Oração diária, O Batista recebeu de Deus uma grande missão - Jo 1,29-34

Santíssimo Nome de Jesus – Ano Litúrgico C

03 de janeiro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, tu enviaste Jesus com a missão de nos introduzir no Reino da fraternidade. Dá-me a graça de reconhecê-lo e fazer-me seguidor dele.

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 2,29–3,6

Leitura da Primeira Carta de São João – Caríssimos: 29Já que sabeis que ele é justo, sabei também que todo aquele que pratica a justiça nasceu dele. 3,1Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Se o mundo não nos conhece, é porque não conheceu o Pai. 2Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é. 3Todo o que espera nele, purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. 4Todo o que comete pecado comete também a iniquidade, porque o pecado é a iniquidade. 5Vós sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados e que nele não há pecado. 6Todo aquele que peca mostra que não o viu, nem o conheceu. 

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 97

          — Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.
— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória. 

— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai! 

— Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa e da cítara suave! Aclamai, com os clarins e as trombetas, ao Senhor, o nosso Rei!

EVANGELHO: Jo 1,29-34

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
          – Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

29No dia seguinte, João viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. 30Dele é que eu disse: Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque existia antes de mim. 31Também eu não o conhecia, mas se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”.
32E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba do céu, e permanecer sobre ele. 33Também eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, este é quem batiza com o Espírito Santo’. 34Eu vi e dou testemunho: Este é o Filho de Deus!” 

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Continuamos ouvindo o testemunho do Batista sobre o Menino que acaba de nascer. A leitura é litúrgica. Transportamos o testemunho de João para o Tempo do Natal. Olhamos para o recém-nascido e ouvimos João dizendo: “Este é o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”. E ainda: “Ele existia antes de mim”. Os cordeiros imolados no Templo eram apenas sinal do único Cordeiro que tinha poder para tirar do mundo o pecado. Aí está ele, o Menino recém-nascido. João veio antes para torná-lo conhecido pelo povo de Israel. Estamos no segundo dia do testemunho de João. Foi ele quem viu o Espírito Santo descer sobre Jesus no dia do seu batismo. E João testemunha: “Ele é o Filho de Deus. É ele quem batiza com o Espírito Santo”. O Batista recebeu de Deus uma grande missão, acompanhada de importante sinal. Batizando com água, João viu o Espírito Santo descer como pomba e permanecer sobre Jesus. Era o sinal indicativo daquele que, ao chegar agora, já existia antes. O Verbo que agora se fez homem já existia no princípio, antes de todas as coisas. Grande é o mistério da divina encarnação.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No Evangelho de hoje, João Batista nos apresenta Jesus e o identifica como o Cordeiro de Deus oferecido como resgate da humanidade. Acolhamos a Palavra que nos vai acompanhar ao longo do dia.
Silenciando o coração, repita algumas vezes a oração: “Jesus Mestre, iluminai minha mente, movei meu coração, para que esta meditação produza em mim frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho pausadamente, repetindo os verbos e versículos que mais lhe chamaram atenção. Qual é a mensagem central do texto? O que o Evangelho de hoje nos apresenta?
“Neste dia nós celebramos a festa do Santíssimo nome de Jesus, que remonta ao século XV. Trata-se de uma memória facultativa. O texto do evangelho de hoje, no entanto, não faz nenhuma menção à imposição do nome de Jesus. Como dissemos antes, João Batista, no quarto evangelho, está na origem de uma verdadeira cadeia de testemunhas. No evangelho joanino, a importância do Batista se deve ao valor do seu testemunho sobre Jesus, que toma a iniciativa de ir ao encontro de João (cf. 1,6-9). Nosso texto apresenta quatro afirmações cristológicas que, de algum modo, ou já foram mencionadas no prólogo ou serão desenvolvidas ao longo do evangelho: a preexistência do Verbo de Deus (v. 30; cf. vv. 1-3); Jesus é identificado com o Cordeiro de Deus oferecido como resgate da humanidade (v. 29); Ele é aquele em quem o Espírito permanece (vv. 32-33); Ele é o Filho de Deus (v. 34; cf. 1,18). A ‘visão’ de João (v. 34) é a forma bíblica para dizer revelação. Trata-se não do exercício óptico, mas do impulso da fé que permite reconhecer e acolher Deus que se revela na fragilidade de nossa carne” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Leia o Evangelho novamente e procure identificar a mensagem que é comunicada para a sua vida.
“O primeiro encontro de João Batista e Jesus se deu no ventre de suas mães. Ventres que expressam que para Deus nada é impossível. Isabel, idosa e de ventre morto; Maria, virgem e puríssima. Nesses ventres santos, as crianças se comunicaram! Hoje, o encontro é em função da missão. João, enfim, revela Jesus para o mundo: ‘Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo!’. João toca na divindade de Jesus ao dizer que ele já existia antes dele, no coração da Trindade. O rosto humano de Deus estava desnudado para todos verem. Jesus batizará a todos com o Espírito Santo. O testemunho de João deve ser o nosso também: ele é o Filho de Deus! Revelemos Jesus em nossos ambientes!” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
“Ó Espírito Santo! Dai-me um coração grande, aberto à vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas, alheio a qualquer desprezível competição humana, compenetrado do sentido da Santa Igreja! Um coração grande, desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus. Um coração grande e forte, para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos. Um coração grande e forte, para superar todas as provações, todo tédio, todo cansaço, toda ofensa, toda desilusão. Um coração grande e forte e constante até o sacrifício, quando for necessário. Um coração cuja felicidade é palpitar com o coração de Cristo e cumprir humilde e fielmente a vontade do Pai. Amém” (Papa Paulo VI).

Contemplação (Vida e Missão)
Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude você se propõe viver hoje?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas