Liturgia Diária Tende fé e coragem. Eu venci o mundo!

7ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico C

09 de maio de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, fica comigo, assim como estiveste com Jesus, e sê meu protetor quando se levantarem contra mim as forças hostis a teu Reino. E que eu seja capaz de vencê-las!

PRIMEIRA LEITURA:  At 19,1-8

Leitura dos Atos dos Apóstolos – 1Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as re­giões montanhosas e chegou a Éfeso. Aí encontrou alguns discípulos e perguntou-lhes: 2“Vós rece­bestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé?” Eles responderam: “Nem sequer ouvimos dizer que existe o Espírito Santo!”
3Então Paulo perguntou: “Que batismo vós recebestes?” Eles responderam: “O batismo de João”. 4Paulo disse-lhes: “João administrava um batismo de conversão, dizendo ao povo que acreditasse naquele que viria depois dele, isto é, em Jesus”. 5Tendo ouvido isso, eles foram ba­tizados no nome do Senhor Jesus.
6Paulo impôs-lhes as mãos e sobre eles desceu o Espírito Santo. Começaram então a falar em línguas e a profetizar. 7Ao todo, eram uns doze homens. 8Paulo foi então à sinagoga e, durante três meses, falava com toda convicção, discutindo e procurando convencer os ouvintes sobre o reino de Deus. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 67

 — Reinos da terra, cantai ao Senhor.
— Reinos da terra, cantai ao Senhor.

— Eis que Deus se põe de pé, e os inimigos se dispersam! Fogem longe de sua face os que odeiam o Senhor! Como a fumaça se dissipa, assim também os dissipais, como a cera se derrete, ao contato com o fogo, assim pereçam os iníquos ante a face do Senhor!

— Mas os justos se alegram na presença do Senhor; rejubilam satisfeitos e exultam de alegria! Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome! O seu nome é Senhor: exultai diante dele!

— Dos órfãos ele é pai, e das viú­vas protetor; é assim o nosso Deus em sua santa habitação. É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados, quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.

EVANGELHO: Jo 16,29-33

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 29os discípulos disseram a Jesus: “Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras. 30Agora sabemos que conheces tudo e que não precisas que alguém te interrogue. Por isto cremos que vieste da parte de Deus”. 31Jesus respondeu: “Credes agora? 32Eis que vem a hora – e já chegou – em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis só. Mas eu não estou só; o Pai está comigo. 33Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas, tende coragem! Eu venci o mundo!”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Termina o sermão de despedida. A hora já chegou. Jesus se encaminha para a sua Paixão e Morte. Acreditam agora? – pergunta Jesus. É hora de crer mais do que compreender, sobretudo porque começam as aflições. Jesus os quer unidos a ele e unidos entre si. No entanto, eles vão se dispersar e Jesus ficará sozinho, mas em Jesus eles terão a paz enquanto no mundo terão aflições. Estas aflições não tirarão a paz dos discípulos, paz que vem de Jesus que, apesar de tudo, não está só. Nunca está só, porque o Pai está com ele. Esta é a hora da vitória. Tenham coragem. Eu venci o mundo. Os discípulos podem ficar em paz, não por estarem pessoalmente seguros, mas por aquele que lhes transmite a paz. Ele é o vencedor da última batalha. As aflições não são apenas sinônimo das perseguições que se abaterão sobre os que creem em Cristo. Pensávamos, por vezes, que fossem coisas do passado, das perseguições romanas.
No entanto, embora o mundo da antiga cristandade não queira ver nem ouvir, os cristãos ainda são decapitados e crucificados e sempre mais excluídos do mundo das decisões. As aflições estão presentes nas dificuldades de conciliação entre a paz de Cristo e o esquema do mundo. Nós o deixamos sozinho. Ele, porém, não nos deixa órfãos.
Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Estamos na última semana da Páscoa, semana de oração pela unidade dos cristãos.
Peçamos ao Espírito Santo que nos dê a graça da sabedoria, para compreendermos a Palavra que o Senhor direciona a nós neste tempo de oração. “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo, Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Leia-o pausadamente, uma, duas ou três vezes, destacando os verbos e os personagens que mais lhe chamam atenção. Procure descobrir qual seu tema central e busque outros textos que possam ajudá-lo(a) a compreendê-lo. No Evangelho de hoje, Jesus fala aos discípulos que eles terão aflições e passarão por dificuldades em sua missão.

Meditação (Caminho)
O que o texto diz diretamente a você? Ao lê-lo, procure identificar o que ele tem a lhe dizer, pois este é o momento em que você pode ouvir a voz do Senhor por meio de sua Palavra. Se você por acaso sentir que precisa ler o texto novamente, faça-o. Durante a leitura, deixe-se tocar pela Palavra e escute o que Deus tem a lhe dizer.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Agora que você já escutou o que o Senhor tinha a lhe dizer por meio da Palavra, abra o seu coração e fale também com Ele. Se sentir a necessidade de agradecer, agradeça; se precisar pedir algo, peça. O momento é seu e de Deus; não deixe esta graça passar.

Contemplação (Vida e Missão)
O que a Palavra o(a) faz experimentar? Contemple, neste momento, o que ela deixou em você. Faça silêncio por alguns minutos e procure dar nome ao sentimento que brotou em seu coração. Recolha o apelo que Deus despertou em você por meio da Palavra e procure dar-lhe uma resposta durante o dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.