Liturgia diária, O Espírito da Verdade dará testemunho de mim - Jo 15,26 – 16,4a

6ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico A

22 de maio de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que o testemunho do Espírito cale fundo no meu coração e seja acolhido com discernimento e docilidade, de modo a consolidar minha fé no Senhor Jesus.

PRIMEIRA LEITURA: At 16,11-15

Leitura dos Atos dos Apóstolos – 11Embarcamos em Trôade e navegamos diretamente para a ilha de Samotrácia. No dia seguinte, ancoramos em Neápolis, 12de onde passamos para Filipos, que é uma das principais cidades da Macedônia, e que tem direitos de colônia romana. Passamos alguns dias nessa cidade.
13No sábado, saímos além da porta da cidade para um lugar junto ao rio, onde nos parecia haver oração. Sentados, começamos a falar com as mulheres que estavam aí reunidas. 14Uma delas chamava-se Lídia; era comerciante de púrpura, da cidade de Tiatira. Lídia acreditava em Deus e escutava com atenção. O Senhor abriu o seu coração para que aceitasse as palavras de Paulo.
15Após ter sido batizada, assim como toda a sua família, ela convidou-nos: “Se vós me considerais uma fiel do Senhor, permanecei em minha casa”. E forçou-nos a aceitar.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 149

          — O Senhor ama seu povo de verdade.
— O Senhor ama seu povo de verdade.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!

— Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória aos seus humildes.

— Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos, com louvores do Senhor em sua boca, eis a glória para todos os seus santos.

EVANGELHO:  Jo 15,26–16,4a

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
15,26“Quando vier o Defensor que eu vos mandarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim.
27E vós também dareis testemunho, porque estais comigo desde o começo. 16,1Eu vos disse estas coisas para que a vossa fé não seja abalada. 2Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que aquele que vos matar julgará estar prestando culto a Deus. 3Agirão assim, porque não conheceram o Pai, nem a mim. 4aEu vos digo isto, para que vos lembreis de que eu o disse, quando chegar a hora”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Oração Inicial
Hoje celebramos o dia de Santa Rita de Cássia, conhecida como a santa das causas impossíveis.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Quando, porém, vier o Defensor que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. E vós, também, dareis testemunho, porque estais comigo desde o começo.” Qual é a mensagem central do Evangelho? O que Jesus diz aos seus discípulos? Faça a leitura do texto quantas vezes julgar necessário, destaque as palavras que mais lhe chamaram atenção e procure identificar o tema central do Evangelho.

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? A meditação da Palavra nos possibilita ter um encontro profundo com Deus e seus ensinamentos. Coloque-se à disposição do Senhor e escute o que Ele tem a lhe dizer. Releia o texto e, quando se sentir tocado pela Palavra, escute a voz do Senhor.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste momento de oração, apresente-se ao Senhor com tudo que você tem e é. Recorde a Palavra meditada e reze pedindo a graça de vivê-la. Apresente a Deus seus louvores, intenções e preocupações sem medo, pois Ele está com você e o(a) escuta com amor e misericórdia.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? O que você experimentou da Palavra? Como gostaria de viver o dia de hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

LEITURA ORANTE

“A conversa se estende por mais um capítulo, preparando a partida de Jesus e o envio do Espírito. De fato, na próxima semana celebraremos a Ascensão de Jesus ao céu e logo depois a vinda do Espírito Santo, no quinquagésimo dia depois da Páscoa, na festa das colheitas ou de Pentecostes. Jesus promete o envio de um Defensor, o Espírito da Verdade, que procede do Pai e dá testemunho de Jesus. E nós também teremos que dar testemunho de Jesus quando nos for pedido, sobretudo nos momentos de incompreensão e de perseguição.
Contamos, porém, com um Defensor, um Paráclito, que vem do Pai e dá testemunho de Jesus. O amor que nos une a Jesus deveria ser suficiente para nos manter unidos. Infelizmente, a realidade não é assim, não só pelas provocações do Maligno e por nossa inclinação natural para o mal, mas também pela maneira humana de compreender as coisas. Não intuímos diretamente a verdade. Precisamos do raciocínio que caminha do que é sensível até as ideias abstratas, e aí nos perdemos e nos desentendemos. O Evangelho diz que o Espírito procede do Pai. Os latinos entenderam essa processão de um modo e os orientais de outro, o que levou à separação do Oriente e do Ocidente em 1054, cisma que até hoje perdura.”