Liturgia diária, Senhor também do sábado - Lc 6,1-5
site-de-catequese

22ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

09 de setembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, torna-me sensato na prática das exigências religiosas, para eu buscar, em primeiro lugar, o que realmente é do teu agrado e está a serviço da vida, cuja fonte és tu.

PRIMEIRA LEITURA:  Cl 1, 21-23

Leitura da carta de são Paulo aos Colossenses – Irmãos, 21Há bem pouco tempo, sendo vós alheios a Deus e inimigos pelos vossos pensamentos e obras más, 22eis que agora ele vos reconciliou pela morte de seu corpo humano, para que vos possais apresentar santos, imaculados, irrepreensíveis aos olhos do Pai. 23Para isto, é necessário que permaneçais fundados e firmes na fé, inabaláveis na esperança do Evangelho que ouvistes, que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, fui constituído ministro

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 53

          — Quem me protege e me ampara é meu Deus.
— Quem me protege e me ampara é meu Deus.

 Por vosso nome, salvai-me, Senhor; e dai-me a vossa justiça! Ó meu Deus, atendei minha prece e escutai as palavras que eu digo!

— Quem me protege e me ampara é meu Deus; é o Senhor quem sustenta minha vida! Quero ofertar-vos o meu sacrifício de coração e com muita alegria; quero louvar, ó Senhor, vosso nome, quero cantar vosso nome que é bom!

EVANGELHO: Lc 6, 1-5

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Em dia de sábado, Jesus atravessava umas plantações; seus discípulos iam colhendo espigas (de trigo), as debulhavam na mão e comiam. 2Alguns dos fariseus lhes diziam: Por que fazeis o que não é permitido no sábado? 3Jesus respondeu: Acaso não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os seus companheiros; 4como entrou na casa de Deus e tomou os pães da proposição e deles comeu e deu de comer aos seus companheiros, se bem que só aos sacerdotes era permitido comê-los? 5E ajuntou: O Filho do Homem é senhor também do sábado.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

O Filho do Homem é senhor do sábado, que existe para que nele se faça o bem. É o dia do Senhor, é o dia de Deus. No dia de Deus deve-se dar de comer a quem tem fome. Na sinagoga de Nazaré, Jesus anunciou um ano sabático permanente. “Por que todo dia não é sábado?”, pergunta uma canção popular israelense. Resposta: todo dia é sábado, dia do Senhor, dia de fazer o bem. Os discípulos de Jesus tinham fome e violaram o descanso sabático, assim como fez o rei Davi, que comeu dos pães do Tabernáculo. Os seres humanos são todos pecadores limitados e muitas vezes fazem o contrário do que se propõem. Há críticas que se tornam anacrônicas. O que é malvisto hoje é bem-visto amanhã. A caridade, porém, nunca é anacrônica e a fome não pode esperar. Jesus insiste o tempo todo no valor da pessoa humana e que a lei religiosa está a serviço do ser humano. O Filho do Homem é senhor do sábado e o sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado; e no sábado, é ou não permitido curar um enfermo? As curas podem ser feitas em outros dias, mas Jesus as faz no sábado para mostrar que verdadeiramente sagrado para Deus é o ser humano. O preço do ser humano é o Sangue de Cristo. Os cristãos oriundos do judaísmo tinham interrogações sobre as observâncias judaicas.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A Palavra de Deus proposta para o nosso dia nos fala da misericórdia. Mais do que ofertas e sacrifícios, o Senhor espera de nós a vivência da misericórdia, que é fruto do amor. Silenciando seu coração, repita algumas vezes a oração: “Jesus Mestre, iluminai minha mente, movei meu coração, para que esta meditação produza em mim frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Qual é o tema central da narrativa? Qual é o motivo da crítica dos fariseus? Qual é o significado do sábado para o povo? Qual é o ensinamento de Jesus?
“Os diversos conflitos de Jesus com os fariseus e demais líderes religiosos de Israel refletem o seu distanciamento em relação à instituição religiosa do Judaísmo. A rigidez da observância do sábado se apoiava em um texto tardio do livro do Êxodo que afirmava: ‘Todo aquele que trabalhar neste dia será punido com a morte’ (Ex 31,15; 35,2). É a expressão do sagrado considerado acima e contra a vida. O Templo e as observâncias legais estão superados por Jesus. A vontade de Deus é a prática da misericórdia, que consolida o amor, fortalece os laços de fraternidade e gera a paz. Os discípulos de Jesus são censurados por arrancarem as espigas e as debulharem em um dia de sábado, o que os fariseus consideravam como realização de um trabalho, proibido neste dia. Jesus desconsidera essa proibição, alegando que o mais importante é a necessidade de os discípulos se alimentarem. E autodenominando-se o Filho do Homem, o Filho de Deus encarnado, afirma a sua autoridade para suprimir as exigências legais opressoras” (Reflexão de José Raimundo Oliva, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
“A lei está em função da vida, e nunca o contrário. A observância do sábado não trazia, em seu bojo, o desprezo pela vida das pessoas. A fome não pode esperar o domingo chegar. Cuidar da vida, matar a fome ou curar um doente não é um trabalho, mas um gesto de misericórdia. Isso o Senhor deixa claro. Jesus Cristo é o Senhor do sábado e de tudo o que existe. A vida em primeiro lugar!” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra 2017”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
Consagração à misericórdia divina
“Ó misericordioso Jesus, infinita é a vossa bondade e inesgotáveis são os tesouros da vossa graça! Confio inteiramente na vossa misericórdia, que está acima de todas as vossas obras. Consagro-me a viver inteiramente no brilho esplendoroso de graça e amor que brotaram do vosso Sagrado Coração na cruz. Desejo imitar-vos, praticando as obras de misericórdia espirituais e corporais, particularmente na conversão dos pecadores e dando auxílio, coragem e consolação a todos os pobres, infelizes ou doentes. Cuidai de mim, doravante, como consagrado vosso e vossa própria glória. Tudo receio da minha fraqueza, mas tudo espero da vossa misericórdia. Fazei com que toda a humanidade conheça o mistério insondável da vossa misericórdia e que ponha toda a confiança em Vós e vos adore para sempre. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
De que forma a Palavra de Deus estará presente neste seu dia? O que você deseja colocar em prática, segundo os ensinamentos de Jesus?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.