Liturgia diária O Filho do Homem é Senhor também do sábado

2ª Semana Comum – Ano Litúrgico A

17 de janeiro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, ensina-me a ser fiel a ti, vivendo os Mandamentos, sem fanatismo, e sim com a liberdade de quem está em plena sintonia contigo.

PRIMEIRA LEITURA: Hb 6,10-20

Leitura da Carta aos Hebreus – Irmãos, 10Deus não é injusto, para esquecer aquilo que estais fazendo e a caridade que demons­trastes em seu nome, servindo e continuando a servir aos santos. 11Mas desejamos que cada um de vós mostre até o fim este mesmo empenho pela plena realização da esperança, 12para não serdes lentos à compreensão, mas imitadores daqueles que, pela fé e a perseverança, se tornam herdeiros das promessas.
13Pois quando Deus fez a promessa a Abraão, não havendo alguém maior por quem jurar, jurou por si mesmo, 14dizendo: “Eu te cumularei de bênçãos e te multiplicarei em grande número”. 15E assim, Abraão foi perseverante e alcançou a promessa.
16Os homens juram, de fato, por alguém mais importante, e a garantia do juramento põe fim a qualquer contestação. 17Por isso, querendo Deus mostrar, com mais firmeza, aos herdeiros da promessa, o caráter irrevogável da sua decisão, interveio com um juramento.
18Assim, por meio de dois atos irrevogáveis, nos quais não pode haver mentira por parte de Deus, encontramos profunda consolação, nós que tudo deixamos para conseguir a esperança proposta.
19A esperança, com efeito, é para nós qual âncora da vida, segura e firme, penetrando para além da cortina do santuário, 20aonde Jesus entrou por nós, como precursor, feito sumo sacerdote eterno na ordem de Melqui­sedec.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 110

          — O Senhor se lembra sempre da Aliança.
— O Senhor se lembra sempre da Aliança.

— Eu agradeço a Deus de todo o coração junto com todos os seus justos reunidos! Que grandiosas são as obras do Senhor, elas merecem todo o amor e admiração!

— O Senhor bom e clemente nos deixou a lembrança de suas grandes maravilhas. Ele dá o alimento aos que o temem e jamais esquecerá sua Aliança.

— Enviou libertação para o seu povo, confirmou sua Aliança para sempre. Seu nome é santo e é digno de respeito. Permaneça eternamente o seu louvor.

EVANGELHO: Mc 2,23-28

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

         23Jesus estava passando por uns campos de trigo, em dia de sábado. Seus discípulos começaram a arrancar espigas, enquanto caminhavam. 24Então os fari­seus disseram a Jesus: “Olha! Por que eles fazem em dia de sábado o que não é permitido?”
25Jesus lhes disse: “Por acaso, nunca lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando passaram necessidade e tiveram fome? 26Como ele entrou na casa de Deus, no tempo em que Abiatar era sumo sacerdote, comeu os pães oferecidos a Deus, e os deu também aos seus companheiros? No entanto, só aos sacerdotes é permitido comer esses pães”.
27E acrescentou: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem é senhor também do sábado”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Os discípulos de Jesus nem sempre observavam o sábado. Todos os dias são de Deus, mas o Senhor descansou no sábado. No sétimo dia, descansou de todas as obras que tinha feito. Jesus também descansou no sábado, e ressuscitou no primeiro dia da semana, chamado por isso de Dia do Senhor ou domingo. Ao ressuscitar no primeiro dia da semana, que é o oitavo depois do sétimo, quando toda a criação está realizada, Jesus santifica não um dia, mas a totalidade dos dias, porque sagrado não é o dia, e sim o ser humano para quem o dia foi feito.
Os cristãos vindos do judaísmo se perguntavam sobre como guardar o sábado e os que vinham do paganismo perguntavam se era preciso guardar o sábado. O sábado existe para a proteção do ser humano, por isso, guarda-se o sábado fazendo o bem aos outros. O sábado foi feito para o bem do ser humano, e não o contrário. Não é por ser Deus que Jesus é senhor do sábado. É por ser homem, o que faz de todo homem senhor do sábado. Jesus nos liberta do poder demoníaco não para nos subjugar com o poder religioso. Descanse no Dia do Senhor, reze, medite e faça o bem em favor de quem precisa.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje celebramos o dia de Santo Antão. Ao ouvir a Palavra de Cristo – “Se queres ser perfeito, vai, vende o que possuis e dá aos pobres” –, Antão se sentiu profundamente tocado, a ponto de se entregar à vida monástica para viver inteiramente em prol do Evangelho. Peçamos sua intercessão para que cada vez mais nos deixemos tocar pela Palavra de cristo, assim como ele. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Neste primeiro passo da leitura orante, é necessário fazer uma boa leitura do Evangelho, para compreendê-lo bem. Faça sua leitura com calma e destaque verbos, personagens e outros aspectos do texto que lhe chamam atenção. No Evangelho, os fariseus perguntam a Jesus por que seus discípulos fazem no dia de sábado o que não é permitido. O que Jesus responde? Qual é o tema central do Evangelho?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado.” Essa foi a resposta de Jesus aos fariseus. O que o Senhor disse a você por meio deste Evangelho? Que palavra Ele lhe direciona?

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça sua oração com bastante calma e aproxime-se de Deus Pai, Filho e Espírito Santo sem medo. Deixe-se conduzir pelo Senhor, sintetizando o que da Palavra ficou em você.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que compromisso você se dispõe a viver neste dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.