Liturgia diaria 04 de janeiro de 2016

Tempo do Natal depois da Epifania – Ano Litúrgico C

07 de janeiro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, conduz-me no caminho da conversão para que minha vida seja um dom a serviço dos irmãos.

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 3,22–4,6

Leitura da Primeira Carta de São João – Caríssimos: 22qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado. 23Este é o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, de acordo com o mandamento que ele nos deu.
24Quem guarda os seus mandamentos permanece com Deus e Deus permanece com ele. Que ele permanece conosco, sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu. 4,1Caríssimos, não acrediteis em qualquer espírito, mas examinai os espíritos para ver se são de Deus, pois muitos falsos profetas vieram ao mundo. 2Este é o critério para saber se uma inspiração vem de Deus: todo espírito que leva a professar que Jesus Cristo veio na carne é de Deus; 3e todo espírito que não professa a fé em Jesus não é de Deus; é o espírito do Anticristo. Ouvistes dizer que o Anticristo virá; pois bem, ele já está no mundo.
4Filhinhos, vós sois de Deus e vós vencestes o Anticristo. Pois convosco está quem é maior do que aquele que está no mundo. 5Os vossos adversários são do mundo; por isso, agem conforme o mundo, e o mundo lhes presta ouvidos.
6Nós somos de Deus. Quem conhece a Deus, escuta-nos; quem não é de Deus não nos escuta. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 2

— Eu te darei por tua herança os povos todos.
— Eu te darei por tua herança os povos todos.

— O decreto do Senhor promulgarei, foi assim que me falou o Senhor Deus: “Tu és o meu Filho, e eu hoje te gerei”!

— Podes pedir-me, e em resposta eu te darei por tua herança os povos todos e as nações, e há de ser a terra inteira o teu domínio.

— E agora, poderosos, en­tendei; soberanos, aprendei esta lição: Com temor servi a Deus, rendei-lhe glória e prestai-lhe homenagem com respeito!

EVANGELHO: Mt 4,12-17.23-25

        – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 12Ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galileia. 13Deixou Na­zaré e foi morar em Cafarnaum, que fica às margens do mar da Galileia, 14no território de Zabulon e Neftali, para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaías: 15“Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do rio Jordão, Galileia dos pagãos! 16O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz”.
17Daí em diante, Jesus começou a pregar, dizendo: “Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo”. 23Jesus andava por toda a Galileia, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo. 24E sua fama espalhou-se por toda a Síria. Levaram-lhe todos os doentes, que sofriam diversas enfermidades e tormentos: endemoninhados, epilépticos e paralíticos. E Jesus os curava. 25Numerosas multidões o seguiam, vindas da Galileia, da Decápole, de Jerusalém, da Judeia, e da região além do Jordão.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

João tinha sido preso, e para que o espaço deixado por ele não ficasse vazio, Jesus não vai a Jerusalém, mas para a Galileia, porta aberta para o mundo. Ele sai de Nazaré e vai morar em Cafarnaum, no território de Zabulon e Neftali, onde, no passado, o povo experimentara o peso da bota do invasor assírio. Isaías tinha visto uma luz de esperança brilhar naquelas paragens. Esta luz, dirá São Mateus, é Jesus. A profecia de Isaías se realiza quando Jesus sai de Nazaré e vai para Cafarnaum. Aí está a luz que brilha numa terra de trevas e morte. O Reino de Deus chegou. Jesus chegou. Doentes são curados, possessos são libertados. Convertam-se todos e sintam a alegria da luz do Senhor que dissipa as trevas da morte!

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
“Convertei-vos, pois o Reino dos Céus está próximo.” Esse é o convite que Jesus nos faz e a condição para sermos verdadeiros discípulos do Reino.
Oremos: “Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, conduz-me no caminho da conversão para que minha vida seja um dom a serviço dos irmãos”.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Como Jesus é apresentado no Evangelho de hoje? O que faz? Qual sua mensagem principal? Por quais regiões Ele passa, fazendo o bem e ensinando? Quem são as pessoas que vão ao encontro de Jesus? Qual a atitude de Jesus com essas pessoas?
“Depois da notícia da prisão de João Batista, o texto apresenta um sumário da atividade de Jesus, que foi morar em Cafarnaum, às margens do mar da Galileia. É como se, teologicamente falando, entrássemos numa nova fase da história. O apelo inicial da pregação de Jesus é a conversão. Se tomarmos Marcos como modelo, a conversão é crer no evangelho: ‘Convertei-vos e crede no evangelho’ (Mc 1,15). ‘Crer no evangelho’ pode ter, aqui, um duplo significado: é confiança na pessoa de Jesus que é, ele mesmo, a boa notícia de Deus para a humanidade e, ainda, fé na palavra que ele anuncia. Sem essa adesão não é possível a transformação da pessoa a partir do coração nem de sua dimensão ética. O nosso texto ressalta, ainda, dois aspectos fundamentais do ministério de Jesus: Ele ensina e proclama a Boa-Nova e ele cura. O v. 25 apresenta numa frase o sucesso inicial do ministério de Jesus” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Que força têm em sua vida as palavras de Jesus: “Convertei-vos, pois o Reino dos Céus está próximo”? Jesus era profundamente comprometido com o projeto do Pai. Qual sentido tem o projeto do Pai na sua vida de cristão batizado? Qual sua atitude para com os doentes, excluídos e marginalizados da sociedade?

Oração (Vida)
Momento de oração. Agradeça a riqueza da Palavra de Deus e os ensinamentos escondidos em cada palavra. Agradeça os convites, apelos e desafios que o Senhor o(a) convida a viver neste dia.
Rezemos: “Senhor Jesus, luz do mundo, obrigado(a) por sua Palavra, fonte de vida e de fé. Converte-me ao teu amor e ao serviço aos irmãos que tanto necessitam de tua Palavra. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
Contemple Jesus, suas atitudes, seus gestos, sua pregação… Repita como um refrão suas palavras: “Convertei-vos, pois o Reino dos Céus está próximo”. Proponha-se a viver hoje sua Palavra.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas