Oração diária, Jesus cura a filha da mulher siro-fenícia - Mc 7,24-30

5ª Semana Comum – Ano Litúrgico B

08 de fevereiro de 2018

ORAÇÃO DO DIA

Pai, cria em meu coração uma fé profunda como a da mulher pagã que demonstrou total confiança em Jesus. Por isso, foi atendida por ele.

PRIMEIRA LEITURA: 1Rs 11,4-13

Leitura do Primeiro Livro dos Reis

4Quando Salomão ficou velho, suas mulheres desviaram o seu coração para outros deuses e seu coração já não pertencia inteiramente ao Senhor, seu Deus, como o do seu pai Davi. 5Salomão prestou culto a Astarte, deusa dos sidônios, e a Melcom, ídolo dos amonitas. 6Ele fez o que desagrada ao Senhor e não lhe foi inteiramente fiel, como seu pai Davi.
7Foi então que Salomão construiu um santuário para Camos, ídolo de Moab, no monte que está defronte de Jerusalém, e para Melcom, ídolo dos amonitas. 8Fez o mesmo para todas as suas mulheres estrangeiras, as quais queimavam incenso e ofereciam sacrifícios aos seus deuses. 9Então o Senhor irritou-se contra Salomão, porque o seu coração tinha-se desviado do Senhor, Deus de Israel, que lhe tinha aparecido duas vezes 10e lhe proibira expressamente seguir a outros deuses. Mas ele não obedeceu à ordem do Senhor.
11E o Senhor disse a Salomão: “Já que procedeste assim, e não guardaste a minha aliança, nem as leis que te prescrevi, vou tirar-te o reino e dá-lo a um teu servo. 12Mas, por amor de teu pai Davi, não o farei durante a tua vida; é da mão de teu filho que o arrebatarei. 13Não te tirarei o reino todo, mas deixarei ao teu filho uma tribo, por consideração para com meu servo Davi e para com Jerusalém, que escolhi”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 106

          — Lembrai-vos, ó Senhor, de mim lembrai-vos, segundo o amor que demonstrais ao vosso povo!
— Lembrai-vos, ó Senhor, de mim lembrai-vos, segundo o amor que demonstrais ao vosso povo!

— Felizes os que guardam seus preceitos e praticam a justiça em todo o tempo! Lembrai-vos, ó Senhor, de mim, lembrai-vos, pelo amor que demonstrais ao vosso povo!

— Misturaram-se, então, com os pagãos, e aprenderam seus costumes depravados. Aos ídolos pagãos prestaram culto, que se tornaram armadilha para eles;

— Pois imolaram até mesmo os próprios filhos, sacrificaram suas filhas aos demônios. Acendeu-se a ira de Deus contra o seu povo, e o Senhor abominou a sua herança.

EVANGELHO: Mc 7,24-30

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 24Jesus saiu e foi para a região de Tiro e Sidônia. Entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse onde ele estava. Mas não conseguiu ficar escondido.
25Uma mulher, que tinha uma filha com um espírito impuro, ouviu falar de Jesus. Foi até ele e caiu a seus pés. 26A mulher era pagã, nascida na Fenícia da Síria. Ela suplicou a Jesus que expulsasse de sua filha o demônio. 27Jesus disse: “Deixa primeiro que os filhos fiquem saciados, porque não está certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos”.
28A mulher respondeu: “É verdade, Senhor; mas também os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que as crianças deixam cair”.
29Então Jesus disse: “Por causa do que acabas de dizer, podes voltar para casa. O demônio já saiu de tua filha”. 30Ela voltou para casa e encontrou sua filha deitada na cama, pois o demônio já havia saído dela.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus estava na região de Tiro, na casa de algum conhecido. Queria passar despercebido, mas logo foi procurado por uma mulher, que não era judia. Ela lhe pediu que libertasse sua filha da dominação do demônio. Mais uma vez estamos diante de alguém com problemas atribuídos à possessão demoníaca. O demônio tinha entrado naquela menina ou a menina tinha atitudes estranhas, que não pareciam de gente normal, e que eram atribuídas ao demônio? Ela estava com o demônio no corpo? Quando uma mãe diz que o filho é endiabrado ou está com o demônio no corpo, a que ela se refere? A mulher siro-fenícia é humilde, sabe interceder, e Jesus cura a sua filha. Antes da cura, Jesus lhe tinha dito que não ficava bem tirar o pão dos filhos, os judeus, para jogá-lo aos cachorrinhos, os não judeus. Jesus faz esta afirmação para desfazê-la logo em seguida. Aqui se desfaz a ideia de que o Messias viria exclusivamente para o povo de Israel.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No começo desta leitura orante, preparemo-nos silenciando o coração e invocando o Espírito Santo, luz que nos ilumina, para melhor compreendermos a sua Palavra. “Ó Espírito Santo de Deus, Ilumina-nos com a tua luz divina e renova em nós os teus dons. Amém!”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Jesus entrou na região de Tiro e, embora não quisesse chamar atenção, foi surpreendido por uma mulher que se jogou aos seus pés. O que aconteceu então? Faça a leitura do texto e destaque os verbos, os personagens da narrativa e suas ações.
“Jesus não conseguia ficar escondido, pois a luz brilha para iluminar toda a ‘casa’ (cf. Mc 4,21-22). Depois da controvérsia sobre o puro e o impuro, Jesus vai para uma região pagã. O que foi dito na controvérsia (Mc 7,1-23) pode ser verificado na prática e ampliado: não há lugar nem pessoa a quem não seja oferecida a salvação. Jesus rompe a barreira da impureza. Nem a missão de Jesus nem a salvação que ele oferece como dom têm como destinatários exclusivos os ‘filhos’ (v. 27), Israel; pertencem também aos ‘cachorrinhos’, uma forma de designar os pagãos. Todo nosso relato está centrado no diálogo de Jesus com a mulher. Na sua resposta a Jesus, aquela mulher siro-fenícia mostra a sua fé, chamando Jesus de Kyrios, ‘Senhor’. Com essa invocação os cristão se dirigem ao Cristo ressuscitado. A palavra da mulher e os seus gestos demonstram a confiança em Jesus e a convicção de que nele, e somente por meio dele, é que o mal que aprisiona a sua filha pode ser vencido. Se o mal está presente em todos os lugares, a vitória do Senhor sobre ele não tem fronteiras” (Reflexão de Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Ao fazer a meditação, dialogue com Deus e sua Palavra, perguntando-se o que o Senhor quer lhe dizer por meio dela. Que luz o texto traz para a sua vida? Que convite o Senhor lhe faz?

Oração (Vida)
“Jesus Mestre, vós dissestes que a vida eterna consiste em conhecer a vós e ao Pai. Derramai sobre nós a abundância do Espírito Santo! Que Ele nos ilumine, guie e fortaleça no vosso seguimento, porque sois o único caminho para o Pai. Fazei-nos crescer no vosso amor, para que sejamos, como o apóstolo Paulo, testemunhas vivas do vosso Evangelho. Com Maria, Mãe, Mestra e Rainha dos Apóstolos, guardaremos vossa Palavra, meditando-a em nosso coração. Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, tende piedade de nós” (Oração retirada do livro “Orações e devoções para todos os momentos”, da Paulinas Editora).

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que atitude de discípulo você deseja tomar neste dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.