Liturgia diária 03 de março de 2016

Na liturgia diária fazemos um encontro pessoal com Deus nos colocando a disposição para ouvir seus ensinamentos.

Para bem nos preparar invoquemos a presença do Espírito Santo: 

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.

Oremos

Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Jesus, ajuda-me a compreender que, em seus milagres, o Reino de Deus irrompeu na história humana e o poder opressor do demônio ficou desarticulado.

PRIMEIRA LEITURA:  Jr 7,23-28

Leitura do Livro do Profeta Jeremias – Assim fala o Senhor: 23“Dei esta ordem ao povo dizendo: Ouvi a minha voz, assim serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e segui adiante por todo o caminho que eu vos indicar para serdes felizes.
24Mas eles não ouviram e não prestaram atenção; ao contrário, seguindo as más inclinações do coração, andaram para trás e não para a frente, 25desde o dia em que seus pais saíram do Egito até o dia de hoje. A todos enviei meus servos, os profetas, e enviei-os cada dia, começando bem cedo; 26mas não ouviram e não prestaram atenção; ao contrário, obstinaram-se no erro, procedendo ainda pior que seus pais.
27Se falares todas essas coisas, eles não te escutarão, e, se os chamares, não te darão resposta. 28Dirás, então: Esta é a nação que não escutou a voz do Senhor, seu Deus, e não aceitou correção. Sua fé morreu, foi arrancada de sua boca”. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 94

          — Oxalá ouvísseis hoje a voz do Senhor: Não fecheis os vossos corações.
— Oxalá ouvísseis hoje a voz do Senhor: Não fecheis os vossos corações.

— Vinde, exultemos de alegria no Senhor, aclamemos o Rochedo que nos salva! A seu encontro caminhemos com louvores, e com cantos de alegria o celebremos!

— Vinde adoremos e prostremo-nos por terra, e ajoelhemos ante o Deus que nos criou! Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, e nós somos o seu povo e seu rebanho, as ovelhas que conduz com sua mão.

— Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: “Não fecheis os corações como em Meriba, como em Massa, no deserto, aquele dia, em que outrora vossos pais me provocaram, apesar de terem visto as minhas obras”.

EVANGELHO:  Lc 11,14-23

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo começou a falar, e as multidões ficaram admiradas. 15Mas alguns disseram: “É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios”.
16Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu. 17Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra.
18Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino? Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios. 19Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por meio de quem? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes.
20Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o Reino de Deus. 21Quando um homem forte e bem armado guarda a própria casa, seus bens estão seguros. 22Mas, quando chega um homem mais forte do que ele, vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava, e reparte o que roubou.
23Quem não está comigo está contra mim. E quem não recolhe comigo dispersa”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

UMA BOA AÇÃO MAL-INTERPRETADA
Os milagres de Jesus prestavam-se a toda sorte de interpretação. Quem olhava para o Mestre com bons olhos, via neles o sinal da presença do Reino de Deus atuando na história humana, e se maravilhavam. Quem, pelo contrário, tinha preconceitos levantava suspeitas contra ele, declarando que seu poder taumatúrgico provinha de Belzebu. Por mais espetacular que fosse o milagre operado por Jesus, sempre havia quem o interpretasse de forma maldosa.
O Mestre tentou levar seus adversários a raciocinar, sem preconceitos, a respeito de seus milagres. Os gestos portentosos de Jesus visavam sempre desarticular o poder opressor de Belzebu sobre as pessoas. Este poder satânico expressava-se na impossibilidade de alguém se comunicar, de conviver fraternalmente com os outros, de fechar-se no próprio egoísmo idolátrico. Ao libertar as pessoas destas situações, Jesus impedia que Belzebu mantivesse seu poder sobre elas. Ou seja, os milagres representavam uma luta gigantesca entre Jesus e Belzebu. Os milagres eram um indício seguro da vitória do Filho de Deus.
Se as coisas não são entendidas assim, é sinal de estar acontecendo uma tremenda cisão no reino de Satanás. Portanto, está para se desmoronar. Pelo contrário, se Jesus está desarticulando o poder de Belzebu, o Reino de Deus está se manifestando na história humana. A atitude mais sensata, neste caso, consiste em acolhê-lo e fazer-se seu discípulo.

Pe. Jaldemir Vitório

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A Quaresma é um caminho dinâmico e progressivo que nos tira das trevas para a luz, da escravidão para a liberdade, da morte para a vida, da tristeza para a alegria… A Palavra de Deus, lida e meditada todos os dias, nos apresenta este caminho para uma vida renovada. Com Jesus, que hoje se apresenta como Libertador, desejamos passar este dia, para acolher em nossa vida seus ensinamentos.

Leitura (Verdade)

“Todo reino dividido internamente será destruído; cairá uma casa sobre a outra. Ora, se até Satanás está dividido internamente, como poderá manter-se o seu reino? Pois dizeis que é pelo poder de Beelzebu que eu expulso os demônios. Se é pelo poder de Beelzebu que eu expulso os demônios, pelo poder de quem então vossos discípulos os expulsam?” (Lc 11,17-19)
Leia o Evangelho e busque compreender sua mensagem. Qual é o tema central? Recorde outros textos semelhantes a esse. Jesus expulsa demônios e cura os enfermos, mostrando ao mundo quem Ele é: o Filho de Deus. Sua presença é a presença do Pai.

Meditação (Caminho)

“Quem não está comigo é contra mim; e quem não recolhe comigo, espalha” (Lc 11,23). Nesse versículo, vemos que Jesus, de certa forma, pede para que todos fiquem ao seu lado, unidos a Ele. O que o texto lhe diz? Perceba o que Jesus lhe fala, não deixe a graça passar, mas silencie sua mente e seu coração e acolha o que o Senhor quer lhe falar. Quem são os doentes que precisam de cura e os endemoniados que precisam de libertação? O que mais o(a) toca no texto?

Oração (Vida)

Apresente ao Senhor a sua oração. Louve-o e agradeça-lhe por Ele se comunicar com você por meio de sua Palavra. Lembre-se de seus irmãos e irmãs, homens, mulheres, crianças, jovens e adultos que precisam ser consolados por Deus e seu infinito amor. O que a Palavra lhe falar, no decorrer do seu dia, procure colocar em prática.

Contemplação (Vida e Missão)

O que você experimentou? Contemple a Palavra e, se possível, ao longo do dia, recorde-a em clima de oração e pratique-a.

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.