu ao toque da trombeta.

— Povos todos do universo, batei palmas,/ gritai a Deus aclamações de alegria!/ Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo,/ o soberano que domina toda a terra.

— Por entre aclamações Deus se elevou,/ o Senhor subiu ao toque da trombeta./ Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa,/ salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!

— Porque Deus é o grande Rei de toda a terra,/ ao som da harpa acompanhai os seus louvores!/ Deus reina sobre todas as nações,/ está sentado no seu trono glorioso.

SEGUNDA LEITURA: Ef 1,17-23

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios –

Irmãos: 17O Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai, a quem pertence a glória, vos dê um espírito de sabedoria que vo-lo revele e faça verdadeiramente conhecer.
18Que ele abra o vosso coração à sua luz, para que saibais qual a esperança que o seu chamamento vos dá, qual a riqueza da glória que está na vossa herança com os santos, 19e que imenso poder ele exerceu em favor de nós que cremos, de acordo com a sua ação e força onipotente.
20Ele manifestou sua força em Cristo, quando o ressuscitou dos mortos e o fez sentar-se à sua direita nos céus, 21bem acima de toda a autoridade, poder, potência, soberania ou qualquer título que se possa nomear, não somente neste mundo, mas ainda no mundo futuro.
22Sim, ele pôs tudo sob seus pés e fez dele, que está acima de tudo, a Cabeça da Igreja, 23que é o seu corpo, a plenitude daquele que possui a plenitude universal.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

EVANGELHO: Mc 16,15-20

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.
17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre doentes, eles ficarão curados”.
19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus.
20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus deu aos apóstolos suas últimas recomendações. Foi em seguida arrebatado ao céu e sentou-se à direita de Deus. Entramos na última semana do Tempo Pascal com a celebração da solenidade da Ascensão de Jesus ao céu. Ele sobe ao céu e envia o Espírito Santo. Será a próxima celebração, a solenidade de Pentecostes. O Livro dos Atos nos conta que Jesus foi levado para o céu e uma nuvem o encobriu, mas um dia ele voltará e será o fim dos tempos. Foi Deus quem o ressuscitou dos mortos e o fez sentar-se à sua direita nos céus, lemos na Carta aos Efésios. Com o salmista cantamos: “Que todas as nações batam palmas ao Senhor que se eleva ao toque da trombeta”. E agora nos resta cumprir o que ele nos mandou: “Vão pelo mundo inteiro e anunciem o Evangelho a toda criatura”. O Pai ressuscitou Jesus Cristo dos mortos e o fez sentar-se à sua direita no céu. Jesus agora está acima de tudo, neste mundo e no futuro. Deus o fez cabeça da Igreja, que é o seu corpo. Antes, porém, de subir ao céu, Jesus deu aos apóstolos suas últimas recomendações: que não se afastassem de Jerusalém e esperassem a realização da promessa do Pai, e receberiam então o poder do Espírito Santo para serem suas testemunhas em todo o mundo. Nessa última conversa, Jesus envia a sua Igreja em missão: “Vão pelo mundo afora e anunciem o Evangelho a todas as pessoas”. A ordem é muito clara e direta. O campo de trabalho dos apóstolos e, com eles, de todos os discípulos de Jesus, é o mundo inteiro. Estas palavras dão à Igreja um dinamismo próprio. Os membros da Igreja não são estáticos, não ficam parados. Movimentam-se e movimentam-se. São como o vento. Não se cansam. Expulsam demônios, falam novas línguas, curam doentes. São capazes de ir até os confins da terra por causa de Cristo e de seu Evangelho. Depois da Ascensão do Senhor, seus discípulos missionários caminham com a certeza de que já estamos com ele no céu, porque junto dele está o que é próprio nosso, nossa humanidade. Ele era só divino; fez-se humano e, quando voltou ao Pai, levou consigo o que era humano. Por isso sua Ascensão já é nossa vitória. Nós, de certa maneira, já estamos com ele na glória. Que o Pai nos dê o Espírito da sabedoria e da revelação!

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Celebramos hoje a Solenidade da Ascensão do Senhor. Quarenta dias depois da Páscoa, Jesus retorna ao Pai e confia aos discípulos a missão de anunciar o Evangelho por toda a terra. Celebramos também o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, que este ano tem como tema “Fake news e jornalismo de paz”. Este domingo é também o Dia das Mães, por isso, façamos uma prece por elas, agradecendo a Deus o dom de sua vida e pedindo que Nossa Senhora de Fátima, cujo dia também celebramos hoje, as acompanhe.
Agradeçamos também a Palavra de Deus que nos acompanha e nos fortalece a cada dia. Busque um lugar silencioso para fazer sua oração e peça ao Espírito Santo a graça de um novo encontro com a Palavra.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Qual é o contexto da narrativa? A quem Jesus se dirige? Quais orientações Jesus dá aos seus discípulos? Leia também a primeira leitura proposta pela liturgia de hoje (At 1,1-11) e observe quais elementos aparecem nos dois textos.
“A solenidade da Ascensão, celebrada quarenta dias depois da Páscoa, conclui a série de aparições de Jesus ressuscitado. Na oração da coleta desse dia, rezamos: ‘Ó Deus, a ascensão do vosso Filho já é nossa vitória’. Celebramos a vitória de Jesus Cristo sobre o mal e todas as suas manifestações e sobre a morte. Dessa vitória todos somos herdeiros, pelos méritos de Cristo. Essa vitória de Cristo nos faz compreender que o mal e a morte não têm mais poder, eles foram vencidos pelo Senhor ressuscitado dentre os mortos. […] A ascensão é, para nós, cristãos, o momento a partir do qual, ao invés de ficar olhando o céu, devemos cumprir a missão que o Senhor ressuscitado nos confiou, a saber, a de sermos testemunhas do seu amor (cf. At 1,8). Na conclusão do evangelho de Marcos, depois de confiar aos discípulos a missão de expandir o evangelho por toda a terra, Jesus foi elevado ao céu e sentou-se à direita de Deus. Mas essa missão tão grande não pode ser realizada a não ser com a força que Deus mesmo concede (cf. Mc 16,20)” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Qual convite o Senhor lhe faz por meio de sua Palavra? O que a Ascensão do Senhor significa na sua vida cristã?
“O Cristo Ressuscitado continua a ter palavra e a ensinar os apóstolos, mas não de viva voz, e sim pelo Espírito Santo, que faz na comunidade dos discípulos a memória de Jesus, atualiza e esclarece suas palavras e move ao testemunho. Pela ação do Espírito, a presença do Senhor podia e pode ser sentida e reconhecida em todos os âmbitos da vida. É no cotidiano da existência humana que o Senhor se deixa encantar. A sua ‘elevação’ é sentida em todos os lugares e em todo tempo” (Reflexão de Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
Invoquemos com alegria o Senhor Jesus Cristo, que, elevado da terra, atrai para si todas as coisas; e o aclamemos após cada pedido: Cristo, Rei da glória, nós vos louvamos!
– Senhor Jesus, Rei da glória, que, oferecido em sacrifício uma vez para sempre, subistes vitorioso para o céu, onde estais à direita do Pai, conduzi os homens e as mulheres à perfeição da caridade.
– Sacerdote eterno e ministro da Nova Aliança, que viveis eternamente intercedendo por nós, salvai o povo que vos suplica.
– Senhor, que voltastes à vida depois de sofrer a Paixão e durante quarenta dias aparecestes a vossos discípulos, confirmai, hoje, a nossa fé.
– Senhor, que, neste dia, prometestes dar aos apóstolos o Espírito Santo, para que fossem testemunhas vossas até os confins da terra, fortalecei também, pela força do mesmo Espírito Santo, o nosso testemunho.
(Laudes da Solenidade da Ascensão do Senhor)

Contemplação (Vida e Missão)
Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver hoje? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas