Liturgia diária Vinde, benditos de meu Pai!

1ª Semana da Quaresma – Ano Litúrgico A

06 de março de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, reforça minha disposição para amar e servir meus semelhantes, sobretudo, os mais pobres e marginalizados. Esta será a única forma de me preparar para o encontro com Jesus.

PRIMEIRA LEITURA:  Lv 19,1-2.11-18

Leitura do Livro do Levítico – 1O Senhor falou a Moi­sés, dizendo: 2“Fala a toda a comunidade dos filhos de Israel, e dize-lhes: Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo.
11Não furteis, não digais mentiras, nem vos enganeis uns aos outros. 12Não jureis falso por meu nome, profanando o nome do Senhor teu Deus. Eu sou o Senhor.
13Não explores o teu próximo nem pratiques extorsão contra ele. Não retenhas contigo a diária do assalariado até o dia seguinte. 14Não amaldiçoes o surdo, nem ponhas tropeço diante do cego, mas temerás o teu Deus. Eu sou o Senhor. 15Não cometas injustiças no exercício da justiça; não favoreças o pobre nem prestigieis o poderoso. Julga teu próximo conforme a justiça.
16Não sejas um maldizente entre o teu povo. Não conspires, caluniando-o, contra a vida do teu próximo. Eu sou o Senhor. 17Não tenhas no coração ódio contra teu irmão. Repreende o teu próximo, para não te tornares culpado de pecado por causa dele.
18Não procures vingança, nem guardes rancor aos teus compatriotas. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 18

          — Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!
— Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!

— A lei do Senhor Deus é perfeita, conforto para a alma! O testemunho do Senhor é fiel, sabedoria dos humildes.

— Os preceitos do Senhor são precisos, alegria ao coração. O mandamento do Senhor é brilhante, para os olhos é uma luz.

— É puro o temor do Senhor, imutável para sempre. Os julgamentos do Senhor são corretos e justos igualmente.

— Que vos agrade o cantar dos meus lábios e a voz da minha alma; que ela chegue até vós, ó Senhor, meu Rochedo e Redentor!

EVANGELHO:  Mt 25,31-46

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 31“Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. 32Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. 33E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. 34Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! 35Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me rece­bestes em casa; 36eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. 37Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? 38Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? 39Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’ 40Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’ 41Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. 42Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; 43eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar’. 44E responderão também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’ 45Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’ 46Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Entramos na primeira semana da Quaresma olhando para o dia do juízo final, com indicações bem precisas do próprio Jesus do que devemos fazer para que, naquele dia, nossa vida seja considerada um sucesso. Poderá ser um fracasso. Depende de nós, porque orientação temos e não nos falta a graça que reforça a nossa fraqueza. Dar de comer a quem tem fome, dar de beber a quem tem sede, acolher quem precisa, vestir quem está sem roupa, cuidar dos doentes, visitar os prisioneiros, são orientações de Jesus no seu último sermão, segundo o esquema do evangelista São Mateus. Qual dessas obras de misericórdia você vai fazer hoje? O Cristo que disse: “Isto é meu Corpo” é o mesmo que disse: “Eu estava com fome”. O que se faz ao menor dos irmãos, é a Cristo que se faz, tanto o bem quanto o mal. E nós sabemos que o amor começa em Deus e termina em Deus. Os exercícios quaresmais são orações e são atos concretos em favor de quem precisa. “Sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo”, lemos no Levítico, que acrescenta: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Estamos na primeira semana da quaresma e durante este tempo a Campanha da Fraternidade nos convida a refletir sobre os “biomas brasileiros e a defesa da vida”. Iniciemos a nossa oração em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito e tudo será criado. E renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo nosso Senhor. Amém.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Eu estava com fome, e me deste de comer…”. Pegue o texto bíblico e leia-o calmamente duas ou mais vezes. Destaque os verbos e os personagens que nele aparecem. E, frase por frase, evidencie as ações-chaves do texto para que assim encontre a sua verdade. Qual é a sua mensagem central?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz para você? Leia-o novamente e deixe-se tocar por ele. O texto de hoje fala das obras de misericórdia. Por qual delas você se sentiu tocado? Qual foi a Palavra que o Senhor lhe falou?

Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Neste momento de oração com a Palavra, silencie e recolha o apelo de Deus em seu coração. Faça a sua oração a partir da Palavra e apresente ao Senhor as suas intenções e pedidos.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual o novo olhar que nasceu em você, a partir da Palavra? Qual é a palavra compromisso para o dia de hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.