Liturgia diária Oração é a sua união com Deus. - Mt 6,7-15

1ª Semana da Quaresma – Ano Litúrgico A

03 de março de 2020

Deseja ler a liturgia diária do dia 02 de março Clique aqui

ORAÇÃO DO DIA

Espírito do Pai, leva-me a transformar em vida a minha oração, e a descobrir, na oração, o sentido da minha vida.

PRIMEIRA LEITURA: Is 55,10-11

Leitura do Livro do Profeta Isaías – Isto diz o Senhor: 10Assim como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam mais, mas vêm irrigar e fecundar a terra, e fazê-la germinar e dar semente, para o plantio e para a alimentação, 11assim a palavra que sair de minha boca, não voltará para mim vazia; antes, realizará tudo que for de minha vontade e produzirá os efeitos que pretendi, ao enviá-la.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 34(33)

         — O Senhor liberta os justos de todas as angústias.
— O Senhor liberta os justos de todas as angústias.

— Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.

— Contemplai a sua face e alegrai-vos, e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda a angústia.

— O Senhor pousa seus olhos sobre os justos, e seu ouvido está atento ao seu chamado; mas ele volta a sua face contra os maus, para da terra apagar sua lembrança.

— Clamam os justos, e o Senhor bondoso escuta e de todas as angústias os liberta. Do coração atribulado ele está perto e conforta os de espírito abatido.

EVANGELHO: Mt 6,7-15

        – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
7“Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras.
8Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. 9Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. 11O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. 12Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. 13E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
14De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. 15Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Hoje em dia se fala em “mantras”, pequenas frases que se repetem. Antigamente dávamos a elas o nome de jaculatórias, como pequenas setas dirigidas ao coração de Deus. Cada frase do Pai-Nosso pode ser um mantra a ser repetido muitas vezes durante o dia. “Seja feita a vossa vontade”, “Não nos deixeis cair em tentação”, “Livrai-nos do mal”. Depois de invocar o Pai, fazemos duas séries de pedidos. Falamos primeiro dele: o vosso nome, o vosso Reino, a vossa vontade. Depois, pensamos em nós: nosso pão, nossos pecados, nós mesmos. Nos três primeiros pedidos olhamos para Deus, a quem chamamos de nosso Pai, e olhamos para frente, para a vontade de Deus plenamente realizada no seu Reino por ele mesmo santificado. Olhamos para Deus com os pés firmes na realidade do nosso mundo. Que não nos falte o pão de cada dia, que o perdão embeleze os nossos relacionamentos e sejamos protegidos das tentações do Maligno. As palavras conclusivas reforçam a importância do perdão. Perdoe sempre. Você se sentirá melhor.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje, como discípulo(a) de Jesus peço que Ele me ensine orar. Coloco-me na escola de Jesus e abro bem meus ouvidos, minha alma, todo meu ser para compreender tudo o que Ele me ensina com a oração do Pai-Nosso.
Oro: Trindade Santa, dai-me a graça de estar bem perto de Jesus para me concentrar em sua Palavra. Faço o sinal da cruz sobre meu corpo, Templo de Deus: “Em nome do Pai, do Filho e do Santo Espírito. Amém.”

Leitura (Verdade)
A oração de Jesus começa com uma invocação que dá o tom próprio de toda a oração. Esta oração nos faz experimentar Deus como Pai querido e próximo: Pai nosso, Pai de Jesus e nosso Pai, Pai de todos nós, sem exceção. Assim como filhos devemos nos dirigir a Deus, em qualquer momento e circunstância.
“Os apóstolos conheciam as longas e numerosas orações feitas pelos fariseus e doutores da lei. Eles percebem que existe outro modo de rezar e, por isso, pedem a Jesus que os ensine. A oração de Jesus se divide em duas partes. Na primeira parte fala das coisas do Pai: o Nome, a Vontade e o Reino. É a oração do louvor. Mas o Pai sabe que seus filhos sofrem muitas dificuldades e, por isso, na segunda parte, eles são autorizados a pedir. Aí entra o pão de cada dia, o perdão das ofensas, a capacidade de perdoar e a possibilidade de evitar o mal. São as duas dimensões de nossa oração. O Pai-Nosso é a síntese do Reino de Deus. Porque ele é Pai, todos somos irmãos. O Pai-Nosso é também profecia. Um dia isto acontecerá.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o Evangelho de hoje dia para mim? Minha oração está perspectiva dos cristão ou dos pagãos?
Na segunda parte do Pai-Nosso Jesus nos ensina invocar o Pai a partir de nossa fragilidade. O que Jesus pede ao Pai nesta oração que faz com seus discípulos? Eu confio no amor de Deus Pai, como um filho, uma filha? Peço que Ele esteja sempre perto como um pai a seu filho(a)?

Oração (Vida)
Rezo a oração do Pai-Nosso não apenas com os lábios, mas com o coração e a mente atento(a) às palavras que pronuncio. Rezo-o como se fosse a primeira vez:
“”Pai nosso, que estás nos céus!
Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino;
seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.
Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.
Perdoa as nossas dívidas,assim como perdoamos aos nossos devedores.
E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal,
porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre.”( Mt 6, 9 -13)

Contemplação (Vida e Missão)
Contemplo a beleza de ser filho(a) do Pai Criador de todo o Universo. É Ele que nos enche de vida, nos educa e está sempre de braços abertos para nos acolher e nutrir com seu amor. Neste dia quero mergulhar muitas vezes na ternura de Deus Pai.

Bênção
Benção especial da Quaresma

  • Deus Pai de misericórdia, conceda a todos, como concedeu ao filho pródigo, a alegria do retorno a casa. Amém.
  • O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, nos guie nesta jornada quaresmal a uma verdadeira conversão. Amém.
  • O Espírito de sabedoria e fortaleza nos sustente na luta contra o mal, para podermos com Cristo celebrar a vitória da Páscoa. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.
    Ir. Carmen Maria Pulga