Liturgia diária Maria escolheu a melhor parte - Lc 10,38-42
site-de-catequese

26ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

03 de outubro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que o meu agir não seja movido por um ativismo insensível à palavra de Jesus. Antes, seja toda a minha ação decorrência da escuta atenta desta palavra.

PRIMEIRA LEITURA: Jn 3,1-10

Leitura da Profecia de Jonas

1A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas, pela segunda vez: 2“Levanta-te e põe-te a caminho da grande cidade de Nínive e anuncia-lhe a mensagem que eu te vou confiar”. 3Jonas pôs-se a caminho de Nínive, conforme a ordem do Senhor. Ora, Nínive era uma cidade muito grande; eram necessários três dias para ser atravessada. 4Jonas entrou na cidade, percorrendo o caminho de um dia; pregava ao povo, dizendo: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída”. 5Os ninivitas acreditaram em Deus; aceitaram fazer jejum, e vestiram sacos, desde o superior ao inferior. 6A pregação chegara aos ouvidos do rei de Nínive; ele levantou-se do trono e pôs de lado o manto real, vestiu-se de saco e sentou-se em cima de cinza. 7Em seguida, fez proclamar, em Nínive, como decreto do rei e dos príncipes: “Homens e animais bovinos e ovinos não provarão nada! Não comerão e não beberão água. 8Homens e animais se cobrirão de sacos, e os homens rezarão a Deus com força; cada um deve afastar-se do mau caminho e de suas práticas perversas. 9Deus talvez volte atrás, para perdoar-nos e aplacar sua ira, e assim não venhamos a perecer”. 10Vendo Deus as suas obras de conversão e que os ninivitas se afastavam do mau caminho, compadeceu-se e suspendeu o mal, que tinha ameaçado fazer-lhes, e não o fez.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 130

          — Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?
— Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?

— Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, escutai a minha voz! Vossos ouvidos estejam bem atentos ao clamor da minha prece!

— Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir? Mas em vós se encontra o perdão, eu vos temo e em vós espero.

— Espere Israel pelo Senhor mais que o vigia pela aurora! Pois no Senhor se encontra toda graça e copiosa redenção. Ele vem libertar a Israel de toda a sua culpa

EVANGELHO:  Lc 10,38-42

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. 39Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra. 40Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!” 41O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. 42Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Lucas inicia a segunda etapa da viagem de Jesus para Jerusalém num povoado onde moram Maria e Marta. São irmãs de Lázaro. Jesus faz uma parada no povoado e visita a família. Jesus já os conhecia. Marta é mais ativa, Maria é mais quieta. Marta prepara a comida e Maria fica sentada aos pés de Jesus. O evangelista São João faz o mesmo retrato das duas. Por ocasião da morte de Lázaro, São João escreve que, quando Marta soube que Jesus tinha chegado, saiu ao seu encontro; Maria, porém, continuava sentada em casa. Dizemos que uma era ativa e a outra contemplativa. A melhor parte de Maria certamente não é ficar sentada, e sim ouvir a Palavra de Deus. Jesus é muito bem recebido pelas duas, pela que lhe faz companhia e pela que prepara a refeição. A reação de Marta se deva talvez ao seu ativismo, ou a um pouco de ciúme? De qualquer forma, “aprendamos de Maria a ouvir com devoção, ter de Marta a energia, pressa e dedicação. Acontece diaconia na ação em oração. Ser uma Marta Maria: que bonita vocação!”. As duas nos ensinam o valor da acolhida em todos os momentos e em qualquer lugar. E com Marta aprendemos que não só de pão vive o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Ao iniciarmos a nossa oração, procuremos silenciar nossa mente e nosso coração para escutar o Senhor e permitir que sua Palavra se torne vida em nossa vida.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Deixe-se conduzir pela ação do Espírito Santo que reza em nós, dizendo: “Ó divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Dá-me inteligência para entender; memória para lembrar; vontade dócil para praticar; coração generoso para corresponder aos teus convites. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Maria, com efeito, escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada.” Leia o texto quantas vezes julgar necessário, destacando os verbos e os personagens que surgem durante a narrativa. Como é a acolhida que Marta e Maria oferecem a Jesus? Por qual motivo Jesus chama a atenção de Marta?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Leia a Palavra de Deus mais uma vez, faça a sua meditação e acolha os ensinamentos de Jesus em sua vida. Qual palavra mais encontrou sintonia com a realidade que você vive? Escute o que o Senhor tem a lhe dizer por meio da Palavra.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça a sua oração, reconhecendo Jesus Cristo como Caminho, Verdade e Vida, assim como fez Maria. Apresente ao Senhor as suas intenções e as necessidades daqueles que o(a) cercam, bem como as tristezas e as angústias do povo de Deus.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que sentimentos você experimenta?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.