Liturgia diária Jesus constitui o grupo dos Doze Apóstolos

2ª Semana Comum – Ano Litúrgico A

20 de janeiro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, apesar da minha fraqueza, sei que contas comigo para o serviço do teu Reino. Vem em meu auxílio, para que eu seja um instrumento útil em tuas mãos.

PRIMEIRA LEITURA: Hb 8,6-13

Leitura da Carta aos Hebreus – Irmãos, 6agora, Cristo possui um ministério superior. Pois ele é o mediador de uma aliança bem melhor, baseada em promessas melhores.
7De fato, se a primeira aliança fosse sem defeito, não se procuraria estabelecer uma segunda. 8Com efeito, Deus adverte: “Dias virão, diz o Senhor, em que concluirei com a casa de Israel e com a casa de Judá uma nova aliança. 9Não como a aliança que eu fiz com os seus pais, no dia em que os conduzi pela mão para fazê-los sair da terra do Egito. Pois eles não permaneceram fiéis à minha aliança; por isso, me desinteressei deles, diz o Senhor. 10Eis a aliança que estabelecerei com o povo de Israel, depois daqueles dias – diz o Senhor: porei minhas leis na sua mente e as gravarei no seu coração, e serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. 11Ninguém mais ensinará o seu próximo, e nem o seu irmão, dizendo: ‘Conhece o Senhor!’ Porque todos me conhecerão, desde o menor até o maior. 12Porque terei misericórdia das suas faltas, e não me lembrarei mais dos seus pecados”. 13Assim, ao falar de nova aliança, declarou velha a primeira. Ora, o que envelhece e se torna antiquado está prestes a desaparecer.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 84

          — A verdade e o amor se encontrarão.
— A verdade e o amor se encontrarão.

— Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, concedei-nos também vossa salvação! Está perto a salvação dos que o temem, e a glória habitará em nossa terra.

— A verdade e o amor se encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, e a justiça olhará dos altos céus.

— O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente e a salvação há de seguir os passos seus.

EVANGELHO:  Mc 3,13-19

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Ze­bedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer “Filhos do trovão”; 18André, Filipe, Bartolo­meu, Mateus, To­mé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Iscariotes, aquele que depois o traiu.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus escolheu os que ele quis. Escolheu Doze para ficarem com ele e para serem enviados em missão com o poder de expulsar os demônios. São os Doze Apóstolos, e o primeiro da lista foi Simão que recebeu o nome de Pedro. A mudança de nome indica nova função. O nome Pedro significa pedra, a pedra sobre a qual Jesus vai construir a sua Igreja. Juntamente com Pedro, sempre aparecem Tiago e João, exceto depois da ressurreição no Quarto Evangelho, quando Pedro é mencionado com Natanael e Tomé, e em seguida Tiago e João. A posição dos nomes indica também algum tipo de organização entre eles. André e Filipe aparecem juntos em alguns momentos. Não sabemos muito da vida dos Apóstolos, mas, depois de Pentecostes, saíram pelo mundo e fundaram igrejas. Seus sucessores são os bispos.
Entre os Apóstolos estava Judas Iscariotes, designado pelos evangelistas como “aquele que o traiu”. Mesmo estando com Jesus, um deles enveredou por outro caminho. Pedro também o negou, Natanael o rejeitou e Tomé duvidou, por isso aparecem juntos depois da ressurreição de Jesus. Tiago e João andaram procurando obter os primeiros lugares no Reino, irritando os outros que também queriam o primeiro lugar. A natureza é fraca, a tentação é forte, a traição tem muitas faces.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A festa de hoje é de São Sebastião, que, com o seu testemunho de fé, não teve medo de denunciar as injustiças cometidas pelas autoridades de sua época. Peçamos a sua intercessão para que sejamos firmes no nosso testemunho de fé e vivência da Palavra de Deus. São Sebastião, rogai por nós! Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? No Evangelho de hoje, vemos Jesus escolher os Doze. Para que Jesus escolheu essas doze pessoas e quem são elas? Faça a leitura do texto, considerando bem o sentido de cada palavra, repita os versículos que mais lhe chamaram atenção e identifique a mensagem central do Evangelho.

Meditação (Caminho)
O que diz o texto bíblico? No Evangelho de hoje, vemos Jesus escolher os Doze. Para que Jesus escolheu essas doze pessoas e quem são elas? Faça a leitura do texto, considerando bem o sentido de cada palavra, repita os versículos que mais lhe chamaram atenção e identifique a mensagem central do Evangelho.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O diálogo com Deus transforma a nossa vida, por isso, abra-se ao Senhor e faça a sua oração. Diga ao Senhor quais lugares de seu coração Ele tocou e onde você deseja que Ele toque. Quais realidades você deseja que Deus, Pai de amor e bondade, transforme?

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? O que você deseja viver hoje, como missão?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.