Liturgia diária Corpus Christi

Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, solenidade – Ano Litúrgico C

26 de maio de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Espírito de solidariedade e partilha, faze-me sensível à lição eucarística da partilha, movendo-me a manifestar minha solidariedade efetiva com os pobres deste mundo.

PRIMEIRA LEITURA: Gn 14,18-20 

Leitura do Livro do Gênesis:

18Naqueles dias, Melquisedec, rei de Salém, trouxe pão e vinho e, como sacerdote do Deus Altíssimo, 19abençoou Abrão, dizendo: “Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, criador do céu e da terra!20Bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou teus inimigos em tuas mãos!” E Abrão entregou-lhe o dízimo de tudo.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 109

—Tu és sacerdote eternamente/ segundo a ordem do rei Melquisedec!
—Tu és sacerdote eternamente/ segundo a ordem do rei Melquisedec!

— Palavra do Senhor ao meu Senhor:/ “Assenta-te ao lado meu direito/ até que eu ponha os inimigos teus/ como escabelo por debaixo de teus pés!”

— O Senhor estenderá desde Sião/ vosso cetro de poder, pois Ele diz:/ “Domina com vigor teus inimigos;

— tu és príncipe desde o dia em que nasceste;/ na glória e esplendor da santidade,/ como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!/ Jurou o Senhor e manterá sua palavra;/ tu és sacerdote eternamente,/ segundo a ordem do rei Melquisedec!

SEGUNDA LEITURA: 1Cor 11,23-26

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: 23O que eu recebi do Senhor foi isso que eu vos transmiti: Na noite em que foi entregue, o Senhor Jesus tomou o pão 24e, depois de dar graças, partiu-o e disse: “Isto é o meu corpo que é dado por vós. Fazei isto em minha memória”.

25Do mesmo modo, depois da ceia, tomou também o cálice e disse: “Este cálice é a nova aliança, em meu sangue. Todas as vezes que dele beberdes, fazei isto em minha memória”.

26Todas as vezes, de fato, que comerdes deste pão e beberdes deste cálice, estareis proclamando a morte do Senhor, até que ele venha.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

EVANGELHO: Lc 9, 11b-17

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 11bJesus acolheu as multidões, falava-lhes sobre o Reino de Deus e curava todos os que precisavam.

12A tarde vinha chegando. Os doze apóstolos aproximaram-se de Jesus e disseram: “Despede a multidão, para que possa ir aos povoados e campos vizinhos procurar hospedagem e comida, pois estamos num lugar deserto”.

13Mas Jesus disse: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Eles responderam: “Só temos cinco pães e dois peixes. A não ser que fôssemos comprar comida para toda essa gente”.

14Estavam ali mais ou menos cinco mil homens. Mas Jesus disse aos discípulos: “Mandai o povo sentar-se em grupos de cinquenta”.

15Os discípulos assim fizeram, e todos se sentaram. 16Então Jesus tomou os cinco pães e os dois peixes, elevou os olhos para o céu, abençoou-os, partiu-os e os deu aos discípulos para distribuí-los à multidão. 17Todos comeram e ficaram satisfeitos. E ainda foram recolhidos doze cestos dos pedaços que sobraram.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Afirmamos nossa fé na presença real de Jesus no Santíssimo Sacramento. Foi no século 13 que surgiu em Liège, na Bélgica, um movimento eucarístico ligado ao mosteiro das agostinianas. Santa Juliana foi a grande protagonista da devoção. Agraciada com visões, teve o apoio daquele que foi depois o Papa Urbano IV. A festa se difundiu pelo mundo todo e foi organizado um concurso para a elaboração dos textos da liturgia de Corpus Christi. Participaram Santo Tomás de Aquino e São Boaventura. Os textos que temos hoje são de Tomás de Aquino.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Hoje celebramos a Solenidade do Corpo de Cristo. Jesus Cristo, na Eucaristia se oferece como comida e bebida para a nossa vida. Por isso, comungar o corpo e o sangue de Cristo é comprometer-se com a sua vida e sua missão. Peçamos ao Espírito Santo que abra nosso coração, para acolhermos e vivermos a sua Palavra com a força do seu amor. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? O primeiro passo da leitura orante consiste em ler o Evangelho para descobrir seu tema central. Quanto mais você lê o texto, melhor o compreende. Portanto, faça sua leitura pausadamente, destaque os personagens, os verbos e os objetos que aparecem na narrativa. Analise a cena descrita e os acontecimentos que se desenrolam, pergunte-se qual é o tema central do texto e repita os versículos que mais lhe chamam atenção. Estamos diante do milagre da multiplicação dos cinco pães e dos dois peixes: Jesus, percebendo que a multidão que o seguia estava faminta, disse aos discípulos que eles mesmos dessem de comer às pessoas.

Meditação (Caminho)
O que o texto diz diretamente a você? Observando a realidade da multidão e dos discípulos no texto bíblico que acabou de ler, faça alguns instantes de silêncio e procure perceber o que o Evangelho diz a você. Jesus falou com os discípulos, e agora fala com você, mas é necessário que você busque escutá-lo. Repasse o Evangelho e deixe-se tocar pela Palavra de Deus.

Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Faça a sua oração a partir do que ouviu de Deus por meio de sua Palavra. Neste momento de oração, devemos dar a Deus uma resposta para aquilo que Ele transmitiu ao nosso coração. O Senhor está com você e quer escutá-lo(a) e acolher suas intenções, seus louvores e seus pedidos.

Contemplação (Vida e Missão)
Deus se faz presente em nós também por meio de seu Filho Jesus Cristo e pela ação do Espírito Santo. Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Guarde o que a Palavra de Deus transmitiu a seu coração, para que ela se torne vida em seu dia. Identifique o que a contemplação da Palavra o(a) levou a experimentar e estabeleça um propósito a ser vivido durante o dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.