Oração diária, Nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas... - Lc 11,29-32

28ª Semana Comum – Ano Litúrgico B

15 de outubro de 2018

ORAÇÃO DO DIA

Pai, torna-me dócil e sensível para acolher as palavras de Jesus, sem exigir sinais espetaculares como pré-requisito para aderir a ele

PRIMEIRA LEITURA: Gl 4,22-24.26-27.31-5,1

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas – Irmãos, 4,22está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava e outro da livre. 23Mas o filho da escrava nasceu segundo a carne, e o filho da livre nasceu em virtude da promessa. 24Esses fatos têm um sentido alegórico, pois essas mulheres representam as duas alianças: a primeira, Hagar, vem do monte Sinai; ela gera filhos para a escravidão. 26Porém, a Jerusalém celeste é livre, e é a nossa mãe. 27Pois está escrito: “Rejubila, estéril, que não dás à luz, prorrompe em gritos de alegria, tu que não sentes as dores do parto, porque os filhos da mulher abandonada são mais numerosos do que os da mulher preferida”. 31Portanto, irmãos, não somos filhos de uma escrava; somos filhos da mulher livre. 5,1É para a liberdade que Cristo nos libertou. Ficai pois firmes e não vos deixeis amarrar de novo ao jugo da escravidão.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 112

— Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!
— Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!

— Louvai, louvai, ó servos do Senhor, louvai, louvai o nome do Senhor! Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

— Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! Senhor está cima das nações, sua glória vai além dos altos céus.

— Quem pode comparar-se ao nosso Deus, que se inclina para olhar o céu e a terra? Levanta da poeira o indigente e do lixo ele retira o pobrezinho.

EVANGELHO: Lc 11,29-32

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 29quando as multidões se reuniram em grande quantidade, Jesus começou a dizer: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas.
30Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. 31No dia do julgamento, a rainha do Sul se levantará juntamente com os homens desta geração e os condenará. Porque ela veio de uma terra distante para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior do que Salomão.
32No dia do julgamento, os ninivitas se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão. Porque eles se converteram quando ouviram a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

A Palavra de Deus foi dirigida a Jonas. Ele devia ir a Nínive, a capital da Assíria, anunciar a sua destruição. Por quê? Porque o mal de Nínive, diz o texto, cresceu tanto que chegou ao nível dos olhos de Deus. Esse mal era a violência que os ninivitas tinham em suas mãos. Deus não destruiu a cidade porque os ninivitas se converteram. Eles se converteram com a pregação de Jonas. O sinal de Jonas é a sua pregação juntamente com o efeito da pregação, isto é, a conversão por parte dos habitantes de Nínive da violência social. Falando às multidões, Jesus lembra o profeta Jonas e diz que o seu sinal é o do profeta Jonas. Quando em algum lugar do mundo há uma conversão da violência social, é sinal de que Jesus está presente. Feliz aquele que ouve a Palavra e a põe em prática. Felizes os ninivitas que ouviram a pregação de Jonas e a puseram em prática. A Rainha do Sul, que veio ver a sabedoria de Salomão no governo do povo, também se levantará no juízo final. Jesus prega, ensina, a gente ouve e não entende que a violência social está diante dos olhos de Deus.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Memória litúrgica de Santa Teresa de Jesus. O apelo à conversão está presente na liturgia de hoje. O caminho de conversão é exigente. Precisamos predispor nossa vontade, mente e coração para darmos passos. Mas é certo que não caminhamos sozinhos, pois Deus nos concede a sua graça.
Peçamos ao Senhor que possamos bem rezar a Palavra de Deus deste dia e acolher o seu projeto de amor em nossa vida: “Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.”

Leitura (Verdade)
Faça uma leitura atenta do texto e procure identificar suas palavras-chave. A quem se dirige? Qual sinal o povo estava buscando? Por que Jesus diz que nenhum sinal será dado a não ser o sinal de Jonas? Por que Jesus diz que o Filho do Homem será o sinal para esta geração?
“A fé em Jesus não está subordinada a nenhum ato espetacular e grandioso; ela é dom recebido pelo testemunho daqueles que foram testemunhas oculares de tudo o que Jesus fez e ensinou. Exigir um sinal para crer é tentar Deus. É nesse sentido que os contemporâneos de Jesus o provocam. Há certos esquemas mentais que impedem de reconhecer a visita salvífica de Deus em Jesus, pois defendem o ‘é necessário ver para crer’. Como no relato das tentações, Jesus se recusa a satisfazer essa exigência tal qual solicitada. Jesus mesmo, toda a sua vida, é um sinal que remete ao mistério de Deus. A evocação do episódio de Jonas serve para apelar à penitência, necessária para acolher o Reino de Deus que se faz presente na pessoa de Jesus (cf. Mc 1,15). É pela penitência que se alcança a purificação do coração, necessária para reconhecer que tudo o que Jesus faz e ensina é sinal; a vida inteira de Jesus é um sinal. O coração livre de todo apego é condição para acolher o mistério de Deus tal qual ele se revela em Jesus Cristo” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Jesus é o grande sinal, o Enviado de Deus, muito maior do que Salomão e do que Jonas. Porém, é necessária a conversão do coração para reconhecer que tudo o que Jesus ensina e faz é sinal: a libertação dos oprimidos, promoção da vida, resgate da dignidade, curas…
O que o texto diz para sua vida? Como o apelo à conversão proclamado por Jonas e recordado por Jesus foi acolhido em seu coração? Você precisa de sinais para crer? Diante do apelo à conversão, qual é a sua resposta?

Oração (Vida)
Um coração penitente é um coração simples, humilde, confiante no Senhor. Qual oração brotou em seu coração? Apresente sua prece ao Senhor. Hoje também é o Dia dos Professores. Rezemos agradecendo a presença dos educadores em nossa vida.

Contemplação (Vida e Missão)
Em seu coração, existe o verdadeiro desejo de mudança? Que outro apelo a Palavra de Deus lhe faz? O que você deseja colocar em prática na sua vida?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas