Liturgia diária, O Reino de Deus não vem ostensivamente - Lc 17,20-25

32ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

16 de novembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, abre meus olhos para que eu possa perceber, na pessoa e no ministério de Jesus, a presença de teu Reino na nossa História. E, reconhecendo-o, eu me deixe guiar por ele.

PRIMEIRA LEITURA: Sb 7,22-8,1

Leitura do Livro da Sabedoria

7>,22Na Sabedoria há um espírito inteligente, santo, único, múltiplo, sutil, móvel, perspicaz, imaculado, lúcido, invulnerável, amante do bem, penetrante, 23desimpedido, benfazejo, amigo dos homens, constante, seguro, sem inquietação, que tudo pode, que tudo supervisiona, que penetra todos os espíritos, os inteligentes, os puros, os mais sutis.
24Pois a Sabedoria é mais ágil que qualquer movimento, e atravessa e penetra tudo por causa da sua pureza. 25Ela é um sopro do poder de Deus, uma emanação pura da glória do todo-poderoso; por isso, nada de impuro pode introduzir-se nela: 26ela é um reflexo da luz eterna, espelho sem mancha da atividade de Deus e imagem da sua bondade. 27Sendo única, tudo pode; permanecendo imutável, renova tudo; e comunicando-se às almas santas de geração em geração, forma os amigos de Deus e os profetas. 28Pois Deus ama tão-somente aquele que vive com a Sabedoria. 29De fato, ela é mais bela que o sol e supera todas as constelações; comparada à luz, ela tem a primazia: 30pois a luz cede lugar à noite, ao passo que, contra a Sabedoria, o mal não prevalece. 8,1Ela se estende com vigor de uma extremidade à outra da terra e com suavidade governa todas as coisas.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 119

          — É eterna, ó Senhor, vossa palavra!
— É eterna, ó Senhor, vossa palavra!

— É eterna, ó Senhor, vossa palavra, ela é tão firme e estável quanto o céu.

— De geração em geração, vossa verdade permanece como a terra que firmastes.

— Porque mandastes, tudo existe até agora; todas as coisas, ó Senhor, vos obedecem!

— Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.

— Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, e ensinai-me vossas leis e mandamentos!

— Possa eu viver e para sempre vos louvar; e que me ajudem, ó Senhor, vossos conselhos!

EVANGELHO: Lc 17,20-25

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20os fariseus perguntaram a Jesus sobre o momento em que chegaria o Reino de Deus. Jesus respondeu: “O Reino de Deus não vem ostensivamente. 21Nem se poderá dizer: ‘Está aqui’ ou ‘Está ali’, porque o Reino de Deus está entre vós”.
22E Jesus disse aos discípulos: “Dias virão em que desejareis ver um só dia do Filho do Homem e não podereis ver. 23As pessoas vos dirão: ‘Ele está ali’ ou ‘Ele está aqui’. Não deveis ir, nem correr atrás. 24Pois, como o relâmpago brilha de um lado até o outro do céu, assim também será o Filho do Homem, no seu dia. 25Antes, porém, ele deverá sofrer muito e ser rejeitado por esta geração”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

O Reino de Deus está no meio de vós, está dentro de vós, está mais perto do que se imagina. O Reino não vem ostensivamente, não é observável, não é um fenômeno social que acontece e pode ser analisado. Ele é parecido e comparado com muita coisa, embora nunca se diga o que ele é de fato. A expressão “Reino de Deus” era conhecida dos judeus e, sem muita interpretação, significava o mundo como Deus quis, como Deus pensou ao criá-lo. Entre nós se fala de um mundo restaurado por Cristo. Todas as comparações indicam que o Reino está acontecendo com força própria. Nossa experiência do Reino de Deus no dia do Filho do Homem será como um relâmpago à nossa vista. A visão do fim é um convite para uma vida simples no dia a dia, marcada pela morte e ressurreição de Jesus, em fraternidade despretensiosa, sem correr atrás do extraordinário, do miraculoso, de grandes manifestações do poder de Deus. Os discípulos de Jesus não podem cair na tentação de querer que o Reino se manifeste ostensivamente. Para que o Reino aconteça, Jesus aceitou o sofrimento e morreu na cruz, e continua morrendo e ressuscitando dia após dia em todas as pessoas neste nosso mundo.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No Evangelho de hoje, Jesus nos lembra de que o Reino de Deus está no meio de nós. Jesus mesmo é o Reino de Deus. Peçamos ao Espírito Santo a graça de acolher sua Palavra e deixemo-nos conduzir por ela. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário, destaque os verbos que surgem durante a narrativa e identifique seu contexto. Qual ensinamento Jesus nos transmite ao afirmar: “O Reino de Deus não vem ostensivamente” e “O Reino de Deus está no meio de vós”?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Procure um lugar reservado e silencioso para fazer sua meditação a partir do Evangelho. Qual é a sua compreensão do Reino de Deus? Você identifica os sinais do Reino em nosso meio? Qual convite a Palavra lhe faz hoje?

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Para rezar melhor, procure um lugar silencioso. É o próprio Jesus quem diz que o Reino de Deus está no meio de nós. Ao fazer a sua oração, tenha a certeza de que Deus ouve nossas preces. Apresente a Ele suas intenções e pedidos.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Sintetize em poucas palavras o apelo que o Evangelho de hoje despertou em seu coração, para colocá-lo em prática durante o dia. O que você se propõe a viver? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.