Oração diária, São Mateus, Apóstolo e Evangelista - Mt 9,9-13

São Mateus – Ano Litúrgico C

21 de setembro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, coloca-me sempre junto àqueles que mais carecem de tua salvação, e liberta-me de toda espécie de preconceitos que contaminam o meu coração.

PRIMEIRA LEITURA: Ef 4,1-7.11-13

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios – Irmãos, 1eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes: 2com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor. 3Aplicai-vos a guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz.
4Há um só Corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados. 5Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, 6um só Deus e Pai de todos, que reina sobre todos, age por meio de todos e permanece em todos. 7Cada um de nós recebeu a graça na medida em que Cristo lha deu. 11E foi ele quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres.
12Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo, 13até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 18(19)

— Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!
— Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!

— Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia!

— Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz!

EVANGELHO: Mt 9,9-13

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 9Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus.
10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?”
12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Mateus, o grande catequista, é celebrado hoje pela liturgia latina. Estava sentado na coletoria de impostos, quando foi chamado. Levantou-se e seguiu Jesus. Houve então uma festa de “pecadores” com Jesus e seus discípulos. É claro que os fariseus, que não se reconheciam pecadores, não participaram da festa. Tinham ainda que aprender o que significa: “Quero misericórdia e não sacrifício”. Jesus não veio chamar os justos. Veio chamar os pecadores e por isso se põe no meio deles. Vamos então pecar para que Jesus nos chame e se ponha no meio de nós? Evidentemente, não é bem assim, e não é esse o caminho do encontro com Jesus. Será melhor ser justo, como foi São José, e ir com Jesus ao encontro dos pecadores. Pecadores somos todos, mas alguns não reconhecem suas limitações. Há quem observe toda a Lei e peque por orgulho. Há quem observe todos os preceitos e se mantenha prisioneiro de seus bens. Quem não reconhece seu pecado acredita não precisar de nenhum perdão, nem mesmo o de Deus. Corre o risco de não saber perdoar e de pensar que Deus lhe deve obrigações. O melhor é ser humilde e não pecar.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Celebramos hoje a memória festiva de São Mateus, apóstolo e evangelista. Iniciando uma nova semana, peçamos que a Palavra de Deus esteja em nossa mente, em nosso coração e em nossas ações.
Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Leia-o atentamente. Qual é o contexto da narrativa? Quais personagens estão presentes? O que Jesus comunica aos seus discípulos e a nós? Quais palavras mais chamaram a sua atenção durante a leitura? Quais expressões se repetem?
“‘Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores para que se convertam’ (Lc 5,32; ver tb. 19,10). Ninguém está excluído da salvação; ela é um dom de Deus para todas as pessoas. O ser humano, no entanto, precisa acolhê-la livremente e aderir a ela de modo que esse dom possa se refletir no seu modo de viver. A missão de Jesus é para aqueles que precisam de médico, para quem sofre as dores e as feridas do mal (v. 12; Lc 5,31; Ex 15,26; Jr 8,22). Mateus, chamado por Jesus, é publicano e, como tal, considerado impuro pelo simples fato de sua profissão. O texto da língua original, ao contrário da tradução em vernáculo acima, não deixa claro se a refeição foi na casa de Mateus; ao contrário de Marcos e Lucas, que o dizem explicitamente (Mc 2,15; Lc 5,29). Aqui, no texto de Mateus, se tem a impressão de que Jesus acolhe na sua própria casa os coletores de impostos e pecadores. Talvez seja uma ambiguidade intencional: Jesus vai aonde estão os pecadores para encontrá-los (Lc 15), e os pecadores são recebidos no Reino de Deus por Jesus. A citação de Oseias 6,6, ao mesmo tempo em que descortina o mal dos que criticam a atitude de Jesus de acolher os pecadores, apresenta a misericórdia como objeto do desígnio de Deus para todo o povo. O sacrifício de nada serve se ele não ajudar a pessoa a ser ‘misericordiosa como Deus é misericordioso’ (Lc 6,36)” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você hoje? Qual palavra do Evangelho encontrou profunda sintonia com a sua vida, com as suas atitudes? Em sua vida, seu trabalho, seu relacionamento com as pessoas, como você procura viver os ensinamentos de Jesus? Quais sentimentos o texto despertou em você?
“Jesus veio chamar os pecadores. De uma classe desprezada pela religião do seu tempo, a uma redenção operada pelo Cristo. Os pecadores estavam no centro da missão de Jesus. Foi para resgatar esse povo que ele veio. Do contrário, se fossem todos santos, não haveria problema no mundo. É, exatamente, o contrário. Por isso, Mateus, um pecador público, porque era cobrador de impostos, foi convidado para ser um apóstolo. Não existe ninguém perdido aos olhos de Deus. Vendo que Jesus acolhia sem preconceito, muitos pecadores e publicanos se sentiram à vontade de estar na casa de Mateus. Isso despertou a ira dos fariseus. São os doentes que precisam de médicos, não os sadios. Diante do pecado do outro, usemos de misericórdia” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)
Momento de oração. Agradeça a riqueza da Palavra de Deus e os ensinamentos escondidos em cada versículo. Agradeça os convites, os apelos, os desafios que o Senhor o(a) convida a viver neste dia.

Contemplação (Vida e Missão)
Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude você se propõe viver no dia de hoje?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

[apss_share]