Liturgia diária Eu sou o caminho, a verdade e a vida

3ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico C

22 de abril de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, meu coração anseia por estar em comunhão contigo, em tua casa, lugar que Jesus preparou para mim. Que eu persevere sempre no caminho que me leva a ti.

PRIMEIRA LEITURA: At 13,26-33

Leitura dos Atos dos Apóstolos – Naqueles dias, tendo chegado a Antioquia da Pisídia, Paulo disse na sinagoga: 26“Irmãos, descendentes de Abraão, e todos vós que temeis a Deus, a nós foi enviada esta mensagem de salvação. 27Os habitantes de Jerusalém e seus chefes não reconheceram a Jesus e, ao condená-lo, cumpriram as profecias que se leem todos os sábados. 28Embora não encontrassem nenhum motivo para a sua condenação, pediram a Pila­tos que fosse morto. 29Depois de realizarem tudo o que a Escritura diz a respeito de Jesus, eles o tiraram da cruz e o puseram num túmulo. 30Mas Deus o ressuscitou dos mortos 31e, durante muitos dias, ele foi visto por aqueles que o acompanharam desde a Galileia até Jerusalém. Agora eles são testemunhas de Jesus diante do povo.
32Por isso, nós vos anunciamos este Evangelho: a promessa que Deus fez aos antepassados, 33ele a cumpriu para nós, seus filhos, quando ressuscitou Jesus, como está escrito no salmo segundo: “Tu és o meu filho, eu hoje te gerei”. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 2

— Tu és meu Filho, eu hoje te gerei!
— Tu és meu Filho, eu hoje te gerei!

— “Fui eu mesmo que escolhi este meu Rei e em Sião, meu monte santo, o consagrei!” O decreto do Senhor promulgarei, foi assim que me falou o Senhor Deus: “Tu és meu Filho, e eu hoje te gerei!”

— Podes pedir-me, e em resposta eu te darei por tua herança os povos todos e as nações, e há de ser a terra inteira o teu domínio. Com cetro férreo haverás de dominá-los, e quebrá-los como um vaso de argila!

— E agora, poderosos, entendei; soberanos, aprendei esta lição: Com temor servi a Deus, rendei-lhe glória e prestai-lhe homenagem com respeito!

EVANGELHO: Jo 14,1-6 

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 1“Não se perturbe o vosso coração. Tendes fé em Deus, tende fé em mim também. 2Na casa de meu Pai, há muitas moradas. Se assim não fosse, eu vos teria dito. Vou preparar um lugar para vós, 3e quando eu tiver ido preparar-vos um lugar, voltarei e vos levarei comigo, a fim de que onde eu estiver estejais também vós. 4E para onde eu vou, vós conheceis o caminho”.
5Tomé disse a Jesus: “Senhor, nós não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” 6Jesus respondeu: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Ninguém vai ao Pai senão por mim. Estamos ouvindo o longo sermão de Jesus durante a última Ceia, depois do Lava-pés, antes de saírem todos para o Getsêmani onde se dará a prisão de Jesus. Num sermão de despedida, ele procura dar segurança aos seus discípulos, tirando-lhes o medo. O medo tem inicialmente duas direções, uma em relação ao fim e outra em relação aos meios. Em relação ao fim, a pergunta é sempre: Vai dar certo? Vai dar certo o meu casamento? Vai dar certo a minha ordenação? Vai dar certo a minha consagração religiosa? Vai dar certo a faculdade que comecei? E assim por diante. O fim será um sucesso ou será um fracasso? Sabemos que não podemos fazer uma longa caminhada e voltar atrás. Talvez seja possível uma vez, mas duas, dificilmente. Não temos tempo para isso porque a idade avança. Mas não tenhamos medo quanto ao fim. Ele está garantido. Jesus vai à frente preparar um lugar para nós na casa de seu Pai onde há muitas moradas. Sim, mas e os meios para lá chegar? Qual é o caminho? Se pegarmos um atalho que nos dê trabalho? “Eu sou o caminho, a verdade e a vida.” Eu sou o verdadeiro caminho que leva à vida. É por mim que se chega ao Pai. Fim e meios estão garantidos. Não se perturbe o nosso coração.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Iniciemos a nossa oração considerando, desde agora, o que trazemos dentro de nós, pois, no Evangelho de hoje, Jesus pede que não fiquemos com o coração perturbado.
Peçamos ao Espírito Santo para que estejamos atentos ao que o Senhor vai nos falar por meio de sua Palavra. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)
No Evangelho de hoje, logo no primeiro versículo, Jesus diz: “Não se perturbe o vosso coração! Credes em Deus, crede também em mim”.
Faça a leitura do texto e procure outros semelhantes, nos quais Jesus fale aos discípulos que eles sabem o caminho por onde devem segui-lo. Quem o segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida. Procure, durante a leitura, destacar o que mais lhe chama atenção e refletir sobre o tema central do texto bíblico.

Meditação (Caminho)
Neste momento de meditação, releia o texto, com calma, e procure perceber o que ele diz diretamente a você.
Como diz o Evangelho, quem segue a Jesus não fica com o coração perturbado, pois o Senhor o(a) acompanha. Abra o coração e deixe Deus falar com você por meio de sua Palavra.

Oração (Vida)
Ao ouvir o que Deus lhe diz, nasce em você o desejo de falar com Ele também. Sim, este é o momento em que você apresenta ao Senhor, por meio de seu Filho Jesus Cristo e o Espírito Santo, tudo que se passa em sua mente e seu coração. Lembre-se também de apresentar a Ele as intenções e as realidades das pessoas que o(a) cercam e do povo de Deus. O momento é seu e do Senhor: Ele quer ouvi-lo(a), não tenha medo de contar sua história.

Contemplação (Vida e Missão)
O que a Palavra o(a) leva a experimentar neste momento? Olhe para dentro de si, para seus sentimentos, e reflita: o que se passa em seu coração? Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Sintetize em uma palavra ou frase o que você gostaria de levar consigo durante o dia, para que isso o(a) ajude a viver melhor.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]