Liturgia diária, Vós sois o sal da terra e a luz do mundo... - Mt 5,13-16

10ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

13 de junho de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Ó Deus, fonte de todo bem, atendei ao nosso apelo e fazei-nos, por vossa inspiração, pensar o que é certo e realizá-lo com vossa ajuda.

PRIMEIRA LEITURA: 2Cor 1,18-22

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios

Irmãos, 18eu vos asseguro, pela fidelidade de Deus: O ensinamento que vos transmitimos não é sim e não. 19Pois o Filho de Deus, Jesus Cristo, que nós – a saber: eu, Silvano e Timóteo – pregamos entre vós, nunca foi sim e não, mas somente sim.
20Com efeito, é nele que todas as promessas de Deus têm o seu sim garantido. Por isso também, é por ele que dizemos amém a Deus, para a sua glória.
21É Deus que nos confirma, a nós e a vós, em nossa adesão a Cristo, como também é Deus que nos ungiu. 22Foi ele que nos marcou com o seu selo e nos adiantou como sinal o Espírito derramado em nossos corações

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 118,129-135

          Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo!
— Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo!

— Maravilhosos são os vossos testemunhos, eis por que meu coração os observa!

— Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.

— Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos.

— Senhor, voltai-vos para mim, tende piedade, como fazeis para os que amam vosso nome!

— Conforme a vossa lei, firmai meus passos, para que não domine em mim a iniquidade!

— Libertai-me da opressão e da calúnia, para que eu possa observar vossos preceitos!

— Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, e ensinai-me vossas leis e mandamentos!

EVANGELHO:  Mt 5,13-16

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 13“Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
14Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte. 15Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa. 16Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

A luz ilumina. A lâmpada acesa ilumina o ambiente. Se não iluminar por estar queimada, deve ser substituída por outra. Somos o sal da terra, somos a luz do mundo. O sal serve para salgar, conservar e dar sabor. Se for insosso, pode ser jogado fora. Mas o que significa “ser sal da terra”? Na sentença de condenação de Tiradentes, em 1792, se lê que “a casa onde vivia em Vila Rica seja arrasada e salgada, para que nunca mais no chão se edifique”. O sal tornou estéril o espaço de terra onde viveu Tiradentes. Ele foi enforcado e seu corpo esquartejado e salgado. Neste caso, o sal devia conservar as partes do corpo espalhadas ao longo dos caminhos de Minas. Como Jesus fala de sal da terra e não sal na terra, podemos entender que os discípulos darão sabor à vida dos que vivem na terra, sobretudo o povo da terra, nome dado à população mais simples de Israel. Em todos os tempos, os discípulos de Jesus são chamados a ser sal da terra e luz do mundo. Serão gente positiva, de bom humor, cheia de fé, esperança e caridade; gente criativa com iniciativas que iluminam e dão sabor à vida, às vezes tenebrosa, outras vezes sem gosto, envolta em escuridão e monotonia. Apareçam os discípulos com boas obras e um sorriso para que o Pai do céu seja louvado com alegria!

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje celebramos o dia de Santo Antonio de Pádua, que se encantou com o ideal de vida de São Francisco e entregou sua vida em prol do Evangelho de Jesus Cristo. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Peçamos ao Espírito Santo que nos ensine a rezar e a compreender a sua Palavra. “Enviai, Senhor, o vosso Espírito Santo.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal perde seu sabor, com que se salgará?” Este é o momento da leitura do Evangelho, por isso, leia-o quantas vezes julgar necessário, destaque os verbos que aparecem durante a narrativa e reflita sobre eles. Qual é a mensagem central do texto?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Faça a meditação do Evangelho e deixe-se tocar por ele. Atualize e assimile a Palavra, ligando-a a sua vida. Escute o que o Senhor tem a lhe dizer e reflita sobre este Evangelho.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça a sua oração em silêncio, repasse a Palavra lida em sua mente e conte ao Senhor o que há em seu coração. Apresente-lhe suas necessidades e as necessidades do povo de Deus e reze pela paz no mundo.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Faça uma síntese sobre o que a Palavra suscitou em você, para vivê-la neste dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.