Oração diária, Santos Inocentes - Mt 2,13-18

Oitava do Natal – Ano Litúrgico B

28 de dezembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, sê o guia de minha caminhada, livrando-me de todas as ciladas do mal, e conservando-me incólume para o teu santo serviço.

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 1,5-2,2

Leitura da Primara Carta de São João 5Caríssimos, a mensagem que ouvimos de Jesus Cristo e vos anunciamos é esta: Deus é luz e nele não há trevas. 6Se dissermos que estamos em comunhão com ele, mas andamos nas trevas, estamos mentindo e não nos guiamos pela verdade. 7Mas, se andamos na luz, como ele está na luz, então estamos em comunhão uns com os outros, e o sangue de seu Filho Jesus nos purifica de todo pecado.
8Se dissermos que não temos pecado estamo-nos enganando a nós mesmos, e a verdade não está dentro de nós. 9Se reconhecermos nossos pecados, então Deus se mostra fiel e justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda culpa. 10Se dissermos que nunca pecamos, fazemos dele um mentiroso e sua palavra não está dentro de nós. 2,1Meus filhinhos, escrevo isto para que não pequeis. No entanto, se alguém pecar, temos junto do Pai um Defensor: Jesus Cristo, o Justo. 2Ele é a vítima de expiação pelos nossos pecados, e não só pelos nossos, mas também pelos pecados do mundo inteiro.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 124

          — Nossa alma como um pássaro escapou do laço que lhe armara o caçador.
— Nossa alma como um pássaro escapou do laço que lhe armara o caçador.

— Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, quando os homens investiram contra nós, com certeza nos teriam devorado no furor de sua ira contra nós.

— Então as águas nos teriam submergido, a correnteza nos teria arrastado, e então, por sobre nós teriam passado essas águas sempre mais impetuosas.

— O laço arrebentou-se de repente, e assim nós conseguimos libertar-nos. O nosso auxílio está no nome do Senhor, do Senhor que fez o céu e fez a terra.

EVANGELHO: Mt 2,13-18

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

13Depois que os magos partiram, o Anjo do Senhor apareceu em sonho a José e lhe disse: “Levanta-te, pega o menino e sua mãe e foge para o Egito! Fica lá até que eu te avise! Porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo”. 14José levantou-se de noite, pegou o menino e sua mãe, e partiu para o Egito. 15Ali ficou até a morte de Herodes, para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Do Egito chamei o meu Filho”. 16Quando Herodes percebeu que os magos o haviam enganado, ficou muito furioso. Mandou matar todos os meninos de Belém e de todo o território vizinho, de dois anos para baixo, exatamente conforme o tempo indicado pelos magos. 17Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias: 18“Ouviu-se um grito em Ramá, choro e grande lamento: é Raquel que chora seus filhos, e não quer ser consolada, porque eles não existem mais”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Por causa do menino recém-nascido, muitas crianças foram sacrificadas em Belém por Herodes, o único que teve medo de uma criança. Como passarinhos, foram libertados da armadilha e voaram para o céu. Segundo o relato bíblico, José, advertido em sonho, saiu de Belém para proteger o menino Jesus. Desconhecia as intenções de Herodes, que, pretendendo matar o Messias recém-nascido, ordenou a morte das crianças de Belém com menos de dois anos. Assim, segundo o evangelista São Mateus, se realizava a profecia de Jeremias sobre Raquel que chora seus filhos mortos. Raquel, esposa de Jacó, mãe de José e de Benjamim, morreu ao dar à luz Benjamim na entrada de Belém, onde ainda se encontra o seu túmulo. Quem morreu foi Raquel, e não seu filho Benjamim. O profeta Jeremias se referia ao exílio, também relacionado com Ramá. Aqui não são os fatos que importam, mas as palavras que lembram morte e dor. Raquel chora os Santos Inocentes que já não existem.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje recordamos na liturgia os Santos Inocentes, as crianças assassinadas por Herodes. Iniciemos nossa oração e peçamos ao Espírito Santo que nos ajude a compreender o que é viver o amor de Deus, assim como o próprio Jesus nos ensinou.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito! Fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo.” Essa foi a recomendação do anjo de Deus a José, para que assim pudesse salvar a vida do Menino Jesus, que Herodes queria matar. Faça a leitura atenta do Evangelho e detenha-se nos elementos da narrativa que mais lhe chamaram atenção. Quais personagens aparecem no texto? Qual é o seu tema central?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Faça uma nova leitura do Evangelho e escute o que o Senhor tem a lhe dizer por meio dele. Permita que a Palavra o(a) leve a um encontro com Deus e, meditando, escute o Senhor.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Aproxime-se do Senhor com todo o seu ser e faça a sua oração. Deus, Pai de amor e bondade, quer que você se sinta livre para contar-lhe como está e do que precisa. Reze com o Senhor e apresente-lhe sua realidade e suas necessidades.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Qual palavra do Evangelho de hoje permanece em seu coração?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.