Liturgia diária, Vou para aquele que me enviou... - Jo 16,5-11

PRECISAMOS MUITO DE SUA AJUDA

Estimados irmãos venho aqui pedir a sua ajuda se possível for. Estamos com uma divida acumulada de R$ 4183,00. Pra complicar minha situação tenho pai acamado. Diante das dificuldades que todos estamos passando compreendo o qto esta difícil para todos, mas se vc tiver a possibilidade de AJUDAR COM UMA DOAÇÃO sera de muita ajuda para diminuir as dividas. .Clique aqui para Doar

6ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico A

19 de maio de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, concede-me o Espírito que me dá forças para enfrentar e vencer o mundo, e manter-me fiel a teu Filho Jesus.

PRIMEIRA LEITURA: At 16,22-34

Leitura dos Atos dos Apóstolos

Naqueles dias, 22a multidão dos filipenses levantou-se contra Paulo e Silas; e os magistrados, depois de lhes rasgarem as vestes, mandaram açoitar os dois com varas. 23Depois de açoitá-los bastante, lançaram-nos na prisão, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança. 24Ao receber essa ordem, o carcereiro levou-os para o fundo da prisão e prendeu os pés deles no tronco.
25À meia-noite, Paulo e Silas estavam rezando e cantando hinos a Deus. Os outros prisioneiros os escutavam. 26De repente, houve um terremoto tão violento que sacudiu os alicerces da prisão. Todas as portas se abriram e as correntes de todos se soltaram. 27O carcereiro acordou e viu as portas da prisão abertas. Pensando que os prisioneiros tivessem fugido, puxou da espada e estava para suicidar-se. 28Mas Paulo gritou com voz forte: “Não te faças mal algum! Nós estamos todos aqui”.
29Então o carcereiro pediu tochas, correu para dentro e, tremendo, caiu aos pés de Paulo e Silas. 30Conduzindo-os para fora, perguntou: “Senhores, que devo fazer para ser salvo?” 31Paulo e Silas responderam: “Crê no Senhor Jesus, e sereis salvos tu e todos os de tua família”.
32Então Paulo e Silas anunciaram a Palavra do Senhor ao carcereiro e a todos os de sua família. 33Na mesma hora da noite, o carcereiro levou-os consigo para lavar as feridas causadas pelos açoites. E, imediatamente, foi batizado junto com todos os seus familiares. 34Depois fez Paulo e Silas subirem até sua casa, preparou-lhes um jantar e alegrou-se com todos os seus familiares por ter acreditado em Deus.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 138(137

          — Ó Senhor, me estendeis o vosso braço e me ajudais.
— Ó Senhor, me estendeis o vosso braço e me ajudais.

— Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante os vossos anjos vou cantar-vos e ante o vosso templo vou prostrar-me.

— Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes e aumentastes o vigor da minha alma.

— Estendereis o vosso braço em meu auxílio e havereis de me salvar com vossa destra. Completai em mim a obra começada; ó Senhor, vossa bondade é para sempre! Eu vos peço: não deixeis inacabada esta obra que fizeram vossas mãos!

EVANGELHO:

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 5“Agora, parto para aquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: ‘Para onde vais?’ 6Mas, porque vos disse isto, a tristeza encheu os vossos corações. 7No entanto, eu vos digo a verdade: É bom para vós que eu parta; se eu não for, não virá até vós o Defensor; mas, se eu me for, eu vo-lo mandarei. 8E quando vier, ele demonstrará ao mundo em que consistem o pecado, a justiça e o julgamento: 9o pecado, porque não acreditaram em mim; 10a justiça, porque vou para o Pai, de modo que não mais me vereis; 11e o julgamento, porque o chefe deste mundo já está condenado”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

