Oração diária, Felizes vós que agora estais chorando... - Lc 6,17.20-26

5ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

17 de fevereiro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me um coração sensível às carências do meu próximo, fazendo-me solidário com ele, a ponto de me desapegar do que tenho, para ajudá-lo em suas necessidades

PRIMEIRA LEITURA: Jr 17,5-8

Leitura do Livro do Profeta Jeremias – 5Isto diz o Senhor: “Maldito o homem que confia no homem e faz consistir sua força na carne humana, enquanto o seu coração se afasta do Senhor; 6como os cardos no deserto, ele não vê chegar a floração, prefere vegetar na secura do ermo, em região salobra e desabitada. 7Bendito o homem que confia no Senhor, cuja esperança é o Senhor; 8é como a árvore plantada junto às águas, que estende as raízes em busca de umidade, por isso não teme a chegada do calor: sua folhagem mantém-se verde, não sofre míngua em tempo de seca e nunca deixa de dar frutos”.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 1

É feliz quem a Deus se confia!

— Feliz é todo aquele que não anda / conforme os conselhos dos perversos; / que não entra no caminho dos malvados / nem junto aos zombadores vai sentar-se; / mas encontra seu prazer na lei de Deus / e a medita, dia e noite, sem cessar. – R.

— Eis que ele é semelhante a uma árvore / que à beira da torrente está plantada; / ela sempre dá seus frutos a seu tempo, † e jamais as suas folhas vão murchar. / Eis que tudo o que ele faz vai prosperar. – R.

— Mas bem outra é a sorte dos perversos. † Ao contrário, são iguais à palha seca / espalhada e dispersada pelo vento. / Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, / mas a estrada dos malvados leva à morte. – R.

SEGUNDA LEITURA: 1Cor 15,12.16-20

Leitura da primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos, 12se se prega que Cristo ressuscitou dos mortos, como podem alguns dizer entre vós que não há ressurreição dos mortos? 16Pois, se os mortos não ressuscitam, então Cristo também não ressuscitou. 17E se Cristo não ressuscitou, a vossa fé não tem nenhum valor e ainda estais nos vossos pecados. 18Então, também os que morreram em Cristo pereceram. 19Se é para esta vida que pusemos a nossa esperança em Cristo, nós somos – de todos os homens – os mais dignos de compaixão. 20Mas, na realidade, Cristo ressuscitou dos mortos como primícias dos que morreram.— Palavra do Senhor.
— Graças a Deus.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

EVANGELHO: Lc 6,17.20-26

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 17Jesus desceu da montanha com os discípulos e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos e grande multidão de gente de toda a Judeia e de Jerusalém, do litoral de Tiro e Sidônia. 20E, levantando os olhos para os seus discípulos, disse: “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus! 21Bem-aventurados, vós que agora tendes fome, porque sereis saciados! Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque havereis de rir! 22Bem-aventurados sereis quando os homens vos odiarem, vos expulsarem, vos insultarem e amaldiçoarem o vosso nome por causa do Filho do homem! 23Alegrai-vos, nesse dia, e exultai, pois será grande a vossa recompensa no céu; porque era assim que os antepassados deles tratavam os profetas. 24Mas ai de vós, ricos, porque já tendes vossa consolação! 25Ai de vós, que agora tendes fartura, porque passareis fome! Ai de vós, que agora rides, porque tereis luto e lágrimas! 26Ai de vós quando todos vos elogiam! Era assim que os antepassados deles tratavam os falsos profetas”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

No coração do projeto de Jesus estão os bem-aventurados. Quem é verdadeiramente feliz aos olhos de Deus? Deus ama a todos e para a salvação de todos enviou seu Filho Jesus ao mundo, mas tem especial predileção por alguns. Olha com bons olhos aqueles que fazem o mundo andar, que movimentam as águas, que introduzem na vida a esperança. Há quem interprete a palavra “felizes” das bem-aventuranças com o sentido de “para a frente”. “Para a frente pobres, para a frente famintos, para a frente angustiados!” São Lucas apresenta três categorias de bem-aventurados, válidas para todas as pessoas deste mundo: os pobres, os famintos e os angustiados. E acrescenta a bem-aventurança dos seguidores de Jesus. Na contramão dos três grupos coloca os ricos, os saciados, os que riem. Os seguidores de Jesus devem prestar atenção quando forem aprovados por todos. Se todo mundo falar bem deles é porque não estão defendendo a justiça e a verdade. Jesus fala a todos os pobres, a todos os famintos e a todos os que choram. O texto, porém, diz que ele ergueu os olhos para os discípulos, como se quisesse dizer: “Espero que vocês façam parte dos pobres, famintos e aflitos, e não dos ricos e satisfeitos”[…].

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Liturgia do 6º Domingo do Tempo Comum. O Evangelho das bem-aventuranças nos coloca no caminho concreto para a transformação deste mundo em um mundo de fraternidade, justiça e paz.
Rezemos: Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Liste as bem-aventuranças presentes no texto. A quem Jesus está instruindo? Qual é o ensinamento de Jesus?
“Diante de Jesus está uma plateia de deserdados, excluídos: pobres, doentes e pecadores. É para eles que Jesus proclama as bem-aventuranças. No meio da multidão estão também curiosos, oportunistas, procurando alguma palavra que pudesse servir de base às costumeiras acusações. Para estes Jesus anuncia as ‘mal-aventuranças’. Elas apontam para a exclusão do Reino. As bem-aventuranças não são convites à passividade ou uma alusão ao mundo futuro. Devem ser vividas agora. Entendemos melhor as bem-aventuranças quando traduzirmos a expressão: Felizes por: a caminho, avante, vós os pobres, os famintos, os que choram… De resto, as bem-aventuranças retratam o próprio Jesus” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra no dia a dia” da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que diz o texto para mim? Com qual bem-aventurança mais me identifico? Trazendo o texto para os nossos dias, quem são os pobres, os que choram? O que Jesus pede a mim hoje? Quais sentimentos a Palavra despertou em mim?

Oração (Vida)
A oração é a minha resposta à Palavra de Deus; ela brota da escuta e da meditação do texto sagrado. Entregue ao Senhor tudo o que a Palavra despertou em seu coração.

Contemplação (Vida e Missão)
Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude me proponho viver no dia de hoje?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas