Liturgia diária, Visitação de Nossa Senhora - Lc 1,39-56

6ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico C

31 de maio de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, conduze-me pelos caminhos de Maria, tua fiel servidora, cuja vida se consumou, sendo exaltada por ti. Que, como Maria, eu saiba me preparar para a comunhão plena contigo.

PRIMEIRA LEITURA: Sf 3,14-18

Leitura da Profecia de Sofonias – 14Canta de alegria, cidade de Sião; rejubila, povo de Israel! Alegra-te e exulta de todo o coração, cidade de Jerusalém! 15O Senhor revogou a sentença contra ti, afastou teus inimigos; o rei de Israel é o Senhor, ele está no meio de ti, nunca mais temerás o mal.
16Naquele dia, se dirá a Jerusalém: “Não temas, Sião, não te deixes levar pelo desânimo! 17O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, o valente guerreiro que te salva; ele exultará de alegria por ti, movido por amor; exultará por ti, entre louvores, 18como nos dias de Festa. Afastarei de ti a desgraça, para que nunca mais te cause humilhação”.

— Palavra do Senhor.
— Graças a Deus.

Ou (escolhe-se uma das leituras) (Rm 12,9-16b)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos – Irmãos, 9o amor seja sincero. Detestai o mal, apegai-vos ao bem. 10Que o amor fraterno vos una uns aos outros com terna afeição, prevenindo-vos com atenções recíprocas. 11Sede zelosos e diligentes, fervorosos de espírito, servindo sempre ao Senhor, 12alegres por causa da esperança, fortes nas tribulações, perseverantes na oração. 13Socorei os santos em suas necessidades, persisti na prática da hospitalidade. 14Abençoai os que vos perseguem, abençoai e não amaldiçoeis. 15Alegrai-vos com os que se alegram, chorai com os que choram. 16bMantende um bom entendimento uns com os outros; não vos deixeis levar pelo gosto de grandeza, mas acomodai-vos às coisas humildes

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO Is 12,2-6

          — O Santo de Israel é grande entre vós.
— O Santo de Israel é grande entre vós.

— Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo; o Senhor é minha força, meu louvor e salvação. Com alegria bebereis do manancial da salvação.

— E direis naquele dia: “Dai louvores ao Senhor, invocai seu Santo nome, anunciai suas maravilhas, entre os povos proclamai que seu nome é o mais sublime.

— Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos, publicai em toda a terra suas grandes maravilhas! Exultai cantando alegres, habitantes de Sião, porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!”

EVANGELHO: Lc 1,39-56

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

39Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. 40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. 41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42Com um grande grito exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre!” 43Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? 44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. 45Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu”.
46Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem.
51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, 55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Maria, grávida do Menino Jesus, visita Isabel, grávida de São João Batista. A Virgem se apressa em ir ajudar sua prima. Não vai devagar, vai depressa, escreve São Lucas. Nós às vezes vamos devagar para não chegar nunca, ou esperando que alguém chegue antes e faça o serviço. Maria é sempre bem disposta. Isabel dirá, com razão, que Maria é bendita entre as mulheres.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje toda a Igreja celebra a festa da visitação de Nossa Senhora. Maria, a missionária por excelência, é para nós o modelo de discípulo do Senhor. Como Maria, acolhamos o Espírito Santo e peçamos que Ele renove em nós os seus dons, para melhor compreendermos a Palavra de Deus.

Leitura (Verdade)
O que o texto diz? Quais palavras mais se repetem? Quem são os personagens da narrativa? Qual é a temática central do Evangelho de hoje?
“O relato da visitação de Maria a sua prima Isabel conclui os relatos dos anúncios do nascimento de João Batista e de Jesus (Lc 1,5-25.26-38). A alegria messiânica que faz João pular no ventre de sua mãe é dom do Espírito Santo. É por ele que Isabel pode conhecer que Maria não somente está grávida, mas que a criança que ela está gerando é o Messias. Pulando de alegria diante do seu Senhor, João, desde o ventre de sua mãe, começa a realizar sua missão de precursor do Messias. No cântico de Isabel, é dito que Maria é bendita. De fato, ela o é pela presença no seu ventre daquele que Deus nos deu como bênção, Jesus Cristo. Maria é a mulher de fé, que confiou e se entregou inteiramente ao projeto de Deus. No cântico atribuído a Maria, o Magnificat, um mosaico de citações veterotestamentárias, a Mãe do Filho de Deus reconhece com júbilo que o poder de Deus a transformou. Reconhece que a bondade, a misericórdia do Santo de Israel é que está na origem da encarnação do Verbo de Deus” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Faça uma segunda leitura do texto. Silencie seu coração e pergunte-se o que o Evangelho de hoje diz à sua vida.
“Depois de se saber grávida, pela ação do Espírito Santo, Maria vai à busca do sinal que o anjo lhe falou: a gravidez de Isabel. Imediatamente, ela vai ao encontro de sua prima. Eis um dos mais belos encontros das Sagradas Escrituras: duas mulheres marcadas pelo impossível aos olhos humanos. Maria, virgem; Isabel, idosa. Nelas, a gravidez indica algo bem maior: Deus pode realizar qualquer coisa na vida de quem se abre à sua graça e à sua misericórdia. Este encontro, nas montanhas da Judeia, marcou a vida de Isabel, João Batista e Maria. Cremos que marcou também nossa vida e a vida da Igreja. Que possamos encontrar-nos com o Senhor Jesus e ser transformados por sua graça” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
Ofereça ao Senhor os frutos da sua oração, da sua meditação e da contemplação da Palavra. Apresente o desejo que brotou em seu coração e peça a graça de vivê-lo durante o dia. Faça sua prece de agradecimento ou pedido.

Contemplação (Vida e Missão)
Maria é o exemplo de contemplação da Palavra de Deus, pois nela foi gerado o Salvador, e ela guardava tudo no coração. Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? O que a Palavra o(a) leva a experimentar? Resuma o que sentiu durante a leitura orante em uma palavra ou frase e viva-a durante o dia.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas