Oração diária, Por que esta geração pede um sinal? - Mc 8,11-13

6ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

17 de fevereiro de 2020

Deseja ler a liturgia diária do dia 16 de fevereiro Clique aqui

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me sensibilidade para reconhecer a messianidade de teu filho Jesus manifestada no bem que ele fez ao povo e no seu modo simples de ser.

PRIMEIRA LEITURA: Tg 1,1-11

Leitura da Carta de São Tiago

1Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que vivem na dispersão: Saudações. 2Meus irmãos, quando deveis passar por diversas provações, considerai isso motivo de grande alegria, 3por saberdes que a comprovação da fé produz em vós a perseverança. 4Mas é preciso que a perseverança gere uma obra de perfeição, para que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma.
5Se a alguém de vós falta sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem impor condições; e ela lhe será dada. 6Mas peça com fé, sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida e agitada pelo vento. 7Não pense tal pessoa que receberá alguma coisa do Senhor: 8o homem de duas almas é inconstante em todos os seus caminhos.
9O irmão humilde pode ufanar-se de sua exaltação, 10mas o rico deve gloriar-se de sua humilhação. Pois há de passar como a flor da erva. 11Com efeito, basta que surja o sol com o seu calor, logo seca a erva, cai a sua flor, e desaparece a beleza do seu aspecto. Assim também acabará por murchar o rico no meio de seus negócios

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 119(118)

 Venha a mim o vosso amor e viverei.

— Antes de ser por vós provado, eu me perdera; mas agora sigo firme em vossa lei!

— Porque sois bom e realizais somente o bem, ensinai-me a fazer vossa vontade!

— Para mim foi muito bom ser humilhado, porque assim eu aprendi vossa vontade!

— A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

— Sei que os vossos julgamentos são corretos e com justiça me provastes, ó Senhor!

— Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes.

EVANGELHO: Mc 8,11-13

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 11os fariseus vieram e começaram a discutir com Jesus. E, para pô-lo à prova, pediam-lhe um sinal do céu. 12Mas Jesus deu um suspiro profundo e disse: “Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal”. 13E, deixando-os, Jesus entrou de novo na barca e se dirigiu para a outra margem.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Os evangelistas contam que os fariseus discutiram com Jesus e fizeram provocações pedindo um sinal do céu. O texto de São Marcos, que estamos lendo, é mais sucinto e resumido. Os fariseus pediram um sinal do céu. Jesus deu um suspiro profundo e disse que nenhum sinal lhes seria dado. E foi-se embora. Querem um sinal do céu? Não vão ter sinal do céu. Se não vão ter sinal do céu, que sinal lhes será dado? Aqui se diz que nenhum sinal lhes será dado. Nenhum sinal em absoluto ou nenhum sinal do céu, mas sim sinal da terra. Eles terão um sinal da terra. O que poderia ser um sinal do céu? Fenômenos extraordinários, revoada de anjos, estrelas caindo e coisas parecidas com shows pirotécnicos. E um sinal da terra, qual seria? O desempregado que foi contratado, o doente que recebeu alta ou que foi atendido, o drogado que aceitou tratamento, projetos governamentais voltados para o bem-estar do povo, ambiente familiar agradável, e tudo o que faz a vida de cada dia, com destaque para os gestos de solidariedade. O suspiro de Jesus foi de impaciência, e o fato de ele ter ido embora indica uma quase desistência em relação aos fariseus. Certamente Jesus não deixou de acreditar nos fariseus. São Paulo apóstolo era de uma família de fariseus. A impaciência de Jesus é com o pedido. Sinal do céu é alienação, é vontade de não se comprometer com o que acontece na terra, é não querer ver e admirar os atos de solidariedade fraterna.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Acalmo-me…, aquieto minha mente, minhas emoções e entro em diálogo com Deus. Quero estar consciente de como eu falo com Deus, o que digo, o que peço. Quero escutar, sem justificativas, o que Ele tem para me dizer. Rezo:
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e iluminai-me!
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e purificai-me!
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e fortalecei-me!
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e santificai-me!
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e consolai-me!
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e transformai-me!
Vinde, Santo Espírito, ao meu coração, e (…..pode-se acrescentar outras invocações)

Leitura (Verdade)
Releia o Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque os verbos e os personagens deste texto. O que o texto diz?
“Os fariseus não estavam à procura da verdade. Queriam apenas justificar-se e justificar suas teorias. Eles – de forma consciente – se fechavam à verdade. Jesus não é um mágico e não quer fazer exibições do seu poder. Para os que têm fé, o milagre é dispensável, para os que não têm fé, o milagre é inútil. O grande sinal será o do profeta Jonas, que ficou três dias no ventre do peixe. Jesus ficou três dias no coração da morte. A ressurreição é o grande sinal. De resto nossa vida está cheia de sinais do amor e da ternura de nosso Deus. Na sofrida história humana e na história da Igreja é possível perceber os sinais dos tempos, os sinais de Deus. Ele nos visita, muitas vezes, através dos acontecimentos.” (Viver a Palavra- 2020 – Frei Aldo Colombo- Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Minha fé está sempre a pedir sinais para Deus? Agradeço os sinais de sua presença na criação, na comunidade e na minha vida? O que acontece entre Jesus e os fariseus? Quando eu corro o risco de me comportar como eles, ou, sinto-me imune de um comportamento farisaico?

Oração (Vida)
Juntamente com a oração que nasce de seu coração, reze:
“Senhor Deus de Bondade, venho diante de ti para agradecer todo o bem que realizas na minha vida. Muito obrigado pelo ar que respiro, pelo alimento à minha mesa, pelas pessoas que amo. Muito obrigado pela luz que vem do teu Espírito Santo.
Eu te peço, Senhor, que sempre ilumine meus passos e meus caminhos com o brilho da tua sabedoria. Dá-me bom senso, lucidez e discernimento para não me entregar a falsas ilusões.
Protege a minha família e a todos os que eu amo de qualquer erro ou engano. Mostra-me sempre a beleza da tua verdade e do teu amor, para que eu possa ser instrumento da Sabedoria que vem de ti. Tudo isso eu te peço por Jesus Cristo, teu filho e nosso irmão, na força e na unidade do Espírito Santo,Amém!”

Contemplação (Vida e Missão)
Contemplo e acolho as visitas de Deus em minha vida. Que Palavra quero levar para o meu dia? Como quero que ela transforme minha vida?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.
    Paulinas