Liturgia diária 21 de março de 2016

Na liturgia diária fazemos um encontro pessoal com Deus nos colocando a disposição para ouvir seus ensinamentos.

Para bem nos preparar invoquemos a presença do Espírito Santo: 

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.

Oremos

Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Jesus, a exemplo de Maria de Betânia, desperta em mim uma amizade autêntica, que me coloque em perfeita sintonia contigo

PRIMEIRA LEITURA: Is 42,1-7

Leitura do Livro do Profeta Isaías – 1“Eis o meu servo — eu o recebo; eis o meu eleito — nele se compraz minh’alma; pus meu espírito sobre ele, ele promoverá o julgamento das nações. 2Ele não clama nem levanta a voz, nem se faz ouvir pelas ruas.
3Não quebra uma cana rachada nem apaga um pavio que ainda fumega; mas proverá o julgamento para obter a verdade. 4Não esmorecerá nem se deixará abater, enquanto não estabelecer a justiça na terra; os países distantes esperam seus ensinamentos”.
5Isto diz o Senhor Deus, que criou o céu e o estendeu, firmou a terra e tudo que dela germina, que dá a respiração aos seus habitantes e o sopro da vida ao que nela se move: 6“Eu, o Senhor, te chamei para a justiça e te tomei pela mão; eu te formei e te constituí como o centro de aliança do povo, luz das nações, 7para abrires os olhos dos cegos, tirar os cativos da prisão, livrar do cárcere os que vivem nas trevas. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 26

   — O Senhor é minha luz e salvação.
— O Senhor é minha luz e salvação.

— O Senhor é minha luz e salvação; de quem eu terei medo? O Senhor é a proteção da minha vida; perante quem eu temerei?

— Quando avançam os malvados contra mim, querendo devorar-me, são eles, inimigos e opressores, que tropeçam e sucumbem.

— Se contra mim um exército se armar, não temerá meu coração; se contra mim uma batalha estourar, mesmo assim confiarei.

— Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes. Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor!

EVANGELHO: Jo 12,1-11

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

1Seis dias antes da Páscoa, Jesus foi a Betânia, onde morava Lázaro, que ele havia ressuscitado dos mortos. 2Ali ofereceram a Jesus um jantar; Marta servia e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. 3Maria, tomando quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos. A casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo.
4Então, falou Judas Iscariotes, um dos seus discípulos, aquele que o havia de entregar: 5“Por que não se vendeu este perfume por trezentas moedas de prata, para dá-las aos pobres?” 6Judas falou assim, não porque se preocupasse com os pobres, mas porque era ladrão; ele tomava conta da bolsa comum e roubava o que se depositava nela.
7Jesus, porém, disse: “Deixa-a; ela fez isto em vista do dia da minha sepultura. 8Pobres, sempre os tereis convosco, enquanto a mim, nem sempre me tereis”.
9Muitos judeus, tendo sabido que Jesus estava em Betânia, foram para lá, não só por causa de Jesus, mas também para verem Lázaro, que Jesus ressuscitara dos mortos. 10Então, os sumos sacerdotes decidiram matar também Lázaro, 11porque por causa dele, muitos deixavam os judeus e acreditavam em Jesus

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

O odor da morte e o perfume da vida se cruzam. Há poucos dias Lázaro estava no sepulcro. Agora está à mesa, em sua própria casa, com Jesus e seus discípulos. As duas irmãs, Marta e Maria, lá estavam. Marta como sempre servindo, e Maria ungiu os pés de Jesus com um perfume caro. O aroma do perfume encobriu o odor da morte. Esta unção foi em vista do sepultamento de Jesus, que não terá o odor da morte. O odor da morte não envolverá o corpo de Jesus, que ressuscitará ao terceiro dia. Tem então início uma conversa que não acabou até hoje. Por que este gasto com um perfume caro? O perfume poderia ser vendido e o dinheiro dado aos pobres. Poderia, mas não foi. E então, como ficam os pobres? Continuam esperando que alguém os socorra e promova. A unção com o perfume não é desculpa para não se fazer nada pelos pobres. Sabemos que quem reclamou não se preocupava com eles. Não foi o perfume que Jesus defendeu. Foi Maria e seu gesto de afeto por Jesus, que acabou se tornando um sinal da morte e da ressurreição.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Estamos na Semana Santa, a grande semana em que, na tradição cristã católica, se celebra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa tem início no Domingo de Ramos, que lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, e se encerra com a grande celebração da Ressurreição de Jesus Cristo, no Domingo de Páscoa.
Iniciemos a nossa oração, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Peçamos ao Espírito Santo que nos ilumine para compreendermos a Palavra nesta semana tão importante para nossa caminhada com Deus Amor.
“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)
Vamos à leitura do texto de hoje, que nos traz o relato de um jantar no qual Jesus está presente. Esse jantar é realizado na casa de Lázaro, que fora ressuscitado pelo Senhor, e conta também com a presença de Marta, Maria e dos discípulos.
Faça a leitura do Evangelho com muita calma, para compreender o que o texto diz. Destaque os verbos e os personagens e verifique se há outros textos bíblicos que possam ajudá-lo na compreensão deste. Ali estavam todos reunidos em torno da mesa: Lázaro, Marta, que servia a Jesus, e Maria, que durante o jantar ungiu os pés do Senhor com um vidro de perfume e depois os secou com seus cabelos, espalhando o aroma por toda a casa.
O gesto de Maria, de ungir os pés de Jesus, é o sinal de sua morte. Judas Iscariotes, aquele que trairá Jesus, não gostou desse gesto e disse: “Por que este perfume não foi vendido por trezentos denários para se dar aos pobres?” (Jo 12,5). Mas Judas falou não por se preocupar com os pobres, mas porque cuidava da bolsa comum e roubava o que ali era depositado. Jesus, então, chama a atenção de todos os presentes, não só de Judas, para que apreciassem aquele momento em que tinham sua presença física. Sabendo do que acontecera durante esse jantar em família, os sumos sacerdotes decidiram-se a matar também Lázaro, pois muitos haviam passado a acreditar em Jesus por causa de sua ressurreição.

Meditação (Caminho)
Depois de ter lido o texto e compreendido sua mensagem, repasse-o novamente em sua mente e detenha-se no trecho que mais lhe chama atenção.
Em seguida, responda: o que o Evangelho de hoje lhe diz? Deixe-se iluminar pela Palavra. Medite sobre o gesto de Maria, que lavou os pés de Jesus. O que esse gesto e essa personagem lhe dizem?

Oração (Vida)
Este é o momento de oração. O que você tem a dizer para Deus? Iluminado(a) por sua Palavra, diga-lhe o que está em seu coração. Talvez, ao decorrer da leitura e da meditação, por meio da Palavra de Deus, você tenha sido tocado(a) por alguma realidade do mundo; reze também por essa realidade ou por outras intenções que você sinta necessidade de levar a Deus. Lembrando que, quando estamos em oração, somos responsáveis, ou melhor, intercessores dos nossos irmãos e irmãs que sofrem.

Contemplação (Vida e Missão)
Contemple a Palavra e perceba o que ela o(a) leva a experimentar. No silêncio do coração, o que você sente ressoar? Dê nome para aquilo que sente e, ao decorrer do dia, recorde o que experimentou. Permita que esse momento de oração gere frutos de viva em sua vida.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Leitura orante: Equipe de Redação Paulinas Internet.