Liturgia diária Jesus cura em dia de sábado

2ª Semana Comum – Ano Litúrgico A

18 de janeiro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, sejam minhas mãos usadas somente para a prática do bem. Livra-me de mantê-las fechadas a quem precisa de minha ajuda, e de usá-las para fazer o mal.

PRIMEIRA LEITURA: Hb 7,1-3.15-17

Leitura da Carta aos Hebreus – Irmãos, 1Melquisedec, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, saiu ao encontro de Abraão, quando esse regressava do combate contra os reis, e o abençoou. 2Foi a ele que Abraão entregou o dízimo de tudo. E o seu nome significa, em primeiro lugar, “Rei de Justiça”; e, depois: “Rei de Salém”, o que quer dizer, “Rei da Paz”.
3Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem início de dias, nem fim de vida! É assim que ele se assemelha ao Filho de Deus e permanece sacerdote para sempre. 15Isto se torna ainda mais evidente, quando surge um outro sacerdote, semelhante a Melquisedec, 16não em virtude de uma prescrição de ordem carnal, mas segundo a força de uma vida imperecível. 17Pois diz o testemunho: “Tu és sacerdote para sempre na ordem de Melquisedec”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 109

          — Tu és sacerdote eternamente segundo a ordem do rei Melqui­sedec!
— Tu és sacerdote eternamente segundo a ordem do rei Melquisedec!

— Palavra do Senhor ao meu Senhor: “Assenta-te ao lado meu direito até que eu ponha os inimigos teus como escabelo por debaixo de teus pés!”

— O Senhor estenderá desde Sião vosso cetro de poder, pois Ele diz: “Domina com vigor teus inimigos”.

— “Tu és príncipe desde o dia em que nasceste; na glória e esplendor da santidade, como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!” Jurou o Senhor e manterá sua palavra: “Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem do rei Melquisedec!”

EVANGELHO: Mc 3,1-6

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 1Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. 2Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. 3Jesus disse ao homem da mão seca: “Levanta-te e fica aqui no meio!” 4E perguntou-lhes: “E permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?” Mas eles nada disseram.
5Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: “Estende a mão”. Ele a estendeu e a mão ficou curada.
6Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus observava o sábado, mas do modo como Deus queria. Ter que perguntar se no Dia de Deus é permitido fazer o bem ou fazer o mal, salvar uma vida ou matar, significa a falência da noção do Dia de Deus. Nestas circunstâncias pode-se entender que alguém negue a Deus! O ser humano ocupa o centro da história? Discutem as nações e guerreiam entre si multiplicando dores e sofrimentos. Discutem os políticos em busca de vantagens sem buscar o que é vantajoso para o povo. Desentendem-se os pais e esquecem-se das crianças. Unem-se os opostos para destruir o seu contrário. Fariseus se tornam amigos de herodianos para se oporem a Jesus. Oporem e matarem. É preciso eliminar esse Jesus.
Em que as ações de Jesus são ameaça para fariseus e herodianos? Em Cafarnaum os escribas gritaram a Jesus: “Você veio para nos arruinar? Para nos destruir?”. Tirar o ser humano da margem e colocá-lo no centro da vida perturba quem vê no outro um concorrente. Até agora era só eu. Agora somos mais. O olhar de Jesus se torna irado e se entristece diante da dureza dos corações. “Estende a mão”, e a mão ficou curada.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Iniciemos a nossa oração tendo em mente todas as realidades que nos cercam, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Levanta-te! Vem para o meio!” Durante a leitura, vemos que, ao chegar à sinagoga, Jesus encontra um homem com a mão seca, e algumas pessoas passam a observá-lo para ver se iria curá-lo em dia de sábado, com o objetivo de denunciá-lo. Repita a leitura quantas vezes julgar necessário e destaque os personagens que surgem durante a narrativa, bem como as palavras que mais lhe chamam atenção. O que acontece com o homem? Que mensagem o texto transmite?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Algum dos personagens o(a) toca? Qual? O que o gesto de Jesus lhe diz? Qual palavra Ele direciona a você? Medite o texto, leia-o novamente e deixe que a sua vida se misture com essa Palavra.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste momento de oração, faça um silêncio profundo e procure perceber de que modo a Palavra o(a) toca, convidando-o(a) a rezar e a manifestar-se ao Senhor. Sinta sua presença de amor e bondade, pois o Senhor está com você e deseja escutá-lo(a).

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Motivado(a) pela Palavra, qual compromisso você se dispõe a viver hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.