Oração diária, O Filho do Homem é Senhor também do sábado - Mc 2,23-28

2ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

21 de janeiro de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, ensina-me a ser fiel a ti, vivendo os Mandamentos, sem fanatismo, e sim com a liberdade de quem está em plena sintonia contigo.

PRIMEIRA LEITURA: 1Sm 16,1-13

Leitura do Primeiro Livro de Samuel

Naqueles dias, 1o Senhor disse a Samuel: “Até quando ficarás chorando por causa de Saul, se eu mesmo o rejeitei para que não reine mais sobre Israel? Enche o chifre de óleo e vem, para que eu te envie à casa de Jessé de Belém, pois escolhi um rei para mim entre os seus filhos”.

2Samuel ponderou: “Como posso ir? Se Saul o souber, vai me matar”. O Senhor respondeu: “Tomarás contigo uma novilha da manada, e dirás: ‘Vim para oferecer um sacrifício ao Senhor’. 3Convidarás Jessé para o sacrifício. Eu te mostrarei o que deves fazer, e tu ungirás a quem eu te designar”. 4Samuel fez o que o Senhor lhe disse, e foi a Belém. Os anciãos da cidade vieram-lhe ao encontro, e perguntaram: “É de paz a tua vinda?” 5“Sim, é de paz”, respondeu Samuel. Vim para fazer um sacrifício ao Senhor. Purificai-vos e vinde comigo, para que eu ofereça a vítima”. Ele purificou então Jessé e seus filhos e convidou-os para o sacrifício.

6Assim que chegaram, Samuel viu a Eliab, e disse consigo: “Certamente é este o ungido do Senhor!” 7Mas o Senhor disse-lhe: “Não olhes para a sua aparência nem para a sua grande estatura, porque eu o rejeitei. Não julgo segundo os critérios do homem: o homem vê as aparências, mas o Senhor olha o coração”. 8Então Jessé chamou Abinadab e apresentou-o a Samuel, que disse: “Também não é este que o Senhor escolheu”. 9Jessé trouxe-lhe depois Sama, e Samuel disse: “A este tampouco o Senhor escolheu”.

10Jessé fez vir seus sete filhos à presença de Samuel, mas Samuel disse: “O Senhor não escolheu a nenhum deles”. 11E acrescentou: “Estão aqui todos os teus filhos?” Jessé respondeu: “Resta ainda o mais novo, que está apascentando as ovelhas”. E Samuel ordenou a Jessé: “Manda buscá-lo, pois não nos sentaremos à mesa, enquanto ele não chegar”. 12Jessé mandou buscá-lo. Era ruivo, de belos olhos e de formosa aparência. E o Senhor disse: “Levanta-te, unge-o: é este!” 13Samuel tomou o chifre com óleo e ungiu Davi na presença de seus irmãos. E a partir daquele dia, o espírito do Senhor se apoderou de Davi. A seguir, Samuel se pôs a caminho e voltou para Ramá.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 89(88)

       — Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor.
— Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor.

— Outrora vós falastes em visões a vossos santos: “Coloquei uma coroa na cabeça de um herói e do meio deste povo escolhi o meu Eleito.

— Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, e o ungi, para ser rei, com meu óleo consagrado. Estará sempre com ele a minha mão onipotente e meu braço poderoso há de ser a sua força.

— Ele, então, me invocará: ‘Ó Senhor, vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!’ E por isso farei dele o meu filho primogênito, sobre os reis de toda a terra farei dele o Rei altíssimo”.

EVANGELHO: Mc 2,23-28

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

23Jesus estava passando por uns campos de trigo, em dia de sábado. Seus discípulos começaram a arrancar espigas, enquanto caminhavam. 24Então os fariseus disseram a Jesus: “Olha! Por que eles fazem em dia de sábado o que não é permitido?”
25Jesus lhes disse: “Por acaso, nunca lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando passaram necessidade e tiveram fome? 26Como ele entrou na casa de Deus, no tempo em que Abiatar era sumo sacerdote, comeu os pães oferecidos a Deus, e os deu também aos seus companheiros? No entanto, só aos sacerdotes é permitido comer esses pães”. 27E acrescentou: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem é senhor também do sábado”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

Fabiano, Sebastião, Inês são seguidores de Jesus que souberam colocar cada coisa em seu lugar. Não inverteram valores e aceitaram morrer pelo que lhes parecia ser o valor supremo, e de fato era. A defesa que os fariseus faziam da observância do sábado podia estar equivocada, mas era séria. A observância dos preceitos dados a Israel significava amor e obediência a Deus. Os mártires macabeus, a mãe e os sete irmãos, aceitaram morrer para não transgredir a lei de “kasherùt”, dos alimentos permitidos ou proibidos. O que Jesus ensina com clareza e simplicidade é que em primeiro lugar vem o ser humano e tudo mais existe para o bem do ser humano. O próprio sábado, na sua origem, visava ao descanso necessário para o bem-estar das pessoas. O descanso abrangia escravos e animais. O problema aparece quando os homens e as mulheres, que gostam de leis para ver tudo bem enquadrado e não terem trabalho de pensar diante de cada situação humana, criam jurisprudência e transformam os preceitos em leis religiosas. Deus não perde quando o homem ganha, Deus não perde quando a ciência progride.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A Lei só tem valor se está a serviço da necessidade humana, e o Evangelho de hoje nos convida a colocar a vida em primeiro lugar.
Faço silêncio interior e abro os ouvidos do meu coração para que essa Palavra ponha raízes em mim.
“Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, liberta-me de tudo aquilo que não me coloca a serviço da vida.”
Mantra cantado: “Jesus Divino Mestre, nascemos do teu amor, do teu amor para o teu amor, queremos servir e te adorar”.

Leitura (Verdade)
Faça a leitura do texto quantas vezes julgar necessário, observe os personagens, suas falas e suas ações e identifique o tema central do Evangelho.
“Um novo conflito na Galileia é narrado por Marcos. Desta vez envolve a observância do sábado, algo sagrado e inquestionável para os israelitas. Não é Jesus o acusado, mas seus discípulos. Quem levanta a questão são os fariseus. De fato, esta questão causou problemas no cristianismo primitivo. Mesmo Jesus não tendo ressuscitado no sábado, mas no primeiro dia da semana, muitos alimentavam dúvidas. Jesus justifica a prática de seus discípulos, colocando a pessoa e a vida acima do sábado. As leis devem ser observadas. Mas acima delas existe o valor que elas representam. E Paulo garante que a lei fria pode matar. Em nome da lei se criaram conflitos, divisões e guerras. Ela pode dividir, só o amor une.”(Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Retenha em sua mente o tema central do Evangelho e escute o que o Senhor quer lhe falar.
Como são suas atitudes perante as leis de proteção à vida?

Oração (Vida)
Este momento de oração deve entender-se a todo o dia. A oração é o coração da amizade com Jesus, é um instante de diálogo, no qual Jesus se dá a conhecer, fala-nos ao coração, e como amigo se apresenta no cotidiano de nossa vida. Entre na intimidade com o Mestre Divino e abra seu coração em preces por suas necessidades e pela humanidade.

Contemplação (Vida e Missão)
“O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. Desse modo, o Filho do Homem é Senhor também do sábado”. Qual é a aplicação destas Palavras em sua vida?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.