“Se eu não for, o Defensor não virá a vós. Mas, se eu for, eu o enviarei a vós.” O Senhor vai partir, subirá ao céu e nos enviará o Espírito Santo. O evangelista São Lucas, o grande narrador da Ascensão, tem em mente a figura do profeta Elias, que, ao ser arrebatado para o céu num carro de fogo, jogou o seu manto sobre Eliseu em sinal de partilha do dom do Espírito que o animou em seu ministério profético. Elias era figura de Jesus, que, ao subir ao céu, enviou o Espírito sobre toda a humanidade. O Espírito vem e mostra a culpa do mundo revelando o pecado, a justiça e o julgamento. Não acreditaram em Jesus, mas nem por isso ele deixa de ser o vencedor que sobe ao Pai. A justiça se faz e o chefe deste mundo é condenado. Os discípulos de Jesus, que se organizam em Igreja e dão continuidade à sua obra, precisam do Espírito da Verdade. Ele congrega a Igreja e a torna fermento bom no meio da massa da humanidade. O chefe deste mundo foi condenado, mas continua a agir. Paulo e Lídia deram início à comunidade de Filipos e logo veio a perseguição. No entanto, com a presença do Defensor, a perseguição se torna positiva. Ela mostra em quem acreditamos e dá a razão da nossa esperança.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

O Espírito Santo prometido por Jesus aos seus discípulos, também concedido a nós, nos guia e encoraja na missão de sermos testemunhas do Ressuscitado. Peçamos a graça de compreendermos o mistério da vida de Cristo que a Palavra hoje nos apresenta.

Rezemos: “Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.”

Leitura (Verdade)
A quem Jesus se dirige no Evangelho de hoje? Qual é o contexto da narrativa? Qual é a missão do Espírito Santo segundo este Evangelho?
“A linguagem deste texto é um tanto jurídica e enigmática. O Espírito assume o papel de advogado de defesa em um tribunal. Inocentando Jesus, o Espírito passa a contestar o mundo e seu representante, o Príncipe deste mundo. O pecado do mundo é não ter acreditado em Jesus. Agora ele é inocentado, enquanto o príncipe deste mundo é condenado. É um momento novo. Os discípulos assumem integralmente a missão na insegurança. Os horizontes não são claros e eles ainda não estão preparados. O novo é o Espírito Santo que assume sua missão, iluminando os apóstolos e os discípulos. Ele não livra a Igreja das perseguições, mas garante sua estabilidade. E a tristeza da semeadura se transformará na alegria da colheita, no momento certo.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Qual reflexão o Evangelho me leva a fazer? Deixo-me conduzir pelo Espírito Santo? Creio na força e poder do Espírito Santo atuando em mim como foi para os primeiros cristãos?Sinto-me consagrado(a) e enviado(a) para dar testemunho cristão no mundo para a construção do Reino?

Oração (Vida)
Apresente sua oração ao Senhor e peça também a graça da docilidade ao Espírito Santo para discernir e interpretar os sinais de Deus em sua vida.

“Divino Espírito Santo, necessitamos muito de vossa ajuda para conhecer o caminho que devemos seguir. Temos necessidade de Vós, para que o nosso coração, inundado pela vossa consolação, se abra e que, muito além das palavras e dos conceitos, possamos perceber a vossa presença. Ó Espírito Santo, que viveis na Igreja e em nós, sois nosso hóspede permanente sempre a modelar em nosso ser a figura e a forma de Jesus Cristo. Nós nos dirigimos também a vós, Maria, Mãe da Igreja, que vivestes a plenitude inebriante do Espírito Santo, experimentastes a sua força em vosso ser e o vistes operando em vosso filho Jesus, abri a nossa mente e o nosso coração à sua ação divina. Fazei com que tudo o que pensamos, fazemos ou ouvimos, todos os nossos gestos e todas as nossas palavras sejam tão somente abertura e disponibilidade a este único santo Espírito que forma a Igreja no mundo; edifica o corpo de Cristo na história; promove o testemunho da fé; consola e conforta; plenifica de confiança e de paz o nosso coração, mesmo em meio às dificuldades e tribulações. Dai-nos, ó Pai, o vosso Espírito Santo! Nós o pedimos, juntamente com Maria e com todos os santos, em nome de vosso Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém” (Cardeal Martini).

Contemplação (Vida e Missão)

Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção

Confira a Homilia do 6º. Domingo da Páscoa – A.Clique aqui

[apss_share]