Oração diária, São João Evangelista - Jo 20,2-8

São João, Apóstolo e Evangelista, festa – Ano Litúrgico C

27 de dezembro de 2018

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Jesus, quero viver a experiência de ser amado por ti, a ponto de toda minha existência ser plasmada e transformada por tua presença em mim.

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 1,1-4

Leitura da Primeira Carta de São João – 1Caríssimos, o que era desde o princípio, o que nós ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos tocaram da Palavra da Vida – 2de fato, a Vida manifestou-se e nós a vimos, e somos testemunhas, e a vós anunciamos a Vida eterna, que estava junto do Pai e que se tornou visível para nós –; 3isso que vimos e ouvimos, nós vos anunciamos, para que estejais em comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo. 4Nós vos escrevemos estas coisas para que a nossa alegria fique completa.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 96

— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!

— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.

— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.

— Uma luz já se levanta para os justos, e a alegria, para os retos corações. Homens justos, alegrai-vos no Senhor, celebrai e bendizei seu Santo nome!

EVANGELHO: Jo 20,2-8

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

No primeiro dia da semana, 2Maria Madalena saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. 6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

A Tradição identifica João com o Discípulo Amado e atribui a ele o Quarto Evangelho, que é o Evangelho do Discípulo. Quando foram verificar o que tinha acontecido no sepulcro de Jesus, Pedro e o Discípulo correm juntos, mas o Discípulo chega primeiro. Não entra, por respeito a Pedro, o mais velho e o primeiro dos apóstolos, mas, diz o texto, quem vê e crê é o discípulo. O discípulo é aquele que vê o invisível e acredita. O túmulo estava vazio. É claro que Pedro também acreditou, mas o evangelista quer destacar em primeiro lugar a importância de ser discípulo. A disposição de seguir o mestre é própria dos discípulos. Por isso, a última palavra de Jesus a Pedro neste Evangelho será “segue-me”. A comunidade joanina é marcada pela ideia do discipulado. São João foi apóstolo e compreendeu que o apóstolo não é maior do que o mestre. O túmulo de São João está nas ruínas de uma basílica cristã em Éfeso. Sempre segundo a Tradição, ele evangelizou aquela região da Ásia Menor e teve Policarpo, bispo de Esmirna, como seu discípulo.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje a festa é de São João, apóstolo e evangelista. Quando ouviu João Batista dizer “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, ele seguiu Jesus e nunca mais o perdeu de vista. Tenhamos João como modelo de seguimento de Jesus Cristo, e que a luz do Espírito Santo nos ilumine.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Qual é o contexto da narrativa? Sobre qual assunto discutem os personagens? Releia o texto, destaque os verbos e os personagens que aparecem na narrativa e procure identificar o tema central do Evangelho.
“Os relatos da aparição do Ressuscitado não têm por finalidade informar como Jesus Cristo ressuscitou, mas simplesmente comunicar o itinerário espiritual pelo qual os discípulos experimentaram que Jesus, ressuscitado dos mortos, estava presente no meio deles. No primeiro dia da semana, ainda de madrugada, quando é difícil ver com clareza, Maria Madalena, uma das discípulas de Jesus (cf. Lc 8,1-3), foi ao lugar onde Jesus havia sido sepultado (Jo 19,38-42). Vendo a pedra da entrada do sepulcro retirada, concluiu com desespero que, talvez, tivessem roubado o corpo de Jesus. É o que ela, cheia de assombro, vai dizer a Simão Pedro e ao discípulo que Jesus amava. Os dois correm na direção do túmulo. O discípulo que Jesus amava corre mais depressa, chegando primeiro, mas não entra, pois a precedência é de Simão Pedro. De fato, o corpo de Jesus não estava lá, somente os panos que envolveram o seu corpo sem vida. Mas o túmulo vazio não é a prova da ressurreição. O evangelista não observa que Simão creu. Ele o dirá do outro discípulo que entrou depois: ‘ele viu e creu’. Os sinais da ressurreição de Cristo não são evidentes; eles precisam ser sempre discernidos” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você, hoje? Qual palavra do Evangelho encontrou sintonia com sua vida, com suas atitudes? Quais sentimentos o texto despertou em você? Permaneça em silêncio por alguns instantes e procure sintetizar em poucas palavras o apelo que a Palavra de Deus lhe faz hoje.

Oração (Vida)
Momento de oração. Agradeça a riqueza da Palavra de Deus e os ensinamentos escondidos em cada palavra. Agradeça os convites, apelos, desafios que o Senhor o(a) convida a viver neste dia. Aproxime-se do Senhor e entregue a Ele sua vida e suas intenções.

Contemplação (Vida e Missão)
O que você se propõe viver concretamente neste dia? O que é pedido à sua vida, aqui e agora?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas