Liturgia diária, Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens - Mt 4,18-22

34ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

30 de novembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me forças para ser verdadeiro companheiro na missão de seu Filho Jesus, mesmo devendo sofrer perseguições e contrariedades.

PRIMEIRA LEITURA: Rm 10,9-18

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos, 9se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor e, no teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. 10É crendo no coração que se alcança a justiça e é confessando a fé com a boca que se consegue a salvação. 11Pois a Escritura diz: “Todo aquele que nele crer não ficará confundido”. 12Portanto, não importa a diferença entre judeu e grego; todos têm o mesmo Senhor, que é generoso para com todos os que o invocam. 13De fato, todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. 14Mas como invocá-lo, sem antes crer nele? E como crer, sem antes ter ouvido falar dele? E como ouvir, sem alguém que pregue? 15E como pregar, sem ser enviado para isso?

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 19

          — Seu som ressoa e se espalha em toda terra.
— Seu som ressoa e se espalha em toda terra.

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.
— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

EVANGELHO: Mt 4,18-22

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18quando Jesus andava à beira do mar da Galiléia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. 20Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. 21Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Simão e André, dois irmãos, eram pescadores. Jesus os viu lançando a rede e os chamou: “Venham comigo. Farei de vocês pescadores de gente”. Jesus chama dois trabalhadores no momento exato em que estavam trabalhando. Mais adiante, viu outros dois irmãos, também eles trabalhando. Estavam com o pai consertando redes de pesca. Não estavam à toa. Tinham condições de dar um passo à frente e desenvolverem um trabalho mais difícil e certamente menos rendoso: trabalhar com o ser humano. Pescar gente para algo melhor. Pescar gente para um ministério que é serviço de qualidade. Pescar gente da periferia para o centro, do anonimato para o reconhecimento. Pescar gente para ser gente como Deus pensou ao criar o homem e a mulher. Simão e André, Tiago e João imediatamente deixaram tudo e seguiram Jesus. Estes trabalhadores deram uma resposta rápida ao chamado de Jesus. Jesus sabe escolher e os escolhidos não deixam a resposta para depois. Por isso se diz que aquele que tem receberá ainda mais. Estes homens tinham disposição. Receberam então um chamado para algo maior. Não quer dizer algo mais fácil. Eram homens que davam duro trabalhando, homens capazes de abraçar um serviço de qualidade. Jesus lhes propõe um ministério qualificado: pescar gente. Eles aceitaram.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje a Igreja celebra o dia de Santo André, discípulo e apóstolo de Jesus Cristo. Confiemos a nossa vida ao Senhor, sabendo que, assim como caminhou com os seus discípulos, Ele caminha conosco e, diante das perseguições, está sempre ao nosso lado. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Peçamos: “Jesus Mestre, cremos com viva fé que estais aqui presente, para indicar-nos o caminho que leva ao Pai. Iluminai nossa mente, movei nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Segue-me, e eu farei de vós pescadores de homens.” Leia o Evangelho quantas vezes julgar necessário, destacando os verbos e os personagens que surgem na narrativa. Qual é a mensagem central do texto? O que Jesus ensina?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Neste momento de meditação com a Palavra de Deus, você é convidado(a) a reler o Evangelho e a deixar que a Palavra o(a) toque profundamente. Escute o que o Senhor tem a lhe dizer por meio dela. Qual chamado Deus lhe faz hoje? O que Ele lhe ensina?

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça a sua oração, refletindo sobre o modo como a Palavra de Deus o(a) tocou. Agradeça ao Senhor sua presença em sua vida e apresente-lhe suas preocupações e pedidos.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Como você deseja viver o fruto que a Palavra lhe deixou neste dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.