Liturgia diária, A cura dos dez leprosos - Lc 17,11-19

32ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

15 de novembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que o meu coração, repleto de fé, reconheça Jesus como a mediação de todas as graças e favores que recebo de ti.

PRIMEIRA LEITURA: Sb 6,1-11

Leitura do Livro da Sabedoria

1Escutai, ó reis, e compreendei. Instruí-vos, governadores dos confins da terra! 2Prestai atenção, vós que dominais as multidões e vos orgulhais do número dos vossos súditos. 3Pois o poder vos foi dado pelo Senhor e a soberania pelo Altíssimo.
É ele quem examinará as vossas obras e sondará as vossas intenções; 4apesar de estardes a serviço do seu reino, não julgastes com retidão, nem observastes a Lei, nem procedestes conforme a vontade de Deus. 5Por isso, ele cairá de repente sobre vós, de modo terrível, porque um julgamento implacável será feito sobre os poderosos.
6O pequeno pode ser perdoado por misericórdia, mas os poderosos serão examinados com poder. 7O Senhor de todos não recuará diante de ninguém nem se deixará impressionar pela grandeza, porque o pequeno e o grande foi ele quem os fez, e a sua providência é a mesma para com todos; 8mas para os poderosos, o julgamento será severo.
9A vós, pois, governantes, dirigem-se as minhas palavras, para que aprendais a sabedoria e não venhais a tropeçar. 10Os que observam fielmente as coisas santas serão justificados; e os que as aprenderem vão encontrar sua defesa. 11Portanto, de­sejai ardentemente minhas palavras, amai-as e sereis instruídos.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 82

          — Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra!
— Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra!

— Fazei justiça aos indefesos e aos órfãos, ao pobre e ao humilde absolvei! Libertai o oprimido, o infeliz, da mão dos opressores arrancai-os!

— Eu disse: “Ó juízes, vós sois deuses, sois filhos, todos vós, do Deus Altíssimo! E, contudo, como homens morrereis, caireis como qualquer dos poderosos!”

EVANGELHO:  Lc 17,11-19

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

11Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galiléia. 12Quando estava para entrar num povoado, dez leprosos vieram a seu encontro. Pararam à distância, 13e gritaram: “Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!” 14Ao vê-los, Jesus disse: “Ide apresentar-vos aos sacerdotes”.
Enquanto caminhavam, aconteceu que ficaram curados. 15Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; 16atirou-se aos pés de Jesus, com o rosto por terra, e lhe agradeceu. E este era um sama­ritano.
17Então Jesus lhe perguntou: “Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão? 18Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, a não ser este estrangeiro?” 19E disse-lhe: “Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Por que destacar a origem deste leproso curado, dizendo que ele era samaritano? Porque foi o único que voltou para agradecer. Os outros eram membros do povo escolhido, pensavam ter direitos adquiridos e que Deus tinha a obrigação de curá-los. Podem até não ter pensado desta forma. Não é, porém, incomum que alguém beneficiado se esqueça de agradecer e que alguém observante pense que Deus lhe é devedor. O leproso curado tinha fé, glorificou a Deus e agradeceu. Os outros conseguiram o que queriam e se foram. Parece que a graça de Deus encontra mais acolhida fora do que dentro, fora da instituição do que nela, porque de fato o pecado se incrusta na instituição. Embora necessária e exigida pela natureza humana, a instituição pode ser ilusória, despertando vaidades e criando ambições, sobretudo quando a instituição se envolve de coisas que, se não existirem, não farão falta. Em relação à saúde, os dez leprosos eram iguais. Quanto à instituição, nove estavam dentro e um estava fora. Do ponto de vista humano um era estrangeiro, samaritano e sabia agradecer.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Iniciemos este novo dia acolhendo o Evangelho. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!” Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário, destacando os verbos e os personagens que surgem durante a narrativa. Em seguida, repita a leitura dos versículos que mais chamaram a sua atenção. Quais orientações de Jesus aparecem no texto? Quais imagens são utilizadas? Qual é a temática central do Evangelho?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? No Evangelho de hoje, dez leprosos são curados, mas apenas um volta até Jesus para agradecer-lhe. Aproxime-se do Senhor e faça a sua oração, agradecendo-lhe as maravilhas que Ele realiza em sua vida. Apresente a Deus as suas necessidades e as necessidades de seus irmãos e irmãs.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça a sua oração, agradeça ao Senhor todos os benefícios recebidos de sua bondade. O Senhor está perto de nós e se compadece de nossas dores e sofrimentos. Ele cura as nossas enfermidades e restaura nossas forças.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Quais apelos a Palavra desperta em seu coração? O que você deseja concretizar em sua vida hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.