Liturgia diária Vós sois o sal da terra e a luz do mundo - Mt 5,13-16

5º Domingo do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

09 de fevereiro de 2020

Deseja ler a liturgia diária do dia 08 de fevereiro Clique aqui

ORAÇÃO DO DIA

Pai, tenho diante de mim o mundo todo a ser evangelizado. Transforma cada circunstância e cada momento da minha vida em chance para dar testemunho do teu Reino.

PRIMEIRA LEITURA: Is 58,7-10

Leitura do Livro do Profeta Isaías – Assim diz o Senhor: 7Reparte o pão com o faminto, acolhe em casa os pobres e peregrinos. Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne.
8Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá.
9Então invocarás o Senhor e ele te atenderá, pedirás socorro, e ele dirá: “Eis-me aqui”. Se destruíres teus instrumentos de opressão, e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa; 10se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo o socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 112(111)

         Uma luz brilha nas trevas/ para o justo, permanece para sempre/ o bem que fez. (bis)

1. Feliz o homem caridoso e prestativo,/ que resolve seus negócios com justiça./ Ele é correto, generoso e compassivo,/ como luz brilha nas trevas para os justos.

2. Porque jamais vacilará o homem justo,/ sua lembrança permanece eternamente./ Ele não teme receber notícias más:/ confiando em Deus, seu coração está seguro.

3. Seu coração está tranquilo e nada teme,/ ele reparte com os pobres os seus bens;/ permanece para sempre o bem que fez e crescerão a sua glória e seu poder.

SEGUNDA LEITURA: 1Cor 2,1-5

Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – 1Irmãos, quando fui à vossa cidade anunciar-vos o mistério de Deus, não recorri a uma linguagem elevada ou ao prestígio da sabedoria humana. 2Pois, entre vós, não julguei saber coisa alguma, a não ser Jesus Cristo, e este crucificado. 3Aliás, eu estive junto de vós, com fraqueza e receio, e muito tremor.
4Também a minha palavra e a minha pregação não tinham nada dos discursos persuasivos da sabedoria, mas eram uma demonstração do poder do Espírito, 5para que a vossa fé se baseasse no poder de Deus e não na sabedoria dos homens.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

EVANGELHO: Mc 6,30-34

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 13Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
14Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte. 15Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim num candeeiro, onde brilha para todos que estão na casa.
16Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.

Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus, que é a luz do mundo, diz aos seus discípulos: “Vós sois a luz do mundo” e são também “o sal da terra”. A luz clareia. O sal preserva da corrupção. A luz não deve ser escondida. Se é luz, é para iluminar, por isso deve ser colocada em lugar visível, de onde possa espalhar a sua claridade. A luz dos discípulos são as suas boas obras. Quem tiver a oportunidade de ver essas boas obras, louvará o Pai que está nos céus. […]

Sal da terra, luz do mundo, lâmpada que ilumina, boas obras que são vistas, o Pai que é louvado, este é o tempero de um mundo muitas vezes sem sabor. Os cristãos, movidos pela sabedoria do Espírito, saberão introduzir no meio da humanidade bolsões de luz e alegria que manterão acesa a esperança de um mundo renovado e melhor. “Brilhe a vossa luz diante das pessoas, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.” Não podemos ficar contentes porque nos esforçamos.

As boas obras devem aparecer e serem vistas. Mudanças para melhor devem fazer parte do nosso cotidiano cristão. Ficamos tranquilos vendo a degradação dos valores e o surgimento de uma geração violenta; presenciando a comercialização do Evangelho. Talvez já não acreditemos que é possível criar um mundo melhor. Alguns acham que o cristianismo falhou. Outros acham que “ele não foi levado a sério!”. Somos Igreja, o que significa congregação de pessoas iluminadas pela luz de Cristo. Temos em mãos a força da “comunidade” na qual se faz a experiência dolorosa das possibilidades do amor. Nela, pessoas livres fazem a experiência da liberdade e da salvação, com senso crítico aguçado, capazes de se tornarem instrumento de mudanças no mundo. Por isso e para isso, essa comunidade chamada Igreja é convocada a rever-se constantemente, segundo o que escreve Paulo aos romanos, “não se deixando esquematizar pela sociedade envolvente, mas aceitando passar por uma metamorfose, renovando a mente, para poder discernir qual é a vontade de Deus”.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Brilhe vossa luz! Jesus recomenda que nossa luz deve brilhar. Senhor Jesus que minha luz brilhe diante das pessoas para que eu possa iluminar; para que seja como o sal que dá sabor à comida. Jesus interceda por mim para que nada me impeça de ser bom, sempre. Amém.
Em silêncio, recolho-me e rezo com as palavras do canto: “Brilhe vossa luz, brilhe para sempre, sejam luminosas vossas mãos e mente. Brilhe vossa luz, brilhe vossa luz.

Leitura (Verdade)
Volto a ler o Evangelho e escuto com atenção o que Ele fala para mim. O que significa para mim uma cidade colocada no alto da montanha? A propriedade do sal o que diz para minha vida? E o brilho do sol, da luz natural ou elétrica?
“O sal era considerado essencial à vida por suas propriedades conservantes e purificantes. Ele era adicionado às oferendas e servia como sinal de permanência e lealdade à Aliança. A exemplo do sal, a comunidade dos discípulos encontra sua razão de ser quando exerce influência benéfica na sociedade. A luz define a qualidade das obras dos discípulos de Jesus. Ela se torna sinal da verdadeira fonte: o Pai que está nos céus. O sal é absorvido pelo organismo, enquanto a luz brilha para os outros. O discípulo-missionário de Jesus reúne estas duas dimensões: o seu viver e o seu agir. Este texto vem logo após o anúncio das bem-aventuranças. É a comunidade dos discípulos que vive e anuncia a Boa-Nova.” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
“O sal é absorvido pelo organismo, enquanto a luz brilha para os outros”. Qual é para mim o significado desta mensagem? Meu agir é coerente com o que compreendi da Palavra deste Evangelho? Gosto de fazer os outros felizes?

Oração (Vida)
Jesus Divino Mestre nascemos do teu amor, do teu amor por teu amor. Queremos viver e te adorar. Viver e iluminar com minhas boas obras, com meu perdão e com minha alegria de viver a fé que Deus plantou em mim. Agradeço de todo o coração essas bençãos tão preciosas.

Contemplação (Vida e Missão)
Recolho-me no meu interior e imagino o brilho da luz iluminando minha mente, meu coração, minhas mãos e meus pés para eu poder brilhar e alegrar a vida das pessoas.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

[apss_share]