Oração diária Ouve a Palavra de Deus e a põem em prática

27ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

08 de outubro de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me a graça de compreender sempre mais que a grandeza de Maria consistiu em ser fiel à tua Palavra acolhida e posta em prática com generosidade sem limites

PRIMEIRA LEITURA:  Gl 3,22-29

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas – Irmãos, 22a Escritura pôs todos e tudo sob o jugo do pecado, a fim de que, pela fé em Jesus Cristo, se cumprisse a promessa em favor dos que creem. 23Antes que se inaugurasse o regime da fé, nós éramos guardados, como prisioneiros, sob o jugo da Lei. Éramos guardados para o regime da fé, que estava para ser revelado. 24Assim, a Lei foi como um pedagogo que nos conduziu até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé. 25Mas, uma vez inaugurado o regime pela fé, já não estamos na dependência desse pedagogo. 26Com efeito, vós todos sois filhos de Deus pela fé em Jesus Cristo. 27Vós todos que fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo. 28O que vale não é mais ser judeu nem grego, nem escravo nem livre, nem homem nem mulher, pois todos vós sois um só, em Jesus Cristo. 29Sendo de Cristo, sois então descendência de Abraão, herdeiros segundo a promessa. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 104

          — O Senhor se lembra sempre da Aliança!
— O Senhor se lembra sempre da Aliança!

— Cantai, entoai salmos para ele, publicai todas as suas maravilhas! Gloriai-vos em seu nome que é santo, exulte o coração que busca a Deus!

— Procurai o Senhor Deus e seu poder, buscai constantemente a sua face! Lembrai as maravilhas que ele fez, seus prodígios e as palavras de seus lábios!

— Descendentes de Abraão, seu servidor, e filhos de Jacó, seu escolhido, ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, vigoram suas leis em toda a terra.

EVANGELHO: Lc 11,27-28

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 27enquanto Jesus falava, uma mulher levantou a voz no meio da multidão e lhe disse: “Feliz o ventre que te trouxe e os seios que te amamentaram”. 28Jesus respondeu: “Muito mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Jesus estava ensinando quando uma mulher gritou do meio da multidão e fez um grande elogio à sua mãe: Feliz o ventre que te trouxe e os seios que te amamentaram. Bela expressão de estilo bem oriental. Como sua mãe deve estar contente e deve estar feliz por ter um filho como você! Mais uma vez, Jesus elogia sua mãe dizendo que ela é a mulher que ouve a Palavra de Deus e a põe em prática. Por isso ela pode ser considerada feliz, e de fato o é. Não se trata apenas de vontade pessoal de quem ouve e quer praticar. Ouvimos sempre. Quantas coisas nos dizem desde a infância: faça isso, não faça aquilo. O primeiro passo é sempre graça de Deus. Maria é cheia de graça. Pode dar muitos passos. A graça nos é dada sem tolher a liberdade. Há uma sensibilidade muito grande da mãe em relação ao filho, e não é para menos. Ela está sempre atenta, sobretudo com os mais problemáticos, e sofre em silêncio. Sofre também quando não recebe a atenção que espera. O filho tem tarefas, o filho tem missão. Há um grupo que o cerca. São seus íntimos que com ele trabalham. E há os outros, a multidão. E o que dizem, e os perigos. Não volta para casa, não tem tempo para comer. Os discípulos tinham dificuldade de compreender o que Jesus lhes dizia. Maria, com seus parentes indo atrás de Jesus, chamando-o à razão, considerando-o louco, o que pensava Maria de tudo isso? O que sentia como mãe? Feliz o ventre que te trouxe, feliz a um bom preço. Não foi fácil para Maria ser mãe de Jesus. O elogio a Maria foi motivado pelo encanto das palavras de Jesus.

LEITURA ORANTE

Preparo-me para a Leitura Orante, rezando com todos os internautas que se encontram junto à Palavra neste instante:
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Agradeço-te, meu Deus,
porque me chamaste,
tirando-me das minhas ocupações do dia-a-dia,
muitas vezes difíceis e pesadas,
para aqui me encontrar contigo.
Dispõe o meu coração na paz e na humildade
para poder ser por ti encontrado/a
e ouvir a tua Palavra.

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na minha Bíblia, o texto: Lc 11,27-28.
A felicidade e a glória da mulher israelita, segundo a tradição, fundamentam-se no filho. Jesus, no entanto, valoriza de outro modo a glória do homem e da mulher. Esta está no conhecimento e na vivência da Palavra. Felizes os que “ouvem” a Palavra. “Ouvir” aqui ultrapassa a simples audição. Significa recebê-la, aceitá-la e praticá-la.

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Para seguir Jesus preciso também ouvir e praticar a Palavra.
Os bispos, em Aparecida, falaram das características do discípulo de Jesus Cristo:
“Como características do discípulo, indicadas pela iniciação cristã, destacamos: que ele tenha como centro a pessoa de Jesus Cristo, nosso Salvador e plenitude de nossa humanidade, fonte de toda maturidade humana e cristã; que tenha o espírito de oração, seja amante da Palavra.” (DAp, 292).

3. Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo com a
Ave Maria…

4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar, ouvir, viver e levar a Palavra a outras pessoas, ajudando-as a descobrir Deus na natureza e na valorização da vida.

Bênção
– Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. –
– Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém