Liturgia diária, Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens - Mt 4,18-22

34ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

30 de novembro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me forças para ser verdadeiro companheiro na missão de seu Filho Jesus, mesmo devendo sofrer perseguições e contrariedades.

PRIMEIRA LEITURA: Rm 10,9-18

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos, 9se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor e, no teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. 10É crendo no coração que se alcança a justiça e é confessando a fé com a boca que se consegue a salvação. 11Pois a Escritura diz: “Todo aquele que nele crer não ficará confundido”. 12Portanto, não importa a diferença entre judeu e grego; todos têm o mesmo Senhor, que é generoso para com todos os que o invocam. 13De fato, todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. 14Mas como invocá-lo, sem antes crer nele? E como crer, sem antes ter ouvido falar dele? E como ouvir, sem alguém que pregue? 15E como pregar, sem ser enviado para isso?

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 18(19A)

         — Seu som ressoa e se espalha em toda terra.
— Seu som ressoa e se espalha em toda terra.

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.
— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.

EVANGELHO: Mt 4,18-22

       – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18quando Jesus andava à beira do mar da Galiléia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. 20Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. 21Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Santo André era irmão de São Pedro, e ambos eram filhos de um pescador chamado Jonas. Nasceram em Betsaida. Trabalhavam junto com Zebedeu e seus filhos, João e Tiago. Eram todos pescadores. André era também discípulo de João Batista. Um dia, Jesus estava passando, e João disse a André e, provavelmente, a Filipe: “Este é o Cordeiro de Deus”. Eles seguiram Jesus, ficaram com ele o resto do dia e depois André disse a Pedro: “Nós encontramos o Messias”. André foi o primeiro a ser chamado e logo começou a chamar outros. Na multiplicação dos pães, apresentou a Jesus um menino que tinha cinco pães e dois peixes. Alguns gregos quiseram ver Jesus e falaram com Filipe, que falou com André. André ficou sempre perto de Jesus em tudo. Quando os apóstolos se dispersaram, ele foi para a Grécia e formou uma forte comunidade de cristãos em Patras. Dizem que foi lá que ele morreu crucificado, numa cruz em forma de X, que é a cruz de Santo André. As relíquias, que estavam em Patras e Constantinopla, foram levadas para Amalfi, perto de Nápoles, e depois para Roma. Paulo VI entregou as relíquias do crânio para o Patriarca de Constantinopla, e Bento XVI doou outras relíquias para as catedrais ortodoxa e católica de Astana, capital do Cazaquistão.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas.
LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje a liturgia faz memória do apóstolo André, irmão de Simão Pedro. Assim como Jesus chamou os primeiros discípulos chama também a mim, hoje. Chama a cada um pelo nome. Esse é o grande sinal de seu amor, querendo cada um, individualmente, bem perto de si, participando de seu projeto de Salvação. Com o coração agradecido porque Deus nos ama e está conosco, pedimos que o Espírito Santo nos ajude a acolher e compreender a Palavra que vamos meditar. Repita algumas vezes a oração: “Meu Senhor e meu Mestre, abra meus ouvidos, abrasa meu coração para que eu siga tua voz em todas as decisões, em todos os passos de minha jornada”.

Leitura (Verdade)
Qual a grande mensagem deste texto? O que entendo por “chamado de Deus”? O que significa para mim, deixar tudo e seguí-lo?
“O chamado de Jesus tem um dinamismo incrível. Os apóstolos deixaram as redes e – imediatamente – seguiram Jesus. André personifica o discípulo-missionário que aceita o convite e leva a Jesus seu irmão Pedro. A vocação, a partir do Evangelho, implica deixar tudo e seguir Jesus. É deixar um estilo de vida, é deixar critérios e valores, para assumir uma nova caminhada. E não há, em princípio, nenhuma garantia neste convite. É um cheque em branco que colocamos nas mãos do Senhor. Enquanto Pedro assume a liderança, de André se sabe muito pouco. Na sombra cultivou a fidelidade ao Mestre e foi anunciar a Boa-Nova em toda parte, confirmando-a com o sangue derramado.” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Quem é discípulo de Jesus está sempre atendo aos seus chamados. Como é minha prontidão e resposta aos chamados de Deus? Como vivo minha vocação de batizado, na Igreja? Minha adesão a Jesus Cristo me leva para o outro, me leva em missão, me faz discípulo enviado?

Oração (Vida)
“Pai Nosso, o Teu filho unigênito Jesus Cristo, ressuscitado dentre os mortos, confiou aos seus discípulos o mandato: “Ide e fazei discípulos todos os povos”. Recorda-nos que, pelo batismo, tornamo-nos participantes da missão da Igreja. Pelos dons do Espírito Santo, concede-nos a graça de sermos testemunhas do Evangelho, corajosos e vigilantes, para que a missão confiada à Igreja, ainda longe de estar realizada, encontre novas e eficazes expressões que levem vida e luz ao mundo. Ajuda-nos, Pai Santo, a fazer com que todos os povos possam encontrar-se com o amor e a misericórdia de Jesus Cristo, Ele que é Deus e convosco, vive e reina na unidade do Espírito Santo, agora e para sempre. Amém.” (Oração missionária).

Contemplação (Vida e Missão)
Contemplo a vocação dos primeiros discípulos, sua adesão e fidelidade, e por acreditar no Projeto de Jesus. faço o propósito de alguma ação concreta, em prol do outro,

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

Paulinas

[apss_share]