Liturgia diária O que sai da pessoa é que a torna impura - Mc 7,14-23

5ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

13 de fevereiro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, cria, no meu coração, a pureza verdadeira que me permite estar na tua presença, seguro de que minha vida te agrada.

PRIMEIRA LEITURA: Gn 2,4b-9.15-17

Leitura do Livro do Gênesis – 4bNo dia em que o Senhor fez a terra e o céu, 5ainda não havia nenhum arbusto do campo sobre a terra, e ainda nenhuma erva do campo tinha brotado, porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem existia homem para cultivar o solo. 6Mas uma fonte brotava da terra, e lhe regava toda a superfície. 
7Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra, soprou-lhe nas narinas o sopro da vida e o homem tornou-se um ser vivente. 8Depois, o Senhor Deus plantou um jardim em Éden, a oriente, e ali pôs o homem que havia formado. 9E o Senhor Deus fez brotar da terra toda sorte de árvores de aspecto atraente e de fruto saboroso ao paladar, a árvore da vida no meio do jardim e a árvore do conhecimento do bem e do mal. 
15O Senhor Deus tomou o homem e colocou-o no jardim de Éden, para o cultivar e guardar. 16E o Senhor Deus deu ao homem uma ordem, dizendo: “Podes comer de todas as árvores do jardim, 17mas não comas da árvore do conhecimento do bem e do mal; porque, no dia em que fizeres, sem dúvida morrerás”

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 103

          — Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
— Bendize, ó minha alma, ao Senhor!

— Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande! De majestade e esplendor vos revestis e de luz vos envolveis como num manto.

— Todos eles, ó Senhor, de vós esperam que a seu tempo vós lhes deis o alimento; vós lhes dais o que comer e eles recolhem, vós abris a vossa mão e eles se fartam.

— Se tirais o seu respiro, eles perecem e voltam para o pó de onde vieram; enviais o vosso espírito e renascem e da terra toda a face renovais.

EVANGELHO: Mc 7,14-23

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
          – Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14Jesus chamou a multidão para perto de si e disse: “Escutai todos e com­preendei:15o que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior. 16Quem tem ouvidos para ouvir ouça”.
17Quando Jesus entrou em casa, longe da multidão, os discípulos lhe perguntaram sobre essa parábola.18Jesus lhes disse: “Será que nem vós compreen­deis? Não entendeis que nada do que vem de fora e entra numa pessoa pode torná-la impura, 19porque não entra em seu coração, mas em seu estômago e vai para a fossa?” Assim Jesus declarava que todos os alimentos eram puros.
20Ele disse: “O que sai do homem, isso é que o torna impuro. 21Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, 22adultérios, ambições desmedidas, maldades, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo. 23Todas estas coisas más saem de dentro e são elas que tornam impuro o homem” 

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus continua a discussão sobre as tradições ensinadas pelos escribas e pelos fariseus. Qual a relação entre a ações exteriores e as intenções do coração? Não obedecer às leis religiosas da alimentação mancha o ser humano? O que mancha, de fato, o ser humano são os projetos elaborados em sua mente e sediados em seu coração. Alimentos que entram na boca e são digeridos podem fazer mal à saúde se não forem bem selecionados e bem dosados. Em si mesmos, não tornam ninguém impuro. As leis dietéticas de Israel foram elaboradas com sabedoria para a proteção da saúde pública. No período do deserto, Israel aprendeu a cuidar da sua comunidade. A legislação, porém, se multiplicou e adquiriu caráter religioso. Preceitos puramente humanos passaram à categoria de mandamentos de Deus. O que era prática libertadora de salvação e proteção tornou-se ideologia religiosa de dominação.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No Evangelho de hoje, Jesus continua nos advertindo de que “o que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior”. Acolhamos a Palavra para o nosso dia e avaliemos a nossa vida à luz dos ensinamentos de Jesus.
Oremos: “Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, ajuda-me a ser perseverante na escuta do Evangelho e na compreensão dos ensinamentos de Jesus. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Leia o Evangelho e destaque os verbos e os personagens que aparecem na narrativa. Em seguida, procure identificar o tema central do texto bíblico.
“Na controvérsia sobre o puro e o impuro, Jesus dá um princípio para que os discípulos compreendam que o mal, o que distorce e rompe a harmonia da criação, desfigura o ser humano e o distancia de Deus, se encontra no coração do próprio homem. Se o Levítico ordena separar o puro do impuro (cf. Lv 10,10; 20,24b-25), Jesus parece abolir essa lei, observando que se trata de tradição humana (cf. Mc 7,7.8.9). É com o coração, e não com as mãos, que os discípulos devem se preocupar. O que importa é a pureza do coração. O coração e os rins são para a Escritura a sede do saber e do discernimento, a fonte de uma vida em conformidade ou não com a vontade de Deus. É a pureza do coração, e não simples práticas externas, que revela o grau de engajamento da pessoa em relação ao Reino de Deus. Considerar o mal como algo exterior a si é, no mínimo, um modo de exprimir a incompreensão acerca da realidade do próprio mal e de não assumir a responsabilidade ante as consequências da inclinação enigmática e perversa do coração do ser humano” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Faça a sua meditação com a Palavra, procurando compreender de que modo ela o(a) toca. Se sentir necessidade, leia o texto novamente, atentando-se ao que o Senhor quer lhe dizer por meio dele.
“A lei da pureza e da impureza era observada com irrestrito rigor pelos fariseus e doutores da lei. Isso não seria problema algum, se fossem homens do amor e da misericórdia. Essa aparente contradição era o que deixava Jesus irritado. Impuro, disse Jesus, é o que sai de dentro do coração humano, não o que entra, não atos externos. A verdadeira religião é o amor a Deus e ao próximo, e não se pode resumir apenas à observância de prescrições. A impureza deixa de ser física e passa a ser moral. É no coração que o homem decide amar a Deus ou fazer outras opções que podem sujar sua vida por completo. Cuidemos da vida interior!” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Este é o momento em que você diz ao Senhor tudo o que há em seu coração. Agradeça a Deus mais esta oportunidade de vida que Ele lhe dá e apresente-lhe seus pedidos e as necessidades de seus irmãos e irmãs que sofrem.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que sentimento você vive neste momento? Faça uma síntese da Palavra de Deus para viver neste dia.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas