Oração diária, Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus - Lc 2,16-21

Santa Maria, Mãe de Deus – Ano Litúrgico C

01 de janeiro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

texto

PRIMEIRA LEITURA: Nm 6,22-27

Leitura do Livro dos Números – 22O Senhor falou a Moisés, dizendo: 23“Fala a Aarão e a seus filhos: Ao abençoar os filhos de Israel, dizei-lhes: 24‘O Senhor te abençoe e te guarde! 25O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face, e se compadeça de ti! 26O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz!’
27Assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei”.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 66

          — Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção. 
— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção,/ e sua face resplandeça sobre nós!/ Que na terra se conheça o seu caminho/ e a sua salvação por entre os povos. 

— Exulte de alegria a terra inteira,/ pois julgais o universo com justiça;/ os povos governais com retidão,/ e guiais, em toda a terra, as nações. 

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor,/ que todas as nações vos glorifiquem!/ Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe,/ e o respeitem os confins de toda a terra! 

SEGUNDA LEITURA: Gl 4,4-7


Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas – Irmãos: 4Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sujeito à Lei, 5a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei e para que todos recebêssemos a filiação adotiva. 
6E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: Abá — ó Pai!
7Assim, já não és escravo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro: tudo isso por graça de Deus.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

EVANGELHO: Lc 2,16-21

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
          – Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

        Naquele tempo, 16os pastores foram às pressas a Belém e encontraram Maria e José, e o recém-nascido deitado na manjedoura.
17Tendo-o visto, contaram o que lhes fora dito sobre o menino. 18E todos os que ouviram os pastores ficaram maravilhados com aquilo que contavam. 
19Quanto a Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração. 
20Os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo que tinham visto e ouvido, conforme lhes tinha sido dito. 21Quando se completaram os oito dias para a circuncisão do menino, deram-lhe o nome de Jesus, como fora chamado pelo anjo antes de ser concebido. 

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Que a bênção de Aarão, que se encontra no Livro dos Números, caia sobre todos vocês e permaneça ao longo de todo o ano que estamos começando: “Que o Senhor te abençoe e te guarde; que o brilho de sua face te ilumine, que ele se compadeça de ti, olhe para ti e te dê a sua paz”. No calendário civil, estamos iniciando um ano novo. No calendário litúrgico, estamos no Tempo do Natal, na semana da Sagrada Família, no dia em que veneramos a Mãe dessa Família Sagrada com o título de Mãe de Deus. O Evangelho de hoje nos lembra de que Maria guardava e meditava em seu coração tudo o que estava acontecendo com o Menino recém-nascido. E lembra também que o Menino, que hoje é circuncidado e recebe o nome de Jesus, foi concebido no ventre da Mãe. O Filho de Deus encarnado nasce de Maria. Ele, Verdadeiro Deus, é também filho verdadeiro de sua Mãe, em cujo seio se formou o seu corpo. Paulo, na carta aos Gálatas, afirma que Jesus nasceu de uma mulher, debaixo da Lei de Moisés. Nasceu, pois, de Maria, sua Mãe, no meio do povo dos judeus.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Nesta solenidade da Santa Mãe de Deus, o Evangelho nos convida a contemplar a presença de Maria na história da salvação, aquela que disse “sim” ao projeto de Deus e nos deu Jesus.
Oremos: “Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, ajuda-me a reconhecer e querer a vontade de Deus, assim como Maria”.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Quem são os personagens que a narrativa apresenta? Como reagem diante da Boa Notícia da Salvação?
“Começar um novo ano civil é uma grande graça; é a oportunidade de, com olhar fixo no Senhor, nascido para a nossa Salvação, podermos ser iluminados por sua gloriosa ressurreição. É preciso manter viva a certeza de que o Senhor está sempre próximo, presente no meio de nós, mesmo quando não o sentimos sensivelmente. Por isso, para nós cristãos, o tempo e a história humana são espaços de buscar e encontrar Deus, espaço do nosso testemunho de fé. Nossa história, marcada por luzes e sombras, é o lugar em que se manifesta a bênção de Deus, a saber, Nosso Senhor Jesus Cristo. É essa bênção que encheu o coração dos pastores de Belém de intensa alegria e os fez correr até a gruta onde se encontrava o menino Jesus, deitado na manjedoura, amparado por Maria e José, mulher e homem totalmente entregues à vontade de Deus. A ‘grande alegria’ experimentada pelos pastores sinaliza o dom oferecido a todo ser humano, pois ninguém, como afirma o Papa Francisco em sua Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, está excluído da alegria da salvação trazida pelo Senhor (cf. EG, 3)” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Como você reage diante da Boa Notícia da salvação? Como percebe a ação de Deus em seu cotidiano? Quem são os destinatários da missão de Jesus?
“Os pastores retiraram-se, louvando e glorificando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido.” Depois que encontram Jesus, o Salvador, os pastores certamente tiveram sua vida transformada. Foram marcados pela alegria, pelo louvor e pela esperança. Como Maria, também guardaram todas as coisas no coração. Os acontecimentos da vida de Jesus, o Filho de Maria, devem marcar nossa vida e nos impulsionar para sermos testemunhas e anunciadores do seu Reino.

Oração (Vida)
Com o papa Francisco, eleve uma prece à Virgem Maria para que o(a) ajude a dizer “sim” ao projeto do Pai.
“Virgem e Mãe Maria, vós que, movida pelo Espírito, acolhestes o Verbo da vida na profundidade da vossa fé humilde, totalmente entregue ao Eterno, ajudai-nos a dizer o nosso ‘sim’ perante a urgência, mais imperiosa do que nunca, de fazer ressoar a Boa Nova de Jesus. Vós, cheia da presença de Cristo, levastes a alegria a João, o Batista, fazendo-o exultar no seio de sua mãe. Vós, estremecendo de alegria, cantastes as maravilhas do Senhor. Vós, que permanecestes firme diante da Cruz com uma fé inabalável e recebestes a jubilosa consolação da ressurreição, reunistes os discípulos à espera do Espírito para que nascesse a Igreja evangelizadora. Alcançai-nos, agora, um novo ardor de ressuscitados para levar a todos o Evangelho da vida que vence a morte. Dai-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Vós, Virgem da escuta e da contemplação, Mãe do amor, esposa das núpcias eternas, intercedei pela Igreja, da qual sois o ícone puríssimo, para que ela nunca se feche nem se detenha na sua paixão por instaurar o Reino. Estrela da nova evangelização, ajudai-nos a refulgir com o testemunho da comunhão, do serviço, da fé ardente e generosa, da justiça e do amor aos pobres, para que a alegria do Evangelho chegue até aos confins da terra e nenhuma periferia fique privada da sua luz. Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, rogai por nós. Amém. Aleluia!” (Oração extraída da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium).

Contemplação (Vida e Missão)
Reflita sobre a palavra ou frase que tocou mais profundamente seu coração. Contemple o mistério de Jesus e o “sim” de Maria. O que a Palavra de Deus o(a) motiva a viver hoje?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas