Liturgia diária Jesus convoca os doze discípulos - Lc 9,1-6

25ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

25 de setembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, tendo recebido a tarefa de continuar a missão de Jesus, ensina-me a imitá-lo tanto no modo de ser e de pregar, quanto na pobreza e na coragem de enfrentar a rejeição.

PRIMEIRA LEITURA:  Esd 9,5-9

Leitura do livro de Esdras – 5Na hora da oblação da tarde, levantei-me de minha aflição com minhas vestes e meu manto rasgados; então, caindo de joelhos, estendi as mãos para o Senhor, meu Deus, 6e disse: Meu Deus, estou coberto de vergonha e de confusão ao levantar minha face para vós, meu Deus; porque as nossas iniquidades acumularam-se sobre nossas cabeças, e nosso pecado chegou até o céu. 7Desde o tempo de nossos pais até o dia de hoje, temos sido gravemente culpados; e por causa de nossas iniquidades, fomos escravizados, nós, nossos reis e nossos filhos; fomos entregues à mercê dos reis de outras terras, à espada, ao cativeiro, à pilhagem e à vergonha que nos cobre mesmo nos dias de hoje. 8Entretanto, o Senhor, nosso Deus, testemunhou-nos por um momento a sua misericórdia, permitindo que subsistisse um resto dentre nós, e concedeu-nos um abrigo em seu lugar santo. Nosso Deus quis assim fazer brilhar a nossos olhos a sua luz, e nos dar um pouco de vida no meio de nossa servidão. 9Sim somos escravos; mas nosso Deus não nos abandonou em nosso cativeiro. Ele concedeu-nos a benevolência dos reis da Pérsia, dando-nos vida bastante para reconstruir a morada de nosso Deus, reerguer as ruínas, e prometendo-nos um abrigo seguro em Judá e em Jerusalém.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO Tb 13,2-8

          — Bendito seja Deus que vive eternamente!
— Bendito seja Deus que vive eternamente!

— Vós sois grande, Senhor, para sempre, e vosso reino se estende nos séculos! Porque vós castigais e salvais, fazeis descer aos abismos da terra, e de lá nos trazeis novamente: de vossa mão nada pode escapar.

— Vós que sois de Israel, dai-lhe graças e por entre as nações celebrai-o! O Senhor dispersou-vos na terra para narrardes sua glória entre os povos, e fazê-los saber, para sempre, que não há outro Deus além dele.

— Castigou-nos por nossos pecados, seu amor haverá de salvar-nos. Compreendei o que fez para nós, dai-lhe graças com todo o respeito!

— Bendizei o Senhor, seus eleitos, fazei festa e alegres louvai-o!

EVANGELHO: Lc 9,1-6

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Reunindo Jesus os doze apóstolos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curar enfermidades. 2Enviou-os a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos. 3Disse-lhes: Não leveis coisa alguma para o caminho, nem bordão, nem mochila, nem pão, nem dinheiro, nem tenhais duas túnicas. 4Em qualquer casa em que entrardes, ficai ali até que deixeis aquela localidade. 5Onde ninguém vos receber, deixai aquela cidade e em testemunho contra eles sacudi a poeira dos vossos pés. 6Partiram, pois, e percorriam as aldeias, pregando o Evangelho e fazendo curas por toda parte

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Os Doze apóstolos são convocados e enviados em missão. Devem anunciar o Reino de Deus e curar os doentes. Partem com autoridade sobre os demônios. Não devem levar nada consigo. Pedirão hospedagem aonde chegarem, permanecendo na mesma casa o tempo todo. Se em algum lugar não forem recebidos, devem fazer o gesto simbólico de sacudir a poeira dos pés ao sair da cidade, significando rejeição e condenação de quem não acolheu os apóstolos. Deus mesmo irá acertar contas com ele, como disse Moisés sobre aqueles que não ouvissem as palavras de Deus ditas pelo seu profeta. Partiram, passaram de um povoado a outro, anunciaram a Boa-Notícia e fizeram curas. E assim continuaram depois da ascensão de Jesus, percorrendo o mundo todo, anunciando com alegria a Boa-Nova da salvação. Missionários da alegria que partem para animar o povo são sempre bem-vindos. O primeiro exercício pastoral feito pelos apóstolos continua sendo nossa prática diária: ir ao encontro das pessoas onde quer que se encontrem, visitar os doentes e rezar por eles, transmitir alegria e esperança. A ausência de cajado, dinheiro e outros recursos se justifica pela convicção de fé que anima o discípulo missionário.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje celebramos o dia de São Vicente de Paulo, um santo que trabalhou incansavelmente pela dignidade dos marginalizados. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Peçamos: “Ó Divino Espírito Santo, necessitamos muito de vossa ajuda para conhecer o caminho que devemos seguir. Iluminai a nossa mente, movei o nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém. Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho pausadamente e destaque os verbos e os personagens que mais lhe chamaram atenção. A quem Jesus está instruindo? Qual é o seu ensinamento? Qual é a missão confiada aos Doze? Quais são as recomendações dadas aos discípulos? Qual atitude é recomendada aos que se colocam no seguimento de Jesus?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Releia o Evangelho e faça sua meditação. Durante a leitura, deixe-se tocar pela Palavra, escute o Senhor por meio dela. Qual palavra mais chamou sua atenção? Qual convite o Senhor lhe faz?

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Agora que você já acolheu a Palavra do Senhor, escutando o que Ele queria dizer-lhe, é a sua vez de falar. Faça a sua oração, apresentado a Deus suas necessidades e as necessidades dos seus irmãos e irmãs que sofrem.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Qual missão Jesus confia a você neste dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.