Liturgia diária O Pai do Céu não quer que ninguém se perca - Mt 18,12-14

2ª do Advento – Ano Litúrgico A

10 de dezembro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que eu te dê a alegria de estar sempre em comunhão contigo, e ir ao encontro de quem se extraviou para reconduzi-lo ao amor.

PRIMEIRA LEITURA: Is 40,1-11

Leitura do Livro do Profeta Isaías – 1Consolai o meu povo, consolai-o! — diz o vosso Deus. 2Falai ao coração de Jerusalém e dizei em alta voz que sua servidão acabou e a expiação de suas culpas foi cumprida; ela recebeu das mãos do Senhor o dobro por todos os seus pecados.
3Grita uma voz: “preparai no deserto o caminho do Senhor, aplainai na solidão a estrada de nosso Deus. 4Nivelem-se todos os vales, rebaixem-se todos os montes e colinas; endireite-se o que é torto e alisem-se as asperezas: 5a glória do Senhor então se manifestará, e todos os homens verão juntamente o que a boca do Senhor falou”.
6Dizia uma voz: “Grita!” E respondi: “Que devo gritar?” A criatura humana é feno, toda a sua glória é como flor do campo; 7seca o feno, murcha a flor ao soprar o Senhor sobre eles. Sim, o povo é feno. 8Seca o feno, murcha a flor, mas a palavra de nosso Deus fica para sempre. 9Sobe a um alto monte, tu, que trazes a boa nova a Sião; levanta com força a tua voz, tu, que trazes a boa nova a Jerusalém, ergue a voz, não temas; dize às cidades de Judá: “Eis o vosso Deus, 10eis que o Senhor Deus vem com poder, seu braço tudo domina: eis, com ele, sua conquista, eis à sua frente a vitória. 11Como um pastor, ele apascenta o rebanho, reúne, com a força dos braços, os cordeiros e carrega-os ao colo; ele mesmo tange as ovelhas-mães”

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 95(96)

— Olhai e vede: o nosso Deus vem com poder!
— Olhai e vede: o nosso Deus vem com poder!

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome! Dia após dia anunciai sua salvação.

— Manifestai a sua glória entre as nações, e entre os povos do universo seus prodígios! Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” E os povos ele julga com justiça.

— O céu se rejubile e exulte a terra, aplauda o mar com o que vive em suas águas; os campos com seus frutos rejubilem e exultem as florestas e as matas.

— Na presença do Senhor, pois ele vem, porque vem para julgar a terra inteira. Governará o mundo todo com justiça, e os povos julgará com lealdade.

EVANGELHO: Mt 18,12-14

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos: 12Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas, para procurar aquela que se perdeu?
13Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela, do que com as noventa e nove que não se perderam. 14Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

Comentário do Evangelho

O Senhor está vindo cada dia até nós como um Bom Pastor preocupado com suas ovelhas. Ele se preocupa muito com a ovelha que se extravia e deixa tudo até encontrá-la. Ele vai ao encontro da ovelha desgarrada como vem ao nosso encontro hoje. Muitas vezes andamos desgarrados. Talvez hoje eu esteja desgarrado. O Pai não deseja que ninguém se perca. Que bom se Jesus me encontrar! Se ele me encontrar, vai curar minhas feridas e me estreitar em seu regaço. Assim unidos, posso sair com ele à procura de outras tantas ovelhas dispersas pelo mundo afora. Quanta gente boa que não conhece Jesus! Quanta gente ruim por não conhecer Jesus. Disperso e recuperado, não mais desgastado, disponho-me a ir, por Jesus e seu Evangelho, ao encontro de quem precisa das palavras do Mestre, de quem perdeu a alegria e não sabe nada de Jesus. O Evangelho fala de noventa e nove ovelhas que o pastor deixa para ir à procura de uma única que se perdeu. Hoje, temos a sensação de que noventa e nove se perderam e ficamos só com uma. Lembremo-nos de que estamos no Tempo litúrgico do Advento, aguardando a vinda final de Jesus Cristo e preparando-nos para celebrar o Natal. Ele veio realizar a vontade do Pai que não quer que se perca “nenhum desses pequenos”. Pequenos são todos os discípulos de Jesus Cristo, as crianças, os humildes deste mundo. Por nós todos o Menino que nasce vai entregar a sua vida.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Amado Jesus, como é bom sentir-se amado mesmo quando a consciência nos fala que erramos, que andamos por caminhos não seguros. Esse Evangelho me faz rezar o salmo 23: “O Senhor é meu pastor […] ainda que eu ande por um vale, escuro como a morte, não temerei mal algum, porque tu me proteges e me sustentas”. Tu, só tu és um Pastor Bom, que arrisca a vida por mim. Eu louvo e agradeço teu carinhoso cuidado com cada um de nós.
Permaneço uns instantes em silêncio numa prece de abertura ao amor de Deus e em profunda gratidão por sua infinita bondade.

Leitura (Verdade)
“A imagem do pastor e suas ovelhas é comum no Antigo Testamento. O discípulo pode não permanecer fiel, mas seu valor em relação aos demais não diminui. A imagem do bom pastor é uma das que mais enterneciam as primeiras comunidades cristãs. Em desenhos toscos, sobretudo, junto às sepulturas, aparece o pastor rodeado de suas ovelhinhas. Deus faz tudo do seu jeito, e seu jeito é ser infinito, sobretudo, no perdão e na misericórdia. O amor de Deus não volta atrás. Para ele não há nenhum caso perdido. Todos somos salváveis. Ele nos procura não onde deveríamos estar, mas onde estamos. Ele não admite perder nenhum dos seus. Santo Agostinho lembra que a misericórdia é infinita, o tempo não.” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Relei-o esse Evangelho que me comove. Um ovelhinha extraviada vale por cem que estão seguras no aprisco. Só um Deus pode ter tamanho amor e compaixão. Confio nesse Deus fiel mesmo quando tudo parece perdido? Sei ser agradecido(a) quando percebo o quanto sou amado(a) por Deus em seu Filho Jesus? Sou capaz de amar os outros sem preconceitos?

Oração (Vida)
Jesus vida, que eu saiba ser agradecido(a) quando tua mão me resgata do mal. Que eu aprenda de ti a ajudar a resgatar as pessoas que por mil motivos se extraviaram da fonte da vida. Coração do Bom Pastor onde encontro a plenitude das delicias, salvai-me.

Contemplação (Vida e Missão)
Relei-o pela terceira vez esse Evangelho e fico em silêncio auscultando meus sentimentos. Comprometo-me a mostrar sempre e a todos um Deus, que em Jesus se revela “todo misericordioso”.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas