Liturgia diária Salvar ou perder a vida? - Lc 9,22-25

Quinta-feira depois das Cinzas – Ano Litúrgico A

02 de março de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me a graça de entregar-me totalmente ao serviço do Reino, sem esperar outra recompensa além de saber-me amado por ti.

PRIMEIRA LEITURA:  Dt 30,15-20

Leitura do Livro do Deuteronômio – Moisés falou ao povo dizendo: 15“Vê que eu hoje te proponho a vida e a felicidade, a morte e a desgraça. 16Se obede­cerdes aos preceitos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, amando ao Senhor teu Deus, seguindo seus caminhos e guardando seus mandamentos, suas leis e seus decretos, viverás e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que vais entrar, para possuí-la.
17Se, porém, o teu coração se desviar e não quiseres escutar, e se, deixando-te levar pelo erro, adorares deuses estranhos e os servires, 18eu vos anuncio hoje que certamente perecereis. Não vivereis muito tempo na terra onde ides entrar, depois de atravessar o Jordão, para ocupá-la.
19Tomo hoje o céu e a terra como testemunhas contra vós, de que vos propus a vida e a morte, a bênção e a maldição. Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e teus descendentes, 20amando ao Senhor teu Deus, obedecendo à sua voz e apegando-te a ele – pois ele é a tua vida e prolonga os teus dias a fim de que habites na terra que o Senhor jurou dar aos teus pais Abraão, Isaac e Jacó”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 1

          — É feliz quem a Deus se confia!
— É feliz quem a Deus se confia!

— Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados, nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar.

— Eis que ele é semelhante a uma árvore, que à beira da torrente está plantada; ela sempre dá seus frutos a seu tempo, e jamais as suas folhas vão murchar. Eis que tudo o que ele faz vai prosperar.

— Mas bem outra é a sorte dos perversos. Ao contrário, são iguais à palha seca espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, mas a estrada dos malvados leva à morte.

EVANGELHO:  Lc 9,22-25

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
22“O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia”.
23Depois Jesus disse a todos: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia, e siga-me. 24Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará.
25Com efeito, de que adianta a um homem ganhar o mundo inteiro, se se perde e se destrói a si mesmo?

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Começamos a caminhada quaresmal renunciando a nós mesmos, carregando a cruz e seguindo Jesus. Se tivermos que perder alguma coisa, e até a vida, será por causa dele. Assim salvaremos a nossa vida que vale mais do que o mundo todo. Disto sabe o demônio que ofereceu a Jesus o mundo inteiro em troca da sua vida. Convidou Jesus a prostrar-se e adorá-lo, isto é, convidou a entregar-se a ele, a entregar-lhe a própria vida em troca do mundo inteiro. Perca, se quiser, a sua vida, mas não pelo poder e o prazer, e sim por causa de Cristo, e você a salvará. As práticas quaresmais são exercícios para não arruinarmos a nossa vida. Abrem a inteligência e fortificam a vontade. Com a inteligência você vê, com a vontade você decide. O que parece sofrimento, e parece rejeição, e parece morte, na realidade se torna ressurreição.
Moisés colocou diante do povo a vida e a felicidade, a morte e a infelicidade, e insistiu: “Escolhe a vida, para que vivas tu e a tua descendência, amando o Senhor teu Deus, escutando a sua voz e aderindo a ele”. Os judeus desenvolveram a espiritualidade da expressão “aderir a ele”, que significa literalmente “colar-se a ele”, como uma proposta de união mística, vivida em todos os momentos da existência. Duas vidas coladas, a de Deus e a sua.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Iniciemos a nossa oração lembrando nossos irmãos cristãos perseguidos por causa de sua fé em Jesus Cristo. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Ó Divino Espírito Santo, enchei nosso coração com vosso amor”.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário, destacando os verbos e os personagens que mais lhe chamam atenção. Recorde outros textos que possam ajudá-lo(a) na compreensão deste. Para identificar o tema central do Evangelho, considere bem o sentido de cada frase.

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Que palavra ou versículo o Senhor direciona a você? Tente, com essa Palavra, alargar sua visão, permitindo que ela ilumine a sua vida.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Por meio da oração, falamos diretamente ao coração de Deus. Ao se aproximar do Senhor, não tenha medo de abrir seu coração e dizer-lhe o que sente. Apresente a Deus as suas intenções e suas preocupações.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.