Liturgia diária, Eu sou a videira e vós, os ramos! - Jo 15,1-8

5ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico C

22 de maio de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, reforça minha união com teu Filho Jesus, de quem dependo para produzir os frutos que esperas de mim.

PRIMEIRA LEITURA: At 15,1-6

Leitura dos Atos dos Apóstolos – 1Naqueles dias, chegaram alguns da Judeia e ensinavam aos irmãos de Antioquia, dizendo: “Vós não podereis salvar-vos, se não fordes circuncidados, como ordena a Lei de Moisés”. 2Isto provocou muita confusão, e houve uma grande discussão de Paulo e Barnabé com eles. Finalmente, decidiram que Paulo, Barnabé e alguns outros fossem a Jerusalém, para tratar dessa questão com os apóstolos e os anciãos.
3Depois de terem sido acompanhados pela comunidade, Paulo e Barnabé atravessaram a Fenícia e a Samaria. Contaram sobre a conversão dos pagãos, causando grande alegria entre todos os irmãos.
4Chegando a Jerusalém, foram recebidos pelos apóstolos e os anciãos, e narraram as maravilhas que Deus tinha realizado por meio deles. 5Alguns dos que tinham pertencido ao partido dos fariseus e que haviam abraçado a fé levantaram-se e disseram que era preciso circuncidar os pagãos e obrigá-los a observar a Lei de Moisés. 6Então, os apóstolos e os anciãos reuniram-se para tratar desse assunto.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 121

       — Que alegria, quando me disseram: Vamos à casa do Senhor!
— Que alegria, quando me disseram: Vamos à casa do Senhor!

— Que alegria, quando ouvi que me disseram: “Vamos à casa do Senhor!” E agora nossos pés já se detêm, Jerusalém, em tuas portas.

— Jerusalém, cidade bem edificada num conjunto harmonioso; para lá sobem as tribos de Israel, as tribos do Senhor.

— Para louvar, segundo a lei de Israel, o nome do Senhor. A sede da justiça lá está e o trono de Davi.

EVANGELHO: Jo 15,1-8

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 1“Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. 2Todo ramo que em mim não dá fruto ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto ainda. 3Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei. 4Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim.
5Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. 6Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados. 7Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado. 8Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Dizem que, quando era noviça, Santa Rita recebeu a ordem de regar todos os dias um ramo seco de uma videira. Era uma prova de obediência, porque o ramo estava tão seco que ninguém esperava que pudesse ainda dar algum fruto. No mosteiro agostiniano de Cássia, na Itália, há uma bela e frondosa parreira de uva, resultado da obediência de Santa Rita. Ela regou o ramo seco como tinham mandado. O ramo brotou e se tornou em belo pé de uva. No Evangelho Jesus se compara a uma videira. Ele é a videira inteira e seu Pai é o agricultor. Nós somos os ramos que, para estarmos vivos, precisamos fazer parte da videira. Cortados, secamos e morremos. Espera-se também que produzamos frutos, senão o ramo será cortado para não enfraquecer a videira. Nisto o Pai é glorificado, nos frutos que pudermos dar. Que Santa Rita nos regue com a graça de Deus para permanecermos unidos à videira, que é Cristo!

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje fazemos memória de Santa Rita de Cássia, conhecida como a santa das causas impossíveis. No Evangelho de hoje, Jesus nos convida a permanecermos nele, como o ramo unido à videira. Permanecer em Jesus e em sua palavra significa colocarmos em prática os seus ensinamentos e seguirmos os seus exemplos. Na Leitura orante de hoje, peçamos esta graça, e que o Espírito Santo conserve em nós a palavra que vamos meditar.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Qual alegoria a narrativa nos apresenta? Quais verbos mais se repetem?
“A encarnação do Verbo é iniciativa do Pai, por isso é que se diz que o Pai é o agricultor. Os ramos, por sua vez, dão fruto na medida em que estão unidos à videira. O nosso texto de hoje é uma alegoria. Jesus é o tronco ao qual os ramos, símbolo dos discípulos, estão ligados. Ligados à videira é que os ramos recebem a seiva que possibilita produzir bom fruto. Somente a videira pode dar vida aos ramos; somente Jesus pode dar verdadeira vida aos discípulos que nele produzem os frutos da caridade, do amor fraterno. Daí o apelo de Jesus de que os discípulos ‘permaneçam’ nele. Nesses poucos versículos, o verbo ‘permanecer’ aparece oito vezes. Com isso é apresentado o tema importante do trecho que estamos considerando: trata-se de aceitar se deixar in-habitar por Jesus e por sua palavra e viver a vida nele. Característica do discípulo é a comunhão com o Senhor” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Qual é a mensagem que a Palavra de Deus revela a mim hoje? Tente imaginar um ramo separado de seu tronco: ele murcha e não produz frutos. Isso para nós é muito claro. Até mesmo as crianças sabem que um ramo sozinho não produz frutos. Porém, quando aplicamos para a nossa vida, e aqui no texto Jesus está falando da nossa relação com ele, temos esta mesma clareza? Nossa vida, distante de Jesus e de sua Palavra possui ou produz vida? Quem de fato nos alimenta, nutre, dá sentido para a nossa vida? Qual reflexão a relação da videira com os ramos me leva a fazer? Qual é a minha relação com a videira verdadeira? Se não permanecemos em Jesus, qual se torna a principal referência para minha vida?

Oração (Vida)
A oração é a minha resposta à Palavra de Deus; ela brota da escuta e da meditação do texto sagrado. Entregue ao Senhor tudo o que a Palavra despertou em seu coração.

Contemplação (Vida e Missão)
Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude você se propõe a viver no dia de hoje?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas