Liturgia diária Jesus cura um leproso
site-de-catequese

1ª Semana Comum – Ano Litúrgico A

12 de janeiro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me forças para combater e vencer as forças do mal que impedem o Reino acontecer na minha vida e na história humana.

PRIMEIRA LEITURA: Hb 3,7-14

Leitura da Carta aos Hebreus – Irmãos, 7escutai o que declara o Espírito Santo: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, 8não endureçais os vossos corações, como aconteceu na provocação, no dia da tentação, no deserto, 9onde vossos pais me tentaram, pondo-me à prova, 10embora vissem as minhas obras, durante quarenta anos.
Por isso me irritei com essa geração e afirmei: sempre se enganam no coração e desconhecem os meus caminhos. 11Assim jurei na minha ira: não entrarão no meu repouso”. 12Cuidai, irmãos, que não se ache em algum de vós um coração transviado pela incredulidade, levando-o a afastar-se do Deus vivo. 13Antes, animai-vos uns aos outros, dia após dia, enquanto ainda se disser “hoje”, para que nenhum de vós se endureça pela sedução do pecado – 14pois nos tornamos companheiros de Cristo, contanto que mantenhamos firme até o fim a nossa confiança inicial

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 94

          — Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: não fecheis os vossos corações.
— Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: não fecheis os vossos corações.

— Vinde adoremos e prostremo-nos por terra, e ajoelhemos ante o Deus que nos criou! Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, e nós somos o seu povo e seu rebanho, as ovelhas que conduz com sua mão.

— Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: “Não fecheis os corações como em Meriba, como em Massa, no deserto, aquele dia, em que outrora vossos pais me provocaram, apesar de terem visto as minhas obras”.

— Quarenta anos desgostou-me aquela raça e eu disse: “Eis um povo transviado, seu coração não conheceu os meus caminhos!” E por isso lhes jurei na minha ira: “Não entrarão no meu repouso prometido!”

EVANGELHO: Mc 1,40-45

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus, e de joelhos pediu: “Se queres, tens o poder de curar-me”. 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele, e disse: “Eu quero: fica curado!” 42No mesmo instante, a lepra desapareceu, e ele ficou curado.
43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: “Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!”
45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus cura um leproso e se retira no deserto. O clima é de tensão. Jesus despede o leproso com severidade, diz o texto. Mostra-se severo na despedida ou recomenda com severidade que não conte nada a ninguém? Quando o leproso diz a Jesus: “Se queres, tens o poder de purificar-me”, Jesus se enche de compaixão.
Esta é a leitura comum. No entanto, algumas traduções dizem que Jesus ficou “cheio de ira” e não “cheio de compaixão”. Os manuscritos gregos em geral falam de compaixão, mas há alguns que falam de ira, e é difícil saber o que foi escrito originalmente. Não importa. Jesus sempre tem compaixão, sabemos disso, mas ele também tem motivos para se irar, não com o pobre leproso, mas com o contexto que o envolve. Jesus manda que ele cumpra a Lei, mas não foi a Lei que o curou. A Lei apenas declara a enfermidade e exige a exclusão do enfermo do convívio social. Ela protege a população do contágio e não pode fazer mais do que isso. A Lei declara, Jesus cura, enquanto o poder demoníaco espreita para tirar alguma vantagem da doença alheia.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Neste momento de oração, não nos esqueçamos de nos aproximar do Senhor silenciando nosso interior, para melhor rezar e meditar sua Palavra. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Jesus encheu-se de compaixão e, estendendo a mão sobre ele, o tocou, dizendo: ‘Eu quero, fica purificado’”. A compaixão é um dos sentimentos que Jesus demonstra no decorrer de sua missão. No texto de hoje, o que Jesus está fazendo? Qual é a sua mensagem?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Leia de novo o Evangelho, ligando-o à sua vida. Escute o que o Senhor lhe diz por meio da Palavra, atento(a) aos detalhes, e responda: qual caminho o Evangelho lhe indica?

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Formule preces de súplica, louvor e agradecimento. Se desejar, recite um Salmo que expresse seus sentimentos. Reze por sua realidade e pela realidade daqueles que o(a) cercam.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que compromisso você assume para se aperfeiçoar como discípulo(a) de Jesus?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.