Oração diária, Senhor, purifica-me! - Mc 1,40-45

1ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

16 de janeiro de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Senhor Jesus, move meu coração para fazer o bem a quem precisa de misericórdia. Que eu seja tua presença amorosa junto deles.

PRIMEIRA LEITURA: 1Sm 4,1-11

Leitura do Primeiro Livro de Samuel

1Naqueles dias, os filisteus reuniram-se para fazer guerra a Israel. Israel saiu ao encontro dos filisteus, acampando perto de Eben-Ezer, enquanto os filisteus, de sua parte, avançaram até Afec 2e puseram-se em linha de combate diante de Israel.
Travada a batalha, Israel foi derrotado pelos filisteus. E morreram naquele combate, em campo aberto, cerca de quatro mil homens. 3O povo voltou ao acampamento e os anciãos de Israel disseram: “Por que fez o Senhor que hoje fôssemos vencidos pelos filisteus? Vamos a Silo buscar a arca da aliança do Senhor para que ela esteja no meio de nós e nos salve das mãos dos nossos inimigos”.
4Então o povo mandou trazer de Silo a arca da aliança do Senhor todo-poderoso, que se senta sobre querubins. Os dois filhos de Eli, Hofni e Fineias, acompanhavam a arca. 5Quando a arca da aliança do Senhor chegou ao acampamento, todo Israel rompeu num grande clamor, que ressoou por toda a terra.
6Os filisteus, ouvindo isso, diziam: “Que gritaria é essa tão grande no campo dos hebreus?” E souberam que a arca do Senhor tinha chegado ao acampamento.
7Os filisteus tiveram medo e disseram: “Deus chegou ao acampamento!” E lamentavam-se: 8“Ai de nós! Porque os hebreus não estavam com essa alegria nem ontem nem anteontem. Ai de nós! Quem nos salvará da mão desses deuses tão poderosos? Foram eles que afligiram o Egito com toda espécie de pragas no deserto. 9Mas coragem, filisteus, portai–vos como homens, para que não vos torneis escravos dos hebreus como eles o foram de vós! Sede homens e combatei!
10Então os filisteus lançaram–se à luta, Israel foi derrotado e cada um fugiu para a sua tenda. O massacre foi grande: do lado de Israel tombaram trinta mil homens. 11A arca de Deus foi capturada e morreram os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 44(43)

        — Libertai-nos, Senhor, pela vossa compaixão!
— Libertai-nos, Senhor, pela vossa compaixão!

— Porém, agora nos deixastes e humilhastes, já não saís com nossas tropas para a guerra! Vós nos fizestes recuar ante o inimigo, os adversários nos pilharam à vontade.

— De nós fizestes o escárnio dos vizinhos, zombaria e gozação dos que nos cercam; para os pagãos somos motivo de anedotas, zombam de nós a sacudir sua cabeça.

— Levantai-vos, ó Senhor, por que dormis? Despertai! Não nos deixeis eternamente! Por que nos escondeis a vossa face e esqueceis nossa opressão, nossa miséria?

EVANGELHO: Mc 1,40-45

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus, e de joelhos pediu: “Se queres, tens o poder de curar-me”. 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele, e disse: “Eu quero: fica curado!” 42No mesmo instante, a lepra desapareceu, e ele ficou curado. 43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: “Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!”
45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Ilumine o seu dia com a palavra de Jesus: “Eu quero, fica purificado”. Purificação do corpo, da alma, da mente, do coração. Recordações desagradáveis, mágoas grandes e pequenas. Aproxime-se hoje de Jesus, ponha-se de joelhos e peça o que quiser. Tenha depois a paciência de esperar. O bem-aventurado Carlos de Jesus, o Padre de Foucauld, certa vez conversou em oração com Jesus, dizendo que tanta gente pedia tanta coisa que Jesus podia lhe dar o que sobrava e o que ninguém pedia. Mas que lhe desse também fé e coragem. Certamente o melhor pedido é “seja feita a vossa vontade”. Jesus se encheu de compaixão quando o leproso se aproximou dele. Confiemos em Jesus e peçamos o que precisarmos, lembrando-nos, porém, de que ele nos chamou para pescarmos gente. Encha-se de compaixão, estenda a mão, dê apoio, dê suporte. Proclame o Evangelho com gestos e atitudes. Proclame o Evangelho com a vida. O encontro com Jesus trouxe ao leproso a alegria da cura. A Boa Notícia não pode ser abstrata. Deve trazer alegria para quem está triste.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
O leproso aproximou-se. Jesus encheu-se de compaixão por este leproso que se aproximou dele, e estendendo a mão o toca.
Aproxime-se de Jesus e deixe-se tocar por Ele. Faça silêncio. Feche os olhos e imagine a cena. Você se aproxima e Jesus o(a) toca.
Depois reze com a letra desta música: “Toca-me Senhor Toca-me Senhor Pois eu quero mais do teu amor. Toca-me Senhor Toca-me Jesus. Eu preciso tanto andar em tua luz. As lutas são difíceis as vezes venho a desanimar. Mas clamo vem senhor me tocar .Sinto bem pertinho seu toque com carinho me fazendo retornar ao caminho. Toca-me Senhor Toca-me Senhor Pois eu quero mais do teu amor Toca-me .”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Faça a leitura do Evangelho com um olhar atento em Jesus. Preste atenção em sua fala, suas atitudes, seus sentimentos. Quem se aproxima de Jesus? O que essa pessoa deseja? Qual a atitude de Jesus diante dessa pessoa? Qual ordem Ele lhe dá? Depois de ter sido curado, qual é a atitude do leproso?
“Mais que os outros, cegos, pobres, aleijados e leprosos entenderam que a Boa-Nova era para todos, especialmente para os mais sofredores. No mundo bíblico, era chamada de lepra tanto a hanseníase como as outras doenças de pele, nem todas contagiosas. O Antigo Testamento desconhecia qualquer tipo de tratamento para a lepra e prescrevia apenas o isolamento. Se esse homem encontrou Jesus e pôde falar com ele é porque Jesus circulava nos lugares onde estas pessoas viviam. Tocando nele, Jesus se contagia com sua impureza, segundo as normas da lei. Jesus sempre vai ao encontro dos que sofrem, sempre estende a mão. Ele não quer ser conhecido como milagreiro. É aquele que anuncia a Boa-Nova da salvação.” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Você sente compaixão pelas pessoas necessitadas? É capaz de estender a mão e tocar a “ferida” daqueles que se aproximam de você? O que o gesto de Jesus provoca em você? Os leprosos eram as pessoas mais desprezíveis e excluídas da sociedade, na época de Jesus. Quem são os excluídos de nossa sociedade hoje? Essa atitude de compaixão para com as pessoas necessitadas é a que Jesus espera de nós.

Oração (Vida)
Rezemos com Santa Teresa de Calcutá: “Senhor, Tu queres as minhas mãos para passar este dia ajudando os pobres e doentes necessitados? Senhor, hoje eu te dou as minhas mãos. Senhor, Tu queres os meus pés para passar este dia visitando aqueles que têm necessidade de um amigo? Senhor, hoje eu te dou os meus pés. Senhor, Tu queres a minha voz para passar este dia falando com aqueles que têm necessidade de palavras de amor? Senhor, hoje eu te dou a minha voz. Senhor, Tu queres o meu coração para passar este dia amando cada ser humano só porque é um ser humano? Senhor, hoje eu te dou o meu coração.”

Contemplação (Vida e Missão)
Contemple a atitude e as palavras de Jesus que mais tocaram seu coração. O que esta Palavra o(a) impulsiona a viver? Inspirado(a) na oração de Teresa de Calcutá, verbalize ou escreva para quem você quer ser Jesus hoje?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas