Liturgia diária, Atitude de Herodes - Lc 9,7-9

25ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

26 de setembro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, diversamente dos inimigos de Jesus, quero conhecer a identidade e a missão de teu Filho, pois é por ele que me guiarei para ser fiel a ti.

PRIMEIRA LEITURA: Ag 1,1-8

Leitura do – Naqueles dias, 1No segundo ano do reinado de Dario, no primeiro dia do sexto mês, a palavra do Senhor foi dirigida pelo profeta Ageu ao governador de Judá, Zorobabel, filho de Salatiel, e ao sumo sacerdote Josué, filho de Josedec, nestes termos: 2Eis o que diz o Senhor dos exércitos: este povo diz: não é ainda chegado o momento de reconstruir a casa do Senhor. 3E a palavra do Senhor foi transmitida pelo profeta Ageu: 4É então o momento de habitardes em casas confortáveis, estando esta casa em ruínas? Eis o que declara o Senhor dos exércitos: 5considerai o que fazeis! 6Semeais muito e recolheis pouco; comeis e não vos saciais; bebeis e não chegais a apagar a vossa sede; vestis, mas não vos aqueceis; e o operário guarda o seu salário em saco roto! 7Assim fala o Senhor dos exércitos: refleti no que fazeis! 8Subi a montanha, trazei madeira e reconstruí a minha casa; ela me será agradável e nela serei glorificado

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 149

          — O Senhor ama seu povo de verdade.
— O Senhor ama seu povo de verdade.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, e o seu louvor na assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei!

— Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória os seus humildes.

— Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos; com louvores do Senhor em sua boca; eis a glória para todos os seus santos.

EVANGELHO: Lc 9,7-9

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7O tetrarca Herodes ouviu falar de tudo o que Jesus fazia e ficou perplexo. Uns diziam: É João que ressurgiu dos mortos; outros: É Elias que apareceu; 8e ainda outros: É um dos antigos profetas que ressuscitou. 9Mas Herodes dizia: Eu degolei João. Quem é, pois, este, de quem ouço tais coisas? E procurava ocasião de vê-lo.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Houve um rei, chamado Herodes o Grande, que se encontrou com os Reis Magos e mandou matar as crianças de Belém. Seu filho, Herodes Antipas, mandou matar São João Batista. Outro Herodes, chamado Agripa, mandou matar São Tiago Maior, irmão de São João Evangelista, e mandou prender São Pedro. Herodes Antipas procurava ver Jesus. Ele o verá por ocasião da prisão de Jesus. Quando soube que Jesus vinha da Galileia, Pilatos enviou Jesus a Herodes, que estava em Jerusalém. São Lucas escreve que “vendo Jesus, Herodes ficou muito contente; havia muito tempo que queria vê-lo, pelo que ouvia dizer dele; e esperava ver algum milagre feito por ele”. Jesus não deu nenhuma resposta às perguntas feitas por Herodes. O rei, então, zombou de Jesus, vestiu-o com uma veste de gala e o devolveu a Pilatos. Não estava interessado na pessoa de Jesus. Queria ver o espetáculo de algum milagre feito por Jesus. Jesus deve ser buscado por ser o Salvador, por ser o Filho de Deus misericordioso, por ser manso e humilde de coração. É possível e aceitável que o primeiro encontro com ele se dê num espetáculo, numa reunião cantante, movimentada e entusiasmante. É o que chamamos de querigma. Depois vem a catequese e depois a mistagogia. O primeiro encontro é aprofundado na reflexão e celebrado no silêncio da contemplação. Procurar ver Jesus e aprofundar a visão.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Na escuta, meditação e contemplação da Palavra de Deus, acolhamos o Senhor que fala ao nosso coração. Ele se dá a conhecer e encontrar por aqueles que estão abertos ao mistério de Deus.
Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? De quais acontecimentos Herodes teria ouvido falar? Por que Herodes identifica Jesus com João Batista? Qual é a relação entre eles? Quem é João Batista? Qual é o motivo da morte de João Batista?
“Toda a primeira parte do evangelho de Lucas (4,14–9,50) é perpassada pela pergunta sobre a identidade de Jesus. Nessa parte do evangelho, a contar do discurso inaugural e programático na sinagoga de Nazaré, a resposta é que Jesus é um verdadeiro profeta (7,16.39). Herodes, tido como malfeitor pelo próprio evangelista (3,19-20), se pergunta quem é Jesus. Ele nunca havia se encontrado com Jesus, o que acontecerá somente durante a paixão. A fama de Jesus se espalhava por todas as regiões, e as opiniões a respeito dele eram as mais variadas. A visão de Herodes é exterior, pois ele simplesmente ouvira falar de tudo o que Jesus fazia (v. 7), e suas considerações estão presas ao passado. O seu interesse de ver Jesus não passa de curiosidade. Mais adiante, no relato da paixão, o evangelista observa que Herodes ficou muito contente de ver Jesus, pois esperava ver algum milagre realizado por ele (Lc 23,8). Diante de um homem com tal pretensão e maldade, Jesus não pronunciou nenhuma palavra sequer. Onde não há sinceridade nem amor pela verdade, somente o silêncio é a atitude adequada. A incredulidade fecha o coração do homem ao mistério de Deus. Para Herodes, a identidade de Jesus permanecerá um enigma, pois para conhecê-la é preciso fé, uma vez que tal conhecimento só é possível por revelação de Deus” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
“Herodes procurava ver Jesus. Ora, a pergunta é: para quê? Havia quem quisesse ver Jesus por curiosidade; outros, por interesses diversos; outros, ainda, para tornarem-se seguidores. No caso de Herodes, Jesus se constituía numa ameaça. Atormentado pelo assassinato de João Batista, Herodes ficou com medo de ele ter ressuscitado dos mortos. A curiosidade de Herodes em saber quem era Jesus não passava disso. Para um verdadeiro encontro com Jesus é preciso ter fé. Isso Herodes não tinha. O que Herodes não sabia era que João Batista fora apenas o precursor de Jesus. Apenas preparou o caminho do Senhor. E agora o próprio Jesus Cristo se apresenta e causa o mesmo alvoroço que João” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O que você deseja dizer ao Senhor neste momento de oração?

Contemplação (Vida e Missão)
Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver hoje? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